sexta-feira, 24 de março de 2017

PRECISO

         Sérgio Gibim Ortega

Preciso olhar em seus olhos
e fazer uma bela poesia.
Porque tu és a minha linda,
e que me trás só alegria.
Preciso olhar bem pra ti
e ter mais  inspiração,
porque tu és só admiração.
Preciso olhar muito em ti
e escrever... escrever...
Pois só você pode me
fortalecer o meu viver.

quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

CHANA UMA GATINHA DÓCIL

     Sérgio Gibim Ortega 

     Uma gata mansinha. mas ela por ser tão mansa vivia entrando dentro de casa. O dono só aceitava que ela entrasse ao dia. Nada de ficar o tempo todo.
     Assim a chamada Chana acostumou, entrava comia e saia.
     As vezes ia para à área verde, as vezes pegava um passarinho, por ser tão mansa não significa que não possa pegar um passarinho.
     A Chana aprendeu a respeitar o dono. Ela vinha pela manhã para entrar em casa, e ir com a dona para se alimentar.
     Mas quando colocava as gaiolas no chão, os passarinhos que a noite era guardado dentro da cozinha, ela encostava à beira da porta, mas não entrava de jeito nenhum. Chana era obediente ao dono. Depois que era retirado a última gaiola dos canários ela entrava. Ao contrário levaria uma espanada de pano na orelha.
     A gata criou quatro lindos gatinhos, mas como era tão mansa, na hora de parir começou a miar tão desesperada, talvez pela dor do parto. E quando colocava ela numa bacia para poder criar, ela não ficava. Se notava a bolsa saindo, a água com sangue pelo chão que começou a ficar nogento e espalhado pela varanda. Então o dono fechou a porta, lamentavelmente ela ficou a miar lá fora.
     Mais tarde o dono saiu para ver. Um gatinho se encontrava morto pelo chão. Ele enterrou e entrou para dentro novamente pensando que a gata não teria mais gatinhos. Pois ela estava de barriga grande, mas sempre foi muito magra.
     Mas ao sair novamente pra ver, ela já se encontrava atras de um dos vasos de flores e com três gatinhos. Notou-se que estavam bem limpinhos. O dono colocou os gatinhos numa bacia com um pano macio, e tentou por a gata com os filhotes. Mas a chana não ficava junto deles então, então o dono ficou aborrecido e lhe puxou a orelha previndo que os gatinhos iriam morrer de fome. O dono ficou nervoso, resolveu abandonar, fechou a porta e só abriu pela manhã, foi quando notou que Chana estava deitadinha na bacia amamentando os filhotes. Isso foi uma emoção.
     Os dias foram passando, e Chana estava com mais amorozidade pelos donos, entrava em casa, ia até a sala, e as vezes comia sempre alguns petiscos. Um dia ela entrou até a porta do quarto e deu uma observada. O dono já ficou de olho, pois alguma coisa ela planejara, foi quando saiu para fora e voltou novamente com um gatinho na boca. O dono já puxou a orelha vagamente a educar, ela soltou o filhote no chão. Pensava que ela iria abandonar o filho ali, mas não, Chana levou-o de volta e para dentro da bacia junto aos outros filhotes. O dono agora não aguentou, emocionado as lágrimas caíram. Pois a gata era educada e não abandonou o filhote.
     A gata mansinha foi criando os filhotes sempre com a dedicação, e o mais impressionante era o zelo pelos bichinhos. Sempre ao observar a bacia, os lindos gatinhos estavam bem limpinhos e, não se encontrava xixi ou fezes alguma dentro da bacia. Ficou-se a pensar como um animal pode ter tamanha inteligência? Como pode conseguir fazer tamanha limpeza com seus filhos, que mesmo o xixi não se encontrava ali?
     Os donos sempre a pensar como faria com mais gatos. Até mesmo a gata irmã dela criou mais três gatinhos no meio das plantas também. Essa por sua ves, uma gata cor rajada e maiada de cinza escuro, ela muito arisca, e que só vem a residência para se alimentar.
     Mas agora o que fazer com seis gatos a mais. Acho que a proteção divina cuida. Pois o dono preparou uma casinha aos fundos do quintal para esses novos gatinhos, e os colocou dentro do abrigo. Mas a tardezinha a gata os levou de volta para os meios das plantas novamente. O dono disse então; "Se fodas." Pois iria chover e a burra da gata a que essa os donos a chamam de Mimi. Burra nada, tão arisca que a noite ela mesmo sumiu com os bichanos.
     Voltando a historia de Chana. Um dia de repente, um gatinho amanheu morto, depois até mesmo quando já estavam começando a andar, tão bonitinhos. E quando foi no outro dia mais um etava mau. Tentou-se um socorro com leite e remédio, mas nada adiantou. O gatinho se torcia de dor e morreu. Chana se dedicou a cuidar do ultimo filhote, tão lindo, mas fraco morreu no dia seguinte.
     Agora não tinha mais gatinhos. Mimi levou os seus embora, e os de Chana morreram todos. Chana fica miando tristemente ao olhar para onde ficava a bacia, a pensar em seus filhos.
     O dono aplicou agora uma injeção para ela não criar mais. O leite endureceu, deu febre e foi dado remédios.
     Chana está magra e se espera que a gata mansinha não morra também. Estranhamente não dá para entender que doença levou os filhotes de Chana tão rápido.



domingo, 1 de janeiro de 2017

ANO NOVO


       Sérgio Gibim Ortega

     Mais um ano vamos passar. Estamos aqui com a graça de Deus, porque muitos se foram em 2016, entes queridos, amigos e muitas celebridades, quantos artistas vimos passar na retrospetiva 2016. Conhecidos que se foram.
     A vida é curta e cada dia temos que parar e, dar o devido valor, agradecer por estarmos aqui.
     É um ano difícil que vamos atravessar, com um presidente no poder acabando com tudo já conquistado e, que o povo não está aprovando, é claro, mas temos que continuar acreditando. Temos que esperar o melhor para 2017.
     2016, o ano que tivemos vitórias e decepções também. Eu Poeta Gibim com minha diabete mais atacada quase perdi minhas vistas, mas apesar de embaçar, graças a Deus voltou ao normal. Por isso eu fiquei desesperado, comecei a estudar mais os médicos no YouTube e tentar me controlar mais nas refeições. Mas há vitória mesmo acredito que vou conseguir em 2017, a emagrecer e muitos outros problemas, talvez resolver.
     E que este ano para você seja vitorioso também. É o que eu desejo, e que eu consiga publicar mais neste blog em 2017. Um feliz ano novo para você que sempre me acompanha como meu leitor.

terça-feira, 15 de novembro de 2016

SORRISO FALSO

                    Sérgio Gibim Ortega

Por um dia te amei errado,
Acreditei no teu sorriso falso.
Te amei... Te amei calado...
Quanta saudade já passei...
Quanta saudade, agora é passado.

O meu sonhar foi por ti
Que vejo o quanto fui errado
Em olhar para este falso sorriso,
Um sorriso nada, nada verdadeiro,
E tudo muito falso.

Sonhando, sonhando por ti.
Que falsidade tu era!
A sinceridade nunca existiu,
Na maldade que tu fizera.

Que saudade incrível!
Que pena que tudo acabou!
Mas foi só a minha fantasia
No meu jeito de sonhar.
Faço poesias,
Acredito que um dia,
Tu irá reconhecer essa maldade
Deste teu sorriso falso.

                            (14/11/2016)

Criatividade e inovação estão no DNA do Georgina Business Park


Georgina Business Park usa óculos de realidade
virtual para apresentar salas comerciais

Criatividade e inovação estão no DNA do Georgina Business Park, construído pela Hdauff Empreendimentos Imobiliários. O empreendimento é pioneiro no uso da tecnologia de realidade virtual para apresentar suas salas comerciais aos clientes. 
Por meio dos óculos 3D, usados normalmente em cinemas, jogos de videogames e treinamentos militares, o cliente faz uma imersão completa em um ambiente que simula a realidade. 
A ideia de usar a realidade virtual nasceu durante a “Mostra Georgina Office”, em que os projetos arquitetônicos de quatro salas decoradas foram apresentados somente por meio dos óculos 3D, contrapondo às tradicionais mostras físicas. 
Foram apresentadas virtualmente três salas comerciais de 44 m² e uma de 80 m², cada uma delas voltada para um determinado nicho profissional – uma start-up, uma advocacia, um consultório de saúde e um escritório corporativo.  
A tecnologia permanece agora no empreendimento para que os clientes possam se inspirar nas salas decoradas para montar seus escritórios. É possível ainda visualizar o vídeo no youtube através do smartphone e interagir com o ambiente através do toque.

Mais informações
Cláudia Lacerda
Diretora
Tel. 17 3222-1168 |  17 99259-3079

quinta-feira, 10 de novembro de 2016

Vida Nova Votuporanga ganha mais 783 casas em nova fase


Novo bairro planejado é destinado às famílias com renda mensal familiar comprovada de R$ 1.600,00 a R$ 6.500,00

Votuporanga, 09 de novembro de 2016 – O Grupo Pacaembu, a CAIXA e a Prefeitura Municipal anunciaram na tarde dessa quarta-feira, 09 de novembro, a segunda fase do Residencial Vida Nova Votuporanga que terá mais 783 unidades. O investimento nesse nova fase do empreendimento será de R$ 76 milhões em uma área de 360.477,16 m².
Assim como a primeira fase, o novo bairro planejado terá casas destinadas às famílias que se enquadram no programa Minha Casa, Minha Vida, Faixa 2, com renda mensal familiar comprovada de R$ 1.600,00 a R$ 6.500,00. O valor do imóvel será de R$ 99.990,00 com subsídio de até R$ 15.000,00, e possibilidade de utilizar recursos do FGTS e de financiar em até 360 meses.
“As 575 casas do Residencial Vida Nova Votuporanga foram 100% comercializadas em menos de um mês após o lançamento. O processo de assinatura dos contratos também foi ágil e, agora, iniciamos a comercialização de mais unidades para as famílias da cidade, com o início da segunda fase do empreendimento”, comenta Siene Santos, coordenadora comercial do Grupo Pacaembu.
atendimento às famíliasinteressadas em adquirir um dos imóveis acontece de 12 a 19 de novembro, das 9 às 17 horas, na Concha Acústica – Centro.
Para se inscrever, os interessados devem apresentar os seguintes documentos: originais do RG, CPF, comprovante de residência (conta de energia, água, ou extrato bancário enviado pelo correio), comprovante de estado civil, carteira de trabalho, extrato de FGTS atualizado e os documentos de comprovação de renda.
Cada terreno residencial terá 160 m², em média, e as casas serão térreas não geminadas (isoladas umas das outras) e terão 45,47 m² de área construída, com sala, banheiro e cozinha com azulejo, dois dormitórios, laje, pisos cerâmicos em todos os ambientes e área de serviço coberta.
O Vida Nova Votuporanga II fica na zona oeste da cidade, próximo ao 2º Distrito Industrial, região que concentra os maiores investimentos da cidade. O acesso principal ao novo bairro é feito pela Avenida Feres Cury, que deve receber uma ponte até o final do ano.
O residencial contará com infraestrutura completa com rede energia elétrica, abastecimento de água potável, rede coletora de esgoto sanitário, galeria de águas pluviais, pavimentação asfáltica, guias, sarjetas, paisagismo, passeio público, rede de energia elétrica/iluminação pública e acessibilidade atendendo a Norma ABNT 9050.
 Para segurança dos moradores, o residencial será entregue totalmente legalizado, com os imóveis registrados e certificado de garantia, além da construção averbada.

SOBRE O GRUPO PACAEMBU
O Grupo Pacaembu atua há mais de 20 anos na construção de empreendimentos residenciais de interesse social, contemplados no programa Minha Casa Minha Vida do Governo Federal.  O portfólio de obras abrange mais de 45.000 unidades habitacionais em todo o estado de São Paulo, incluindo em cidades como São José do Rio preto, Barretos, Catanduva, Marília, Botucatu, Assis, Avaré, Tatuí, Lins, entre outras.

Serviço:
Inscrições Residencial Vida Nova Votuporanga – Fase 2
De 12 a 19 de novembro, das 09 às 17horas
Local: Concha Acústica – Centro.
Informações: 17-3421-7278

PRECISO

         Sérgio Gibim Ortega Preciso olhar em seus olhos e fazer uma bela poesia. Porque tu és a minha linda, e que me trás só alegria....