-VOTUPORANGA-SP / NOVEMBRO DE 2017 - RESPONSÁVEL: Sérgio Gibim Ortega - CONTATO: poetagibim@hotmail.com

sábado, 30 de abril de 2011

BEATIFICAÇÃO DO PAPA JOÃO PAULO II




Vigília para lembrar João Paulo II reuniu 200 mil pessoas em Roma
Depois da vigília, fiéis se dirigiram a oito igrejas que ficarão abertas.
Cerimônia de beatificação começa às 5h (horário de Brasília).
"João Paulo II estava junto dos fracos, dos pobres, dos pequenos. Era um defensor da vida, da família, da paz", disse a freira, que fez um apelo para que a França não perca as raízes cristãs.

VEJA TODA A NOTÍCIA SOBRE A BEATIFICAÇÃO NO G1/ GLOBO.COM

ACIDENTE VAI QUEIMAR NAOMI ROBÔ



MORDE & ASSOPRA

A vida do cientista Ícaro (Mateus Solano) vai mudar.
Após um acidente queimar a robô Naomi (Flávia Alessandra), e deixar o cientista em conflito com sua própria vida, sua esposa que julgava morta, está viva e antes de aparecer para Ícaro, ao dirigir durante um forte tempestade, ela atropela Nivaldo (Claudio Jaborandy). Desesperada, desce do carro e verifica que o homem ainda está vivo. Após chamar a polícia, ela segue para casa do cientista.
No entanto, Naomi explica que tenta encontrá-lo há muito tempo, mas enfrentou dificuldades. Para deixar Ícaro ainda mais surpreso, Naomi faz uma nova revelação. "Esse é o seu filho. Esse é o seu pai, Rafael"
Naomi conta que ficou em coma profundo durante anos. Como já estava grávida, Rafael nasceu durante o coma.
Pimentel vai a casa de Ícaro e faz perguntas sobre Naomi.
ESTE RESUMO ATÉ QUARTA-FEIRA, PRA VER DETALHADO MORDE & ASSOPRA/ REDE GLOBO

MORRE O ESCRITOR ERNESTO SÁBATO


Aos 99 anos, o escritor argentino Ernesto Sábato morreu neste sábado em sua residência, nos arredores de Buenos Aires. Sábato, um dos maiores nomes da literatura argentina, estava há vários anos praticamente cego e se mantinha recluso em sua residência.
PRA VER TODA NOTÍCIA VÍRGULA.UOL

O POETA GIBIM NA FLIV DE VOTUPORANGA

Sérgio Gibim Ortega

O Poeta Gibim esteve neste dia 29 de abril visitando a FLIV (Festival Literário de Votuporanga) e conhecendo o a esta feira de livros que incentiva as pessoas a lerem.
O Adré e a Yúla falou da reciclagem, levando informações de reutilização de pneus, onde é feito artesanalmente pufes, tipo poltrona ou mesa de centro, seria bem fácil de fazer com a reutilização dos pneus. Também tinha ali livros recicláveis para doar.
Conversamos com as monitoras das crianças, com a Carla também, onde nos passaram algumas informações, locais feitos exclusivamente para incentivar as crianças escolares. A prefeitura tem doado um pequeno vale para algumas escolas comparecerem e os alunos usufruírem de livros, palestras e muitos incentivos a livros e poesias, enfim ensinando as crianças até cantarem.
Na sua programação nomes da literatura nacional, projetos literários nas escolas, oficinas, mesas de debate, capacitação para professores, encontro com autores, venda e distribuição gratuita de livros para as crianças.
Roseli estava em uma das tendas em nome da Secretaria da Saúde, tirando a pressão das pessoas mais idosas, enfim dos hipertensos.
O SENAC de Votuporanga representando na FLIV e incentivando a cultura, livros , etc.
Em uma das tendas também, o Miguel, o pessoal vendiam livros a um real, onde o Poeta Gibim teve a oportunidade de comprar um do autor Laé de Souza “Coisas de homem, coisas de mulher”.
Douglas vendia peças artesanais da SUTACO (Superintendência do Trabalho Artesanal nas Comunidades) representando a cultura.
O encerramento será dia 1º de maio, com palestra do jornalista Maurício Kubrusly, às 15 horas, o encerramento com a Festa do Trabalhador e show do cantor Almir Sater e banda.

VEJA O VÍDEO

sexta-feira, 29 de abril de 2011

VEJA NO BLOG DO LAMPARINA

VEJA AS NOTÍCIAS VERDADEIRAS DO MEU AMIGO ROBERTO LAMPARINA:
O fato é que as empreiteiras não podem trabalhar e estão nos trechos só fingindo que estão trabalhando, revirando aqui e ali.
Mas, à polícia militar rodoviária não está de brincadeira e nem de fingimento, está de campana no trecho com seus radares à pleno vapor....
VEJA A NOTÍCIA NO BLOG DO ROBERTO LAMPAINA

quinta-feira, 28 de abril de 2011

3 MIL PESSOAS NO FESTIVAL LITERÁRIO DE VOTUPORANGA


Cerca de 3 mil pessoas prestigiaram as atrações da segunda noite do Fliv (Festival
Literário de Votuporanga) na última terça-feira. As apresentações tiveram início com a palestra de Luiz Roberto Guedes e Lourenço Muntarelli Junior com “Uma Conversa sobre a Prosa Urbana Contemporânea”, no Espaço Clube de Autores, logo após a Compagnie Irene K, da Bélgica, apresentou o espetáculo “Xtra Large”, no palco principal do Festival e o encerramento da noite ficou por conta da Banda Dona Sina, composta por Jussara Belloni, Luana Goulart, Mariele Cumba e Letícia Rodrigues, que apresentou um repertório variado com muito samba/soul.
PRA VER A NOTÍCIA COMPLETA À CIDADE O JORNAL DE VOTUPORANGA

SACOLEIROS DE VOTUPORANGA SÃO ASSALTADOS NA VIAGEM

Sacoleiros de Votuporanga são assaltados
Um ônibus que levava um grupo de sacoleiros de Votuporanga a São Paulo foi assaltado por quatro homens armados, na madrugada da última segunda-feira. Os criminosos obrigaram o motorista do ônibus a parar no acostamento do quilômetro 394 da Rodovia Washington Luis (SP-310), em Matão.
Após o veículo parar no acostamento, o motorista e os passageiros foram todos rendidos e ameaçados com revólveres e espingardas. Os criminosos levaram uma quantia de R$40 mil em dinheiro que seria usado para as compras dos sacoleiros, além de 12 telefones celulares e um notebook. Em seguida os assaltantes fugiram com o carro.
PRA VER A NOTÍCIA COMPLETA À CIADADE O JORNAL DE VOTUPORANGA

SEMENTES DE ABÓBORA FORTALECEM O SISTEMA IMUNOLÓGICO


Sementes de abóbora são nutritivas e fortalecem o sistema imunológico
As semenetes têm zinco, um fortalecedor do sistema imunológico e que ajuda a limpar o organismo. As fibras melhoram o funcionamento do intestino. A polpa da abóbora é um carboidrato que não libera o açúcar rapidamente.
VEJA TODA A NOTÍCIA NO JORNAL HOJE/ REDE GLOBO

EDITORIAL DO POETA GIBIM DE 28/04/2011 "OS ERROS DA VIDA"

Sérgio Gibim Ortega

Acabei de deixar um comentário no blog do meu amigo Roberto Lamparina agradecendo a ele e falando a respeito dos meus erros ortográficos.
Nos comentários recebido, já sei que tem alguém querendo me rebaixar. Mas agradeço os amigos que tenho e a todos que aceitam meu jornal do jeito que tem sido.
Eu faço com carinho meu jornal e até muitos observam que nem gosto de chamar de blog. Nem coloco seguidores. Tudo é pra chamar atenção de um bom jornal.
Sou sim um poeta. Perco tempo fazendo notícias, ao contrário poderia estar escrevendo mais poesias. Mas acabei querendo virar um jornalista. Não ligo pra carteirinha não. Carteirinha de jornalista se fosse boa dava valor ao jornalista. A carteirinha só serve pra entrar em shows de eventos gratuito. Já tive também carteirinhas de poeta e sempre carreguei na carteira, mas nunca serviu pra nada. Mas escrevo também as notícias para chamar atenção das minhas poesias. Já escrevi muitas poesias nos jornais da cidade, mas eles também só publicam o que eles gostam, e quando ainda tem um espacinho. Por isso estou aqui pra mostrar aos grandes jornais que aqui eu faço o meu jornal. Aqui ninguém me compra.
Tudo que a gente aprende é o respeito pelo próximo. Nesse meu jornal é o que faço, mesmo que eu encontre inimigos, mesmo que tenha que criticar empresas. Mas cada vez mais tentando fazer empresários enxergarem seus funcionários, empresários enxergarem os seus defeitos, seus erros... São erros que me afetaram como consumidor e por isso escrevi. Ao contrário não escreveria. É claro que hoje tem muitos pra escreverem e poucos pra lerem. Acham que os grandes jornais são muito lidos. Não! Mas publicam muito. Eu sei que cada coisa que a gente escreve perdemos um tempão do dia.
E cada vez mais vou procurando melhorar. Nada é perfeito e a gente tem que fazer a notícia, acaba criando inimigos. Mas notícia tem que ser colocada para que as pessoas entendam. As críticas é uma maneira de se concertar o erro. Quanto ao meu português, não é perfeito. Quando me declarei a ser poeta, eu já falava que era um poeta analfabético. E um escritor me tirou isso. Então estou aí pra o que der e vier.

VEJA UM COMENTÁRIO SOBRE ESTE POETA NO BLOG DE LAMPARINA

[Reginaldo Batista] [rbp2512@hotmail.com]
Pelo amor de DEUS! Como uma pessoa que nem sabe escrever, se auto-intitula "poeta Gibim" Nunca vi tantos erros de grafia em um blog, como o desse "poeta Gibim", o cara é uma piada. Ele precisa ser alfabetizado antes de poder criar um blog! O lamparina, escolha melhor seus colaboradores. O blog dele é ridículo!

27/04/2011 09:24

VEJA O QUE DISSE LAMPARINA EM RESPOSTA RESPOSTA:
Olá amigo Reginaldo... Eu gostaria de discordar de vc, pois o princípio básico da comunicação, o de falar e de se fazer entendido, não tem nada a ver com a erudição ou com o conhecimento de uma linguagem culto-formal, pois pouquíssimos são os que tem este conhecimento, inclusive com imortais na ABL que não são possuidores dele. Basta que sejamos entendidos por todos, e o Poeta é campeão da simplicidade e de se fazer entendido, pois fala a linguagem popular. Se vc pegar grandes publicações como Estadão, Folha, Veja, etc., verá tantos erros grosseiros que se perguntará – Mas onde estavam os corretores que não viram isso??? Que dirá os supostos cultos que escreveram às matérias!!! Nos primórdios os homens se comunicavam por desenhos e gestos, nem por isso deixaram de se fazer entendidos e seguiram evoluindo. Eu sou filho de pai e mãe semi-analfabetos e neto de avós completamente analfabetos, que saíram da Europa para construírem o Brasil. Nem por isso deixaram de seguir esta evolução. Abraço...


COMENTÁRIO MEU AO BLOG LAMPARINA
Primeiro quero agradecer você meu amigo Lamparina,por me dar apoio a como uma dessas denúncias que fiz, completando e enriquecendo com suas palavras.Você ainda me defendeu do comentário do Reginaldo dos meus erros ortográficos.Eu parei de estudar na 6ªsérie.Você conhece a história da Loirinha,que me desanimou dos estudos.Mas não esquento não amigo Lamparina com pessoas assim.Tenho comigo"Falem mau,mas falem de mim".Peço a Deus por estas pessoas.Se ele me conhecer de verdade,vai saber que sou uma pessoa boa. Se tiver raiva porque talvez tenha criticado em alguma matéria que ele represente,foi porque precisou,eu não posso escolher como fazer minha notícia.Eu também que quem critica escreve errado,o nosso português do Brasil é uma linguagem errada.Eu sei que não fui mais a escola, mas acabei o supletivo.Desde que venho escrevendo já melhorei muito. Eu sei disso.Mas ainda vivo corrigindo minhas notícias todos os dias e não tenho vergonha disso.Vergonhoso é escrever como aquele atirador.

quarta-feira, 27 de abril de 2011

SOBRE A SANTA CASA, MEIDÃO SE DEFENDE

Sérgio Gibim Ortega

É Meidão, respeito muito seu trabalho por Votuporanga, mas já como frequentador da Santa Casa, não tenho tido sorte, e já tenho criticado muito. Também já tivemos bom atendimento sim. Mas aquela mulher que morreu com uma enjeção errada foi bem citada na imprensa. Mas vamos esquecer. Só uma fatalidade.
Agora aqui defendo as pessoas conforme suas publicações. Tenho ouvido nas ruas pessoas falarem de mal atendimento ou amigos.
Pessoalmente quando a Santa Casa tem me feito mal, tenho falado tudo e publicado em meus blogs.
Fato antigo, mas vamos dizer. Meu filho ao nascer prematuro, o tal Leo que já trabalhou aí, teve a capacidade de me mandar caçar uma carona pra levar minha esposa que estava em perigo. Então sem dinheiro na época, recorri a um amigo, que hoje é falecido. Mas tivemos grande demora pra chegar a Rio Preto. Meu filho nasceu e foi sim encaminhado por esta Santa Casa, mas ambulância não tinha. Depois é que me vieram amigos dizer que eu deveria ter chamado o bombeiro, ou a polícia. Eles teriam levado minha mulher que estava correndo risco de vida. Hoje tenho que me orgulhar do Hospital de Base, meu filho está com dez anos e nasceu lá. Apesar que lá já teve sua crise de uns tempos para cá.
Agora fala. Isso já faz dez anos. Não! A quinze anos foi pior. Mas não vou ficar contando minhas histórias. Na administração do Prefeito Carlão, não tenho visto tanta reclamação como agora. Acredito que agora a Santa Casa está ruim segundo a voz do povo, que é a voz de Deus.

Mas enfim vemos o que diz o Senhor Meidão ao jornal Á Cidade o Jornal de Votuporanga:
Meidão se defende de críticas sobre a Santa Casa
Meidão (centro) com Latif Abrão Júnior e o prefeito Nasser Marão Filho
As críticas envolvendo o atendimento da Santa Casa de Votuporanga ganharam um novo capítulo. O presidente da Câmara Municipal, Mehde Meidão Slaiman Kanso, foi a tribuna na última sessão ordinária para repercutir sobre as notas publicadas na coluna "Anote aí" no dia 20 de abril no jornal A Cidade. "Eu sou o colaborador da Santa Casa, pago o Sansaúde e tenho quatro netos que nasceram no hospital.
VEJA TODA A NOTÍCIA NO À CIDADE O JORNAL DE VOTUPORANGA

DESVIO DE DINHEIRO DA PREVIDÊNCIA


Sérgio Gibim Ortega

Preza a quadrila que roubava o INSS. Enquanto muitos adoentados encostados são dispensados do INSS, pessoas se humilham pra receber do INSS, taí a quadrilha de vagabundos roubando o dinheiro. Os própios ladrões vive dentro da Previdência e ninguém sabe.

Veja o que diz o Jornal Nacional:
Presa quadrilha quer teria desviado R$ 120 milhões da Previdência
As fraudes começaram na década de 80, com três funcionários. A quadrilha criou nomes, números de identidade e CPFs. E assim, durante 28 anos, recebeu mais de 400 pensões e aposentadorias.
A quadrilha criou nomes, números de identidade e CPFs. E assim, durante 28 anos, recebeu mais de 400 pensões e aposentadorias.
VEJA TODA A NOTÍCIA NO JORNAL NACIONAL/ REDE GLOBO

MUDANÇA NO CONTROLE DE REMÉDIOS DA FARMÁCIA POPULAR


Ministério da Saúde muda controle das vendas do Farmácia Popular
O objetivo é evitar irregularidades no programa, como a denunciada pelo Jornal Nacional na última semana, onde balconistas entregavam remédios sem a procuração do paciente ou usando CPF de outras pessoas
O Ministério da Saúde criou medidas para evitar irregularidades no programa Farmácia Popular, que oferece medicamentos de graça para hipertensão e diabetes e que dá descontos em outros remédios.
VEJA A NOTÍCIA COMPLETA JORNAL NACIONAL/ REDE GLOBO

PRESSÃO AUMENTA NA PRESENÇA DE MÉDICOS


Pacientes têm aumento de pressão por nervosismo diante de médicos
É a chamada Síndrome do Jaleco Branco, que pode confundir muitos médicos na hora do diagnóstico e do tratamento. Ainda assim, é necessário sempre conferir a pressão, para poder controlar a doença e evitar consequências graves.
Uma pesquisa do Ministério da Saúde divulgada nesta terça-feira (26) mostra que, nos últimos cinco anos, aumentou a proporção de brasileiros diagnosticados com hipertensão arterial. Eram 21,6% em 2006 e 23,3% em 2010.
VEJA A NOTÍCIA COMPLETA NO JORNAL NACIONAL/ REDE GLOBO

SACOLINHAS PLASTICAS ESTÃO POR UM FIM


Sérgio Gibim Ortega

Outra coisa que está muito errado é tirar as sacolinhas dos supermercados, o pobre sempre é que toma.
Veja o que dis o G1:
“Eu sinto falta da sacolinha. Agora ficou mais difícil por causa do lixo”, disse a aposentada Domingas Ferreira Soares, de 62 anos. Ela contou que as bolsas de plástico que vinham do mercado cobriam as latas de lixo da casa dela. No fim da tarde desta segunda-feira (25), Domingas deixava um supermercado de Jundiaí com uma sacola plástica especial, feita à base de amido de milho, biodegradável. Cada uma custa R$ 0,19.
Esses nossos governantes são tontos mesmo. Eles mesmos acabam com o meio ambiente e vem ferrar o povo.
Não dão contas nem do lixo que tacam em terrenos baldios, como aqui defronte minha casa, em Votuporanga, entre os bairros Jardins dos Ipês e Portal do Sol, loteamento nobre da cidade, pessoas jogam lixo e carniças ao céu aberto. Esses governantes não consegue nem eliminar o lixo, agora vai tirar aS sacolinhas dos pobres. A gente tem que publicar. Arda a quem arder.
Para ver a notícia das sacolinhas entrem no G1.
VEJA A NOTÍCIA DO G1

PROJETO QUER TIRAR LOMBADAS ELETRÔNICAS


Sérgio Gibim Ortega

No Jornal Hoje vimos que um projeto quer acabar com as lombadas eletrônicas, um instrumento de multa para diminuir a velocidade no trânsito.Projeto propõe mudanças no sistema de aplicação de multas de trânsito. Entre as mudanças está a obrigatoriedade da presença de um agente de trânsito junto aos radares eletrônicos para que os motoristas sejam multados.
E com isso muitos tem coleções de multas.
Mas com certeza se consultar os pobres não teria tanta multa. É que os ricos não ligam em pagar multa não.
Uma Lei que deveria usar para colocar mais equipamentos controlando a velocidade e que multem a vontade usando esse dinheiro em benefício dos melhoramentos das estradas que estão cada vez mais esburacadas. Ao contrário disso, querem proteger o bolso dos motoristas inconseqüentes deste País.
VEJA A NOTÍCIA SOBRE ESTE ASSUNTO NO JORNAL HOJE REDE GLOBO

PROMOTORA RECEBE AJUDA DE UM PSIQUIATRA


Vídeo mostra promotora do DF recebendo ajuda para simular transtorno bipolar
Deborah Guerner é acusada de envolvimento no esquema do mensalão. Um psiquiatra a teria ensinado a demonstrar descontrole. O vídeo do circuito interno da casa da promotora comprovaria a simulação.
PRA VER A NOTÍCIA COMPLETA JORNAL HOJE REDE GLOBO

ADVOGADA VIÚVA NEGRA


Advogada é suspeita de matar companheiros
A recompensa do Disque-Denúncia é de R$ 11 mil para quem tiver informações sobre a 'Viúva Negra'. O valor é maior do que os pagos pelos dois traficantes mais procurados do Rio de Janeiro.
PRA VER TODA NOTÍCIA JORNAL HOJE REDE GLOBO

terça-feira, 26 de abril de 2011

AGROMEC DE VOTUPORANGA, CADÊ A NOTA


Sérgio Gibim Ortega

Ultimamente estou me sentindo chateado e humilhado, quando a gente entra em um estabelecimento e não parece ser bem atendido. Sendo assim de uns tempos para cá concluí que a gente tem que publicar estas pequenas coisas que nos fazem sentir-se mal.
Entrei na Agromec, situada a Avenida Nasser Marão filho,4580 para comprar um quilo de adubo de horta. A gente tem que procurar um vendedor e depois de atendido, nem um descontinuo, prossigo quieta para o caixa, a moça entrega o troco e um papel com um carimbinho escrito Agromec. Ninguém fala nada de nota.
A gente deixa pra lá para não ficar sendo humilhado mais ainda. Um outro dia pedi nota fiscal de uma empresa de materiais de construção que ficou de me enviar e não me enviou. Denunciei a Nota Fiscal Paulista, e rapidamente apareceu a nota. Mas a gente perde a paciência e não vou ficar aqui denunciando, procurando, brigando, etc. Agora negou e publico aqui. Arda a quem arder. Ultimamente é o mais pode que sofre este tipo de coisa. Veja na foto o papel que me entregaram. Acredito que a Nota Fiscal é um dever de todos e pronto.
Uma loja que é muito boa pra comprar. E cada pequeno produto que você compra, não sai sem a Nota fiscal. Pode acreditar. É a Cooperativa da rua São Paulo. É uma loja boa e tudo que você compra à vista tem um descontinuo. Então a Coopevo esta de parabéns. Agora a Agromec, queira me perdoar, que chato. Isto não é uma nota. É engraçado ainda, veja o caribinho do papel, está escrito Agromechi, com CHI, ou Agromec é com C mudo? Que isso gente.

segunda-feira, 25 de abril de 2011

MENINO QUE RECEBE CORAÇÃO ARTIFICIAL PASSA BEM


O menino Patrick Hora Alves, que recebeu transplante de coração no último dia 15, continua em estado crítico, mas estável, de acordo com o boletim médico divulgado nesta segunda-feira (25) pelo Instituto Nacional de Cardiologia.
Patrick foi a primeira criança a receber um coração artificial no Brasil, antes de passar pela cirurgia para receber o transplante do órgão.
VEJA A NOTÍCIA COMPLETA NO R7

domingo, 24 de abril de 2011

aluna crava caneta no tórax de colega


Durante brincadeira, aluna crava caneta no tórax de colega em Salvador
Uma aluna do 3º ano do Ensino Fundamental, de apenas 8 anos, usou uma caneta para perfurar um colega de classe de 11 anos, na Escola Municipal Padre Norberto, no bairro Lobato, em Salvador, na manhã desta terça-feira. O menino foi atingido no tórax.
VEJA A NOTÍCIA COMPLETA NO SRZD

PIMENTA DO REINO ALIMENTOS COPA


Sérgio Gibim Ortega

Comprei em uma venda a pimenta do reino condimentada da Alimentos copa. Ela é bem fininha e ao temperar com alface, parecia que estava comendo terra. Por isso acredito no nome maior a empresa deveria escrever "Pimenta do Reino com fubá" ao invés de "Pimenta do Reino Condimentada". Do outro lado da embalagem está escrito bem miúdo pimenta do reino com fubá. O conteúdo preferido sempre é escrito em nome grande e claro. Não gostei e corrijo para que o consumidor saiba que comprar uma pimenta do reino boa é comprar moida na hora, ou em grãos e moer em casa. Esta é uma experiência que a gente tem e que passa para as pessoas. Mas correr de última hora a uma venda, o que acontece é isso.
Se a empresa quer vender um produto mais fraco como este, deveria então passar as informações melhores. Porque quando ao pegar a pimenta muitos vão se esganar. E um real já foi.

sábado, 23 de abril de 2011

"Todos os homens devem morrer"


Rubem Alves



A NOTÍCIA DA MORTE voa rápido, ignorando o espaço. Chega dura como golpe de ferro que esmigalha o tempo. As agendas, mensageiras do tempo, dissolvem-se no ar. Aquele dia não lhes pertence. Naquele dia somente uma coisa faz sentido: chorar.

O poeta W.H. Auden chorou: "Que os relógios sejam parados, que os telefones sejam desligados, que se jogue um osso ao cão para que não ladre mais, que o piano fique mudo e o tambor anuncie a vinda do caixão e seu cortejo atrás. Que os aviões, gemendo acima em alvoroço, escrevam contra o céu o anúncio: ele morreu. Que as pombas guardem luto - um laço no pescoço - e os guardas usem finas luvas cor de breu. É hora de apagar as estrelas - são molestas -, hora de guardar a lua, desmontar o sol brilhante, de despejar o mar e jogar fora as florestas..."

A notícia chegou e me faz chorar. O Waldo César morreu. A morte há muito já se anunciara. Não sei os detalhes. Sei que há cerca de três anos ele se recolheu em um lugar que muito amava, na companhia de árvores, riachos e bichos.

Será que ele já sabia?

Os que ainda não sabem que vão morrer falam sobre as banalidades do cotidiano. Mas aqueles que sabem que vão morrer vêem as coisas do cotidiano como "brumas e espumas". Por isso preferem a solidão. Não querem que o seu mistério seja profanado pela tagarelice daqueles que ainda não sabem.

O corpo de um morto: presença de uma ausência. Mário Quintana brincou com sua própria morte dizendo o epitáfio que deveria ser escrito no seu túmulo: "Eu não estou aqui..."Se não está ali, por onde andará? Essa foi a pergunta que Cecília Meireles fez à sua avó morta: "Onde ficou o teu outro corpo? Na parede? Nos móveis? No teto? Inclinei-me sobre o teu rosto, absoluta como um espelho. E tristemente te procurava. Mas também isso foi inútil, como tudo o mais".

Também o olhar, para onde foi? O velho Bachelard também procurava sem encontrar a resposta: "A luz de um olhar, para onde ela vai quando a morte coloca seu dedo frio sobre os olhos de um morto?".

Por não saberem a resposta, os amigos conversam. Falam sobre memórias de alegria que um dia foram a substância de uma amizade. Falam procurando o sentido da ausência. Para exorcizar o medo...

O Waldo amava a vida. Amava a vida porque conhecia a morte. Já a experimentara na morte trágica da Ana Cristina, sua filha poeta, e de sua companheira Maria Luiza. Mas ele triunfava sobre o horror da morte pela magia da música. Assentava-se ao órgão e tocava seu coral favorito: "Todos os homens devem morrer", de Bach.

De todas as artes, a música é a que mais se parece conosco. Para existir, ela tem de estar sempre a morrer. Nesse preciso momento fez-se silêncio no meu apartamento. Antes havia música, a "Sonata ao Luar". Mas, uma vez realizada a sua perfeição, Beethoven a matou com dois acordes definitivos. Tudo o que é perfeito precisa morrer. Creio que foi dessa proximidade musical com a morte que o Waldo encontrou o seu desejo de viver intensamente.O corpo morto do meu amigo me fez pensar sobre a beleza da vida. Por isso, como ele, volto-me para Bach. E é isso o que vou fazer: vou ouvir o CD "Bach", que o Grupo Corpo dançou. Se o Waldo estiver por perto, ele parará para ouvi-lo e conversaremos em silêncio...

Rubem Alves

In: Folha de S.Paulo,Cotidiano, 12 de junho de 2007.

VACINA CONTRA A INFLUENZA


Começa na próxima segunda-feira, 25, e segue até o dia 13 de maio a campanha de vacinação contra a Influenza 2011. Neste ano será utilizada a vacina trivalente, com proteção para três tipos de gripe: a H1N1, a gripe sazonal; aquela gripe comum e a influenza H2N3, “também considerada uma gripe simples”, explica a enfermeira responsável pelo setor de Imunização da Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde – Daniele Fortili.
CONFIRA A NOTÍCIA NO SITE DA PREFEITURA DE VOTUPORANGA

VOTUPORANGA QUER MAIS SEGURANÇA NAS ESCOLAS

Com a reportagem da Tv Universitária de Votuporanga, a cidade adotará mais seguranças nas escolas, segundo a reportagem, proibir mais de estranhos entrar nas escolas e outras medidas que venham a melhorar, confira a reportagem da TV UNIVERSITÁRIA LOCAL:

sexta-feira, 22 de abril de 2011

BACALHAU, TRADIÇÃO E COMÉRCIO



Sérgio Gibim Ortega


A mais de dois mil anos, paramos nos feriados Sexta-feira da Paixão, onde revivemos recordando a morte e ressurreição de Nosso Senhor Jesus Cristo.
O dia foi respeitado nos antepassados por grandes fiéis religiosos, que faziam jejum nesta data onde revivemos a crucificação de Jesus.
Neste dia em que as pessoas jejuavam e não consumia a carne vermelha, acabou virando a tradição onde é o dia que se tornou do peixe, que é o mais consumido. Pode comer o peixe porque é carne branca. E neste dia de se consumir o peixe, foi inventado o tal bacalhau.
Muito pouco é mostrado na mídia de como se faz o bacalhau. Soubemos que é um peixe salgado, mas é só.
Bacalhau é um nome muito conhecido. Mas quando se fala de peixe bacalhau, não é possível distinguir direito. Ainda, muita gente não sabe direito.
Pois bem. Atualmente, a maior parte do bacalhau e consumido em Portugal, sendo mais da região do Norte de Portugal.
Dos peixes, algumas espécies que são transformados em bacalhau como peixes chamados Cod, Saithe, Ling, Zarbo, etc. Alguns desses melhoress peixes são salgados e seco. Daí vem o peixe milenar que teve início com os Espanhois. O peixe mais caro pela sua tradição, onde nos dias de hoje fez a Sexta-feira da Paixão virar um dia de comércio.
Só não basta o bacalhau, e logo em seguida vem o dia da páscoa, que mais uma vez faz do chocolate a sua tradição e comércio. Tudo é um meio de arrancar dinheiro das pessoas. Muitos sem condições financeiras não tem o que comer e estas pessoas jejuam sem querer. Apenas olham os grandes e lindos bacalhaus nos grandes mercados.
Enquanto deparamos com estas tradição, se pode dizer festividades comemorativas, não refletimos direito quanto ao dia mais sagrado de nossas vidas. Um dia que todos deveriam se lembrar do nosso Pai Celestial. Mas tudo é válido. O importante era se todas as famílias se reunissem neste dia tão importante.
O jejum, palavra usada para não se alimentar direito, no passado bíblico, onde Jesus teve quarenta dias no deserto com verdadeira penitência de jejum, se tornou um muito pouco para as pessoas fazerem apenas um dia de penitência, um dia acompanhado de orações, que ainda pouco cumprimos.
Segundo os jornais, a imprensa de hoje, a nossa atualidade, muitos vão pescar o seu peixe fresco nos rios, e com isso, de uma forma ou de outra, passam o dia ainda cumprindo um respeito. Muitos vão à busca de verduras e nesta data é difícil encontrar nos mercados. Mas, alguns ainda fazem tal churrasquinho, onde a desculpa sempre vem: “Há, se não fizer nada errado e com respeito não tem nenhum problema.”
Esta mais do que certo quem não obedece, mas respeita unindo-se a família e tudo na santa paz. Se o peixe bacalhau virou motivo de exploração de auto custo, onde hoje a humanidade se dividiu entre tantas religiões, o que vale ainda é não perder a tradição. De qualquer forma os meios de comunicação continuam passando a vida e a morte de Jesus Cristo. Basta apenas olhar para trás e refletir que a fé em nosso Pai do céu, ainda continua sendo a melhor oportunidade. Só não vê quem não quer.

quinta-feira, 21 de abril de 2011

TIRADENTES

Sérgio Gibim Ortega

Joaquim José da Silva Xavier,
Fez alguma coisa a esta terra
E às pessoas que eram ruins,
Por isto,tornou-se uma guerra.
Ele deu a vida pela Pátria.
Seu sangue deixou derramar.
Para ter um mundo compreensivo,
Nós agora é que devemos nos amar.
O que nos deixou muito triste,
Ele morreu na forca sem piedade.
Os pedaços de seu próprio corpo
Foram pendurados pela cidade.

Poesia publicada na Casa do Poeta de SP e
informativo Poétike de Brasilia para todos paises

terça-feira, 19 de abril de 2011

SUPERMERCADOS ABRIRÁ NO FERIADO


Os supermercados, por venderem alimentos, terão horário especial de atendimento, também no feriado do dia 21, abrindo às 7 horas e encerrando às atividades às 13 horas. Fecham na sexta, dia 22, reabrem no sábado das 7 às 22 horas e não abrem aos domingos. O fechamento dos supermercados aos domingos deu-se através de um acordo firmado em janeiro. A presidente do Sindicato dos Comerciários, Maria Augusta Caitano VEJA ESTA INFORMAÇÃO E NOTÍCIA NO À CIDADE O JORNAL DE VOTUPORANGA

FALSO BENZEDÔ EM FERNANDÓPOLIS


Aposentada é vítima de golpe do " falso benzedeiro”
A aposentada B.V.L.S.,de 79 anos foi vítima de um golpe de estelionato na tarde da última sexta-feira, na Praça da Matriz em Fernandópolis. A vítima conta que havia acabado de sair da igreja, quando um indivíduo que se apresentou como “João dos Santos” perguntou a ela se tinha problema na coluna.
Com a resposta afirmativa, o falso “benzedeiro” disse que iria curar-lhe a enfermidade.
VEJA ESTA NOTÍCIA NO À CIDADE O JORNAL DE VOTUPORANGA

segunda-feira, 18 de abril de 2011

CAMPANHA DA ENTREGA DE ARMAS


18/04/2011 Governo anuncia rede nacional para recolhimento de armas de fogo
O recolhimento será comandado pelas polícias Civil e Federal e as Forças Armadas. A meta do governo é ter, no mínimo, um posto de recolhimento de armas em cada um dos municípios brasileiros. Igrejas e sedes de organizações não-governamentais poderão se cadastrar junto ao Ministério da Justiça para atuar como posto de recolhimento de armas.
Segundo Barreto, no momento da entrega da arma, será feito um protocolo. Com o número do protocolo, a pessoa que entregou a arma poderá procurar o Banco do Brasil para receber uma indenização, que pode variar de R$ 100 a R$ 300.
VEJA TODA NOTÍCIA NO G1 BRASIL

CARLÃO JÁ COMEÇA TRABALHAR POR VOTUPORANGA


Carlão destaca trabalho por uma região desenvolvida
O presidente da Câmara Municipal, Mehde Meidão Slaiman Kanso, falou sobre a
entrega da honraria. "Em oito anos, ele transformou a cidade em um potencial reconhecido nacionalmente. A educação cresceu, a saúde evoluiu. Hoje no polo imobiliário, a procura é grande", disse.
Meidão ressaltou a atuação de Carlão enquanto deputado estadual. "Os resultados já começam a aparecer. Temos pessoas trabalhando por Votuporanga. Júnior Marão, Carlão e eu fomos conversar com o pessoal do Iamspe (Instituto de Assistência Médica ao Servidor Público Estadual) e tudo o que o deputado pediu foi acatado", emendou.
VEJA TODA A NOTÍCIA NO A CIDADE O JORNAL DE VOTUPORANGA

AS SACOLINHAS PLÁSTICAS TERMINAM EM BELO HORIZONTE


Sacolinhas plásticas são banidas do comércio em Belo Horizonte (MG)
É notícia em Belo Horizonte: a partir da manhã desta segunda-feira (18), as sacolinhas plásticas estão banidas do comércio. Em uma padaria da cidade, os clientes estão levando sacolas de casa, outros esqueceram e estão usando os saquinhos de papel. Há algumas opções, como as sacolas retornáveis, e também as sacolas compostáveis, feitas de amido de milho e que se decompõem em seis meses. Este tipo de sacola custa R$ 0,19.
VEJA TODA ESTA NOTÍCIA NO BOM DIA BRASIL

LIBERAR A MACONHA


Líder do PT defende plantio de maconha em cooperativa
Na contramão do que prega o governo Dilma Rousseff, o líder do PT na Câmara, Paulo Teixeira (SP), defende a liberação do plantio de maconha e a criação de cooperativas formadas por usuários.
Num recente debate sobre o assunto, o deputado disse que a política de "cerco" às drogas é "perversa" e gera mais violência. Dilma assumiu o governo incluindo entre suas prioridades o combater "sem tréguas" ao crime organizado e às drogas.
VEJA ESTA NOTÍCIA NO FOLHA.COM

domingo, 17 de abril de 2011

COMENTÁRIO RECEBIDO E O VÍDEO DE WELLINGTON

Recebemos comentário anônimo e agradecemos, veja o Comentário da notícia de Wellington Menezes, sábado, 9 de abril de 2011
Anônimo disse...

me desculpem, mas depois do que esse assassino fez com estas crianças, e com as familias delas
a familia desse atirador cruel, acho que não irá até o iml para retirar o corpo. Será enterrado como indigente.
uma eu deixaria ser enterrado como indigente


O VÍDEO DE WELLINGTON

Sérgio Gibim Ortega


Bem! Falando mais um pouquinho do atirador. É lamentável mesmo. Eu assisti os vídeos de Wellington que disse no vídeo gravado antes da tragédia que se tivessem feito alguma coisa pelo que vem acontecendo contra o bullying, ele estaria vivo e não teria matado. Bem! Isso ele também deixou gravado. O que ele fez não justifica. Mas acredito que não tenho visto a imprensa ou a justiça falar disso, de ao menos acabar com o tal Bullying que são desejos de todos os pais de alunos. De ver o seu filho ir para a escola com segurança. Pois veja o vídeo! Ele estava revoltado com o que fizeram com ele na escola. Com o seu problema mental , ajudou a contribuir para que se revoltasse com a sua propia vida e colocou na sua mente, a escola que estudou e acabou cometendo esse crime.
Tá certo que o crime não justifica. Soubemos disso! Mas é muito doloroso ver as crianças brigando e se matando nas escolas. O tal bullying ou trote. E muitos pais já perderam seus filhos com o tal trote.
Porque é que a justiça não resolve o problema com mais facilidade colocando ordens no Bullying, ao invés de colocar detector de metais e gastando o que não funciona. Vamos impor uma Lei e fazer mais segurança a educação, pra valer a pena. Uma segurança armada para tudo. Para olhar as crianças também ao sair da escola. E apenas policiais prontos a combater chegando a escola com mais rapidez. É lógico que pode. É que não querem fazer.
É muito difícil ver este vídeo. Mas olhe e analise o que este atirador fala!
É difícil escrever isso para tentar abrir o olho da Justiça.
Eu também já sofri bullying. Quando ia a escola, ainda daquela época. Escola no sítio e um tal de Gim me batia com uma vara e me fazia lavar a bunda no corguinho que passávamos, e na frende dos amigos. Me revolto, é claro, mas não vejo de fazer vingança. Mas o meu filho não me vejo passar por isso e tenha certeza que o protegerei, se algum aluno tocar nele.
Por isso era hora de ver esse problema com uma Lei que vale apena colocar em prática. Veja o exemplo do Senhor Pelarim de Fernandópolis! Coloquem ordem na casa!
Simplesmente, na escola onde meu filho estuda não há policiais fazendo a ronda. Infelizmente a gente só vê mesmo é a bagunça. Crianças de dose anos namorando e se beijando na frente de todos, empinando bicicletas defronte escola. E coitado dos filhos que vão a escola sem serem acompanhados pelos seus pais.
Pois veja o vídeo de Wellington Menezes dos VÍDEOS DO R7


sábado, 16 de abril de 2011

FLIV - (FESTIVAL LITERÁRIO DE VOTUPORANGA)

De 25 de abril a 1º de maio, a cidade servirá de palco para o FLIV (Festival Literário de Votuporanga), uma releitura da Feira do Livro que acontece desde 2006. O evento é uma realização da Prefeitura de Votuporanga, através da Secretaria da Educação, Cultura e Turismo.
O FLIV tem como missão transformar Votuporanga numa cidade de leitores, incentivando a leitura, desde a infância, com iniciativas que democratizem o acesso aos livros.
Nomes como o do jornalista da Rede Globo, Maurício Kubrusly, dia 1º de maio, dos escritores Ignácio Loyola Brandão, dia 25 de abril, Fabrício Carpinejar, dia 28 de abril, da cantora Fernanda Porto, dia 29 de abril, e muitos outros, farão parte da programação do FLIV. (confira programação completa no site www.flivotuporanga.com.br). Haverá ainda espaços como Senac, Livraria do FLIV, Sutaco (venda de peças de artesanato), Clube de Autores, Saev, Biblioteca Escola “Castro Alves”, programação especial para professores e educadores, entre outros.
O Festival acontecerá em toda a extensão da Praça Santa Luzia e abrangerá apresentações do 8º Fórum Internacional de Dança do Estado de São Paulo e a Festa do Trabalhador com show do compositor e ator Almir Sater e banda, no dia 1º de maio. A programação será totalmente gratuita.
Entre os projetos que farão parte do FLIV temos ainda a participação da Caravana da Leitura, com Laé de Souza, e livros vendidos ao preço único de R$ 1,00, contação de histórias, o cheque-livro, entre outros.
Contamos com sua presença!

Divulguem para amigos e familiares!
Secretaria da Educação, Cultura e Turismo
17 3405-9750
www.votuporanga.sp.gov.br
PREFEITURA DE VOTUPORANGA
COLABOROU: SÉRGIO GIBIM ORTEGA-CÔNSUL DE POETAS DEL MUNDO DE VOTUPORANGA

Beber cerveja todo dia faz bem e combate até diabetes


Para as mulheres são dois copos pequenos da bebida; para os homens, três
A cerveja foi elevada ao status do vinho no que diz respeito aos benefícios à saúde. Um novo estudo espanhol comprovou que tomar uma caneca da bebida por dia combate diabetes, evita ganho de peso e previne contra hipertensão. Além de ter graduação alcoólica baixa, a cerveja contém ainda ácido fólico, vitaminas, ferro e cálcio - nutrientes que protegem o sistema cardiovascular.
PARA VER TODA ESTA IMPORTANTE MATÉRIA-VEJA.COM

quinta-feira, 14 de abril de 2011

SAUDADE DO LUGAR EM QUE VIVI - 2

Sérgio Gibim Ortega

Neste lugar, um dia estive,
Daqui, me recordo tanto,
Agora já não é mais igual
Do tempo de tanto encanto.

E se aqui, um dia, eu voltasse,
Não seria a mesma emoção.
Talvez até não encontrasse
O que guardei no coração.

Hoje tudo é diferente,
Minha família já se acabou.
E eu me recordo, e silente,
Só sinto a saudade que ficou.

(Votuporanga, 14/4/2011)

terça-feira, 12 de abril de 2011

Senac Votuporanga divulga lista de bolsistas aprovados


Senac Votuporanga divulga lista de bolsistas aprovados para o curso técnico em Arte Dramática que será realizado em parceria com a Prefeitura Municipal

A aula inaugural será dia 13 de maio no centro de convenções Jornalista Nelson Camargo, em Votuporanga.

O Senac Votuporanga divulgou, na noite desta segunda-feira, dia 11 de abril, a lista com os nomes dos 30 bolsistas para o curso Técnico em Arte Dramática.

O curso, que faz parte do programa de Bolsas de Estudo do Senac, possui 35 vagas, das quais 30 são para bolsistas. Os alunos contemplados pelo programa de bolsas participaram de um processo de seleção, que contou com 55 candidatos inscritos. Para a seleção foram levados em conta o enquadramento dos candidatos na política Senac de concessão de Bolsas de Estudo, que atende pessoas com renda familiar de até dois salários mínimos federais per capita, e a classificação do aluno no teste de aptidão, realizado por profissionais da área.

Os 30 bolsistas têm até essa sexta-feira, dia 15 de abril, para entregar na unidade do Senac Votuporanga toda a documentação e comprovantes exigidos para a concretização da inscrição no curso. Para mais informações acesse o site www.sp.senac.br/votuporanga ou ligue para o telefone (17) 3426-6700

O curso
O curso Técnico em Arte Dramática capacita o profissional nas áreas de arte e cultura, para atuação em diversos setores como teatro, cinema, televisão, empresas de vídeo e radiodifusão, entre outros. O aluno será certificado pelo Senac e terá direto ao registro profissional na Superintendência Regional do Trabalho e Emprego ( antiga DRT - Delegacia Regional do Trabalho), necessário para o exercício legal da profissão de ator.

A aula inaugural do curso Técnico em Arte Dramática será dia 13 de maio, no Centro de Convenções Jornalista Nelson Camargo, em Votuporanga.

Confira os nomes dos bolsistas classificados:
Aldo Hayrton Dezan
Alexia Fernanda Guelfi Custódio
Álvaro Henrique Rovares
Bruno Barbosa da Silva
Caio dos Santos Cadorin Megiani
Daniele Sayuri Kunihira Yoshitani
Edmar da Costa
Gabriela Simões de Carvalho
Helius Cipriano Nunes
João Ricardo Pagliarani
Joelma Serantoni Abdala
Josiani Savia dos Santos
Kátia Regina Kinoshita Ribeiro
Leandro Augusto Vieira Alves
Leandro de Araujo Oliveira
Leonardo Antonio Pupim
Letícia Mirele de Souza Silva
Luana Aparecida Martins de Souza
Luara de Souza Paszko
Marcelo Barcellas de Farias
Mariana Belúcio Godoi
Mariana Maricato Ghiotto
Maykon Muriel dos Santos Lopes
Osmar Souza da Rocha
Paulo Ramalho Matta Júnior
Roberta Maria Marques de Souza
Rodrigo Estruzani
Sabrina Lopes de Lima
Sebastiana Aparecida Ferreira Munhoz
Wilson Dias Nascimento

Serviço
Curso Técnico em Arte Dramática – lista de classificados e aula inaugural
Data: 13/5/2011 – aula inaugural
Local: Centro de Convenções Jornalista Nelson Camargo
Fone: (17) 3426-6700
Informações: www.sp.senac.br/votuporanga

segunda-feira, 11 de abril de 2011

O SONHO

Sérgio Gibim Ortega

Às vezes a gente sonha
com coisas maravilhosas
que acreditamos ter acontecido
ou que até aconteça de verdade!

Às vezes sonhamos
com amores proibidos,
que jamais possam ter existido
ou que possam ainda existir
em algum lugar do passado.

Às vezes sonhamos
com coisas horríveis,
pesadelos terríveis,
que não podiam ter acontecido
e que até podem revelar a morte.
Que Deus me livre,
que não aconteça!

Esta noite sonhei com um amor
que nunca vi
e que nunca conheci na vida real.

Será que a minha mente vagueia
ou vai para um outrO lado da vi da

Só sei que foram momentos lindos
que dificilmente voltarão
nos meus sonhos.

(22-4-2000)

domingo, 10 de abril de 2011

OCORRÊNCIA, DENÚNCIA

VAGABUNDOS LIGAM DESSES NÚMEROS PARA MEU CELULAR E DESLIGAM SEM A GENTE ATENDER, OU QUANDO ATENDE, ELES NÃO FALAM NADA. AGORA REGISTRADO EM MEU CELULAR COMO TROTE, NÃO POSSÍVEL ATENDER MAIS.
NÚMEROS DENUNCIADOS
011-52120030
011-52123550
011-33552890

sábado, 9 de abril de 2011

LEI QUE GOVERNO QUER IMPLANTAR NUNCA FUNCIONOU E NUNCA FUNCIONARÁ


Sérgio Gibim Ortega

Governo quer novamente implantar a Lei para recolhimento de armas de fogo. Isso para dar uma escapadinha do assunto, das notícias sobre o ataque do atirador no Rio de Janeiro. Pois esta Lei não funcionou até agora e nunca funcionará.
A notícia mostra que o atirador teve uma arma que foi roubada e a sua numeração raspada. Então! Que isso Senhores Governantes deste país chamado Brasil. Toma seus reconhecimentos e saibam que é as escolas que precisam de ajuda nesse momento. Faça uma ótima lei para alguma coisa que dê seguranças para nossos filhos e não uma lei que não funciona. Mas esta Lei de recolhimento de armas de fogo ajuda sim, coloque ela também. Olha essa arma da foto! Isso é um celular. Puxa! É isso aí.

Wellington Menezes, atirador de escola em Realengo-RJ e que matou 12, pode ser enterrado como indigente


O corpo do atirador Wellington Menezes de Oliveira, de 23 anos, que matou pelo menos 12 crianças na chacina numa escola em Realengo , permanece no Instituto Médico Legal (IML). Se ninguém da família liberar o corpo em até 15 dias, ele será enterrado como indigente.
VEJA TODA NOTÍCA NO: MELONORTE.COM

ENTERRO DAS VÍTIMAS DO RIO DE JANEIRO

É muito triste e doloroso ver o sofrimento das famílias que perderam seus filhos pelo psicopata, atirador da escola do Rio de Janeiro.
Esse atirador deixou uma carta de como ainda queria ser enterrado. É lamentável e a nossa justiça Brasileira não deveria dar o gosto a ele dos seus requisitos que ele pede. Pois ao ler a carta com atenção, (VEJA A CARTA) demonstra ser uma pessoa revoltada com a vida. Ao saber que atirou mais nas meninas, alguma coisa intriga mais ainda. É saber que ele vive revoltado também com o Ser Humano. Mas nada justifica tamanha barbaridade contra crianças inocentes. Pois acreditamos que a polícia ainda vá fazer uma boa investigação e mostrar mais detalhes, mais provas deste homem assassino.
REDE GLOBO/JORNAL NACIONAL

sexta-feira, 8 de abril de 2011

'Ela morreu porque quis buscar o material', diz amigo de aluna no Rio

O estudante Wanderson Salgueiro, de 14 anos, diz que uma das vítimas do massacre na escola Tasso da Silveira, em Realengo, Laryssa Silva Martins, morreu porque voltou para a sala de aula para tentar buscar a mochila."Vi a Laryssa sair correndo da sala de aula dela, onde o atirador estava. As meninas chamaram ela, mas quando ela chegou na porta da sala voltou. Foi quando o garoto deu um tiro na cabeça dela", desabafou o menino, chorando.
VEJA ESTA NOTÍCIA NO G1

Helicópteros da Polícia Civil jogam flores durante enterro de alunos da escola Tasso da Silveira

Helicópteros da Polícia Civil jogam flores no cemitério do Murundu, no enterro de estudantes que foram mortos em um massacre dentro da Escola Municipal Tasso da Silveira, em Realengo, na zona oeste do Rio de Janeiro, nesta sexta-feira
VEJA ESTA NOTÍCIA NO R7

Sargento que matou atirador lamenta não ter chegado antes na escola em Realengo


— Só lamento não ter chegado uns cinco minutos antes na escola. Poderia ter evitado tantas mortes de crianças. Não me sinto herói. Fiz o que aprendi: proteger a sociedade. A sorte das crianças que sobreviveram foi estarmos próximo dali trabalhando numa blitz. Tenha certeza de que, se não fôssemos rápidos, aquele atirador teria matado muito mais jovens.
VEJA ESTA NOTÍCIA NO: EXTRA.GLOBO.COM

Dilma vai acompanhar velório de alunos assassinados no Rio



A presidenta Dilma Rousseff irá nesta sexta-feira (8) para o Rio de Janeiro acompanhar o velório das crianças assassinadas na quinta-feira pela manhã por um atirador, na escola municipal Tasso da Silveira, em Realengo, na zona oeste. VEJA ESTA NOTÍCIA NO: AGORA O JORNAL DO SUL

quinta-feira, 7 de abril de 2011

ESCOLA DO RIO DE JANEIRO PASSA UMA TRAGÉDIA

Sérgio Gibim Ortega

É muito triste e doloroso ver depoimentos de crianças que viveram dentro da Escola Municipal Tasso Silveira, no Rio de Janeiro sobre a mira de um atirador que entrou atirando diretamente para as cabeças das crianças. Wellington Menezes de Oliveira, de 24 anos, era o único filho adotivo entre outros cinco irmãos biológicos e seria portador do vírus HIV, segundo ele dizia numa carta que deixou na escola antes da tragédia.
Onze crianças morrem, foram dez meninas e um menino, mais de 13 alunos ficaram feridos.
É muito triste ver uma tragédia desta na TV enquanto a gente imagina nossos filhos na escola, pensando como estará. É muito difícil de saber como uma família recebe uma notícia assim, de saber como estará seu filho e não há como conformar quanto à perda de um filho. Só um pai e mãe para saber da tamanha dor. Não há dinheiro... Não há indenização que console um coração de um pai. Por saber que o filho inocente perde sua vida... Perde todos seus sonhos de criança. Pois são crianças de dez, doze e treze anos aproximadamente. É muito triste e nos faz chorar ao ver crianças ensanguentadas correndo e gritando, sendo executadas por um maníaco. Elas correm em direção as portas, para todos os lados procurando um local seguro.
Será que essas famílias que perderam seus filhos terão paz. Isso agora ficará sendo apenas uma fatalidade. Porque o atirador matou sem piedade e se suicidou... Ainda bem que se suicidou. Se este atirador fica vivo, ia ser protegido pela justiça e seria muito mais agonia para os pais destes alunos.
As escolas de hoje estão previstas a isso. A gente vive um caos. Defronte as escolas são brigas entre crianças, adolescentes menores de quinze anos se agarrando entre meninas e meninos. A gente vê crianças entrar com rádios multimídia dentro de uma escola. Mas a pergunta que não quer calar. O que esse atirador passou para ter raiva destes alunos? A gente percebe que ele queria atirar mesmo nas crianças e não houve funcionários mortos, mas apenas os alunos. Alguma coisa deixou este homem irritado. No início, se falou muito em bullying, que hoje é também grande causador dentro de uma escola.

quarta-feira, 6 de abril de 2011

NOVA ESTRATÉGIA DE ROUBO

Cuidado em bares, restaurantes, igreja e outros locais de encontros coletivos.
Bandidos estão dando de dez a zero em criatividade em nós e na Polícia, portanto, vamos acabar com isso.
Vejam: Você e seus amigos ou familiares estão num bar ou restaurante, batendo papo e se divertindo. De repente chega um indivíduo e pergunta de quem é o carro tal, com placa tal, estacionado na rua tal, solicitando que o proprietário dê um pulinho lá fora para manobrar o carro, que está dificultando a saída de outro carro.
Você, bastante solícito vai, e ao chegar até o seu carro, anunciam o assalto e levam seu carro e seus pertences, e ainda terá sorte se não levar um tiro.

Numa mesma noite, o resgate da Polícia Militar atendeu a três pessoas baleadas, todas envolvidas no mesmo tipo de história.

O jeito, em caso semelhante é ir acompanhado! Chame alguns amigos para ir junto, e de longe verifique se é verdade.

Isto também pode acontecer, quando se está na igreja, supermercado ou em outros locais de encontros coletivos.

'MENSAGEM TRANSMITIDA PELO ATENDIMENTO 190'
2º AVISO DA POLÍCIA MILITAR NOVA MODALIDADE DE ASSALTOS A VEÍCULOS

Imagine que você vai para o seu carro que deixou estacionado bonitinho, abre a porta, entra, tranca as portas para ficar em segurança e liga o motor.
Você não faz sempre assim?
Entretanto, olhando pelo espelho interno, você vê uma folha de papel no vidro traseiro, que te bloqueia a visão.
Então, naturalmente, xingando quem colocou um maldito anúncio no seu vidro traseiro, você põe o carro em ponto morto, puxa o freio de mão, abre a porta e sai do carro para tirar o maldito papel, ou o que seja que esteja bloqueando a sua visão.
Quando chega na parte de trás, aparece o ladrão, vindo do nada, te rende, entra e leva o seu automóvel com a chave na ignição, o motor que estava ligado (se tiver bloqueador já vai estar liberado), com a sua carteira, documentos e o que mais houver lá.
Assim, se houver alguma coisa bloqueando a sua visão, não desça do carro.

Arranque o seu veículo usando os espelhos retrovisores externos, espere e desça em outro local, mais à frente, com total segurança.
Muito cuidado e atenção!
FONTE-MENSAGEM CIRCULADA VIA E-MAIL
REPASSADA POR EDSON DA SILVA PEREIRA

terça-feira, 5 de abril de 2011

DIREITO À VIDA SEM VIOLÊNCIA

José Faria Nunes

Democracia não é dar a uns o direito de colocar em risco a vida de outros.
Urge o momento de se rever a legislação brasileira que trata do assunto "bebida alcoólica", tanto em termos de publicidade quanto da permissão de se invadir vias públicas, de forma ostensiva, estimulando mais e mais o consumo de bebidas alcoólicas. Legislação tanto de âmbito nacional, como estaduais e municipais.
À noite, principalmente em finais de semana, existem trechos de calçadas de ruas, avenidas ou praças, literalmente invadidas com mesas, não só propiciando mas, acima de tudo, estimulando ao vício jovens e adultos.
Assim como se fez e se está fazendo com relação ao tabagismo, que se faça também com o alcoolismo: proibição de propaganda, restrição dos locais de consumo, proibição aos órgãos públicos de distribuir bebidas alcoólicas em forma de confraternização em visitas de autoridades ou em eventos; proibição a entidades de natureza pública (ONGs, entidades filantrópicas, escolas, etc) de distribuir, ou permitir que se distribua, bebidas alcoólicas, em quaisquer que sejam suas formas, como brindes ou em forma de arrecadar recursos para suas ações, mesmo que beneficentes.
São alarmantes as estatísticas de acidentes de trânsito por causa de o condutor do veículo ter ingerido bebida alcoólica. O motorista alcoolizado põe em risco a própria vida e a vida de terceiros que nada tem a ver com sua direção perigosa em função do consumo do álcool.
De que adiantas os empresários do setor"alcoolígeno" serem generosos em campanhas filantrópicas, se estão contribuindo para aumentar as mazelas da sociedade? Vale dizer que o alcoolismo potencializa não só a violência no trânsito mas também a violência doméstica, ou também outras formas de violência, aumentando a possibilidade de crimes. Ou, pelo menos, falsamente justificando atitudes deploráveis. São muitos os exemplos: "eu fiz isso porque tinha bebido"; "meu filho fez isso porque tinha bebido".
Propaga-se pelo Brasil afora que a saúde de muitos brasileiros vai mal. Os órgãos e profissionais de saúdem não atendem satisfatoriamente. E isso é verdade. Mas é verdade também que milhares de pacientes que procuram os hospitais, o fazem em decorrência da violência, seja no trânsito, seja doméstica ou social em geral, mais das vezes em decorrência da ingestão de bebida alcoólica.
"Ah!, mas a venda de bebida gera muito imposto para os cofres públicos", defendem alguns. E outros, que se beneficiam do lucro da venda de bebidas: "Ah!, restringir a venda de bebida é tirar o emprego de muita gente, é falir muitos bares ou outras casas do gênero".
Creio que, em sã consciência, ninguém se deixa sensibilizar com tais argumentos. Devemos nos sensibilizar, sim, quando uma esposa está chorando porque perdeu o marido por causa da violência no trânsito.
Devemos nos sensibilizar, sim, quando uma mãe perde um filho pelas mesmas causas; ou o filho perde o pai em tais circunstâncias. E o mais revoltante é que, em muitos casos, a vítima não contribuiu para o mórbido fato.
Onde está a responsabilidade das autoridades diante de tais acontecimentos?
Onde está a responsabilidade dos legisladores que não produzem uma legislação que defenda, de fato e de direito, a vida dos brasileiros? Será que os votos para suas reeleições são mais importantes do que a vida do ser humano? Ou será que as condolências nos velórios, ou o assistêncialismo em situações de tragédias dessa natureza, será que isso compensa para suas consciências os votos que recebem por se "aparentarem humanos, bonzinhos, caridoso"?
Onde está a responsabilidade dos dirigentes de órgãos e entidades filantrópicas e/ou de assistência social que promovem e estimulam tais vícios? Em muitas igrejas e outras entidades se condena o aborto mas se aceita - até promovem em suas festas - a venda desregrada de bebida alcoólica, mesmo sabendo que o alcoolismo é contra a vida.
"Ah! O beber socialmente nenhum mal faz", argumentam muitos. Nos sites de relacionamento, por exemplo, muitas pessoas fazem questão de declarar que "bebem socialmente", como se isso fosse motivo de júbilo.
A questão é mais complexa do que parece. Nada tem a ver com questões religiosas, mas sim, com a vida humana, com a paz social, com a felicidade. Qual a pessoa que se sente feliz diante de um fato trágico que fere ou até ceifa a vida da pessoa que diz gostar ou amar?
Necessário se faz um repensar urgente de nossas práticas de vida, em benefício, inclusive, dos alcoolatras. Ou dos que ingerem "socialmente" a bebida.
Se se cidadão quer beber, que beba, mas respeite a vida dos outros e a sua própria vida. Que tenha mais parcimónia, mais responsabilidade, mais domínio próprio em suas atitudes.
A pessoa que já é vítima do vício, que tome consciência do fato. Que procure tratamento. Procure casas que tratam desse mal.
Ou, pelo menos, se você sabe que se descontrola com o copo na mão, evite os ambientes que você sabe que lá está o vilão.
O pior é que, quase sempre, muitos alcoolatras negam o fato. No caso do trânsito muitos dizem que, se beber alguns goles, até dirigem melhor. A verdade é outra, perdem tanto os reflexos que nem percebem os riscos.
Tenho consciência de que a questão é complexa, pois muitos ganham com isso. Até os consumidores "sociais" ou não.
Entendo que, acima de tudo, deve estar o DIREITO À VIDA SEM VIOLÊNCIA

Texto de José Faria Nunes
Jornalista e escritor, cônsul dos Poetas Del Mundo de Goiás.

COLABOROU SÉRGIO GIBIM ORTEGA (CÔNSUL DE POETAS DEL MUNDO VOTUPORANGA)

SENTIMENTOS

                 Sérgio Gibim Ortega Quando eu bebo eu sou rei. Já existe uma poesia assim. Meus sentimentos se afloram, e  choro s...