-VOTUPORANGA-SP / SETEMBRO DE 2017 - RESPONSÁVEL: Sérgio Gibim Ortega - CONTATO: poetagibim@hotmail.com

sexta-feira, 29 de junho de 2012

ÀS VEZES


                                     Sérgio Gibim Ortega
Às vezes eu acho que vivemos de momentos.
Porque existem momentos na vida
que não voltam mais...
Às vezes existem momentos
que eu paro para imaginar.
Como os momentos que vivi ao lado
de alguém...
Como os momentos ao lado de uma grande amiga
que não volta mais...
Será que foram momentos que perdi...?
Será que foram momentos da amizade
ou de um amor, que eu não soube dar...?
Por que os amigos não me corresponderam?
Por que o tempo fez com que se afastassem de mim?
Por que eu não soube ser amigo,
ou não soube dar amor,
ou carinho?
Mas só um momento...!
Um momento que passa, e não volta mais.
Há... Momentos foram tantos...
Tantos momentos... Que às vezes vivemos só
de momentos.

VIAJANTE

                     Sérgio Gibim Ortega
Vou seguindo pela estrada
sentindo no peito
a dor por minha amada.
Sem parar vou indo nesta estrada,
não tenho destino.
E quando chega a madrugada,
sempre vejo a passarada cantando.
E o mundo vai girando como eu,
que não tenho parada.
Penso no meu amor sorrindo.
e vou seguindo.
Quem sabe um dia
vou chegar no meu destino.
Sou um caminhoneiro apaixonado
que vive sempre distante...
Distante do amor...
Distante dos afazeres da vida.
Mas, sou apaixonado também pelo caminhão.

                                                  (4/3/1997
)

quinta-feira, 28 de junho de 2012

AMIGOS! RESTRIÇÃO NO FACEBOOK E NO MEU BLOG


Coloquei aí meu Facebook só para amigos, porque tem uns barbados aí gorando minhas publicações. Peço aos queridos leitores, que não custa nada me adicionar, e será recebido e aceito com carinho a todos. Mesmo assim, sempre entra um barbado falso entre os amigos só pra vigiar o que estou escrevendo. Quem eu gostava, bloqueou-me sem motivos algum.
Além do mais, meu blog também teve que deixar o comentário restringido a pessoas registradas no Google. Pois apareceu aí um comentário, que nem sei se é da Lei, falando besteiras. Que os meus comentários dá de 6 a 12 anos de cadeia.
Não sou assassino, e nem assassinos estão indo preso.
Agora à pouco ainda vi comentários do apresentador do Balanço Geral da Rede Record falar dos animais mortos em Valentim Gentil. O apresentador também comparou, “que quem mata animais, mata um ser humano”.  E disse ainda mais o Delegado de Valentim, que estes matadores de animais podem pegar de um ano a dois de cadeia.
O Apresentador pode comentar. Eu fiz um comentário misturado aí, e já me de 12 anos de cadeia, por comparar a morte dos animais com a do ser humano. Você vê que matadores de animais pegam menos. Por isso acho que seria alguém querendo prejudicar-me as escritas ideias. Essa pessoa não deixou o sobre nome. E não sei se é alguém do poder judiciário. Acredito que talvez seja.
Porque uns podem falar e outros não? Poxa vida! A gente precisa desabafar sim e mostrar aí que os animais são sobreviventes, e são assassinados por causa da doença Leishmaniose. Porque pessoas poderosas da justiça não vê essa proteção para os bichinhos. Mas tem tempo pra vir criticar a gente.
Eu não estou incitando o crime na Internet. Só estou fazendo minha notícia como os outros fazem.
Então, quem quiser comentar aí meu blog, não custa nada registrar a sua identidade.

SACOLINHAS DE VOLTA EM VOTUPORANGA


A lei com a sanção do prefeito será publicada nesta quinta-feira, na imprensa oficial do município (Jornal A Cidade) e os seus efeitos valerão após 30 dias. 



Conforme o documento, a lei nº 5144 de 27 de junho de, dispõe sobre o fornecimento gratuito de embalagens ao consumidor para acondicionamento de produtos adquiridos em supermercados, hipermercados e estabelecimentos congêneres. 

De acordo com a lei assinada por Junior Marão, os supermercados e demais estabelecimentos ficarão obrigados a fornecer gratuitamente aos seus consumidores, embalagens apropriadas, adequadas e compatíveis com produtos adquiridos, visando o acondicionamento e transporte de mercadorias.  

No artigo  2º da lei, na hipótese das embalagens colocadas à disposição dos consumidores tratar-se de sacolas plásticas, de qualquer tipo e origem, estas deverão atender ao contido nas normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), bem como a legislação municipal pertinente.  

No artigo 3º que tratava-se das penalidades, o prefeito vetou, pois o Legislativo votuporanguense não tem competência legal para legislar neste caso. Sendo assim, o prefeito já prepara projeto de sua autoria e enviará à Câmara Municipal.  

O Executivo regulamentará esta lei no que couber, e ela entrará em vigor na data de sua publicação, gerando seus efeitos após 30 dias. Esta lei teve origem no projeto de lei nº 0098/2012, de autoria do presidente da Câmara, Meidão. 

Para o presidente do Legislativo “trata-se de uma vitória da população, que terá condições de transportar os gêneros alimentícios comprados nos supermercados de forma higiênica, segura e sem constrangimentos”, destacou. FONTE-CÂMARA DE VOTUPORANGA

COMENTÁRIOS POETA GIBIM
Graças ao nosso querido Meidão, aí já entrou nosso Prefeito Júnior Marão e teremos as sacolinhas. Salve os Supermercados, contornando e querendo fazer um sorteio, dando preferências pra quem levar as embalagens. Bom! Tá certo! É por aí. Que os Supermercados sejam aí mais humanos com os clientes

CASO SACOLAS PLÁSTICAS - CASO "BARBA"

FONTE DÍARIO - PUBLICADO DOMINGO, 24 DE JUNTO DE 2012

OBRIGADO JORNAL DIÁRIO DE VOTUPORANGA PUBLICANDO SEMPRE MINHA OPINIÃO!

sexta-feira, 22 de junho de 2012

Justiça decreta prisão de "BARBA"

                   Sérgio Gibim Ortega
Mas cadê "Barba".
Ele havia se apresentado e depois foi liberado por legítima defesa, defesa essa que foi 13 facadas no Comerciante André Luiz de Souza Molina, de 29 anos, no último domingo.
Então após ele se entregar, foi solto novamente.
A Justiça de Votuporanga decretou ontem a prisão temporária dele. Mas cadê o Barba? Segundo o delegado, os investigadores estão à procura de Barba em vários pontos. Os advogados dele não foram encontrados pela reportagem do Votuporangatudo para dizer se o acusado vai se entregar.
Gente! Que que é isso? O homem que deveria ter sido procurado, se entregou e vasou novamente. É brincadeira. Que sorte hem! O homem matou e tá livre. A notícia sobre a prisão de Barba leia no VOTUPORANGA TUDO.

quinta-feira, 21 de junho de 2012

FOTO-INLUSTRAÇÃO E BELEZA PARA AS POESIAS-VANESSA GIÁCOMO



UMA NOVA AMIZADE

         Sérgio Gibim Ortega
     (dedicado a Eliane em 30/09/1990).

Como estou feliz por
ter-me procurado.
Já faz tanto tempo
que éramos namorados.
O tempo já se passou.
Menos os momentos
Vivido ao seu lado.
Agora seremos amigos
sem pensar no passado.
Paixão e desenganos não
servem pra dois separados
que querem serem amigos...
Amigos indeterminados...

(Publicada na Antologia Prosa & Versos I)

quarta-feira, 20 de junho de 2012

OS CACHORROS DA LEISHMANIOSE RUMO A MORTE DE ASSASSINOS


                Sérgio Gibim Ortega
Hoje a Secretaria de Saúde de Votuporanga levaram os dois cães do meu pai, que diziam estar contaminados.
Infelizmente apesar de eu apontar essas pessoas que matam os cães, funcionários da Prefeitura de Votuporanga como assassinos, eu entendo ainda que é difícil também deixar os cães por conta do risco.
Mas minha opinião não muda nada. Eles poderiam levar os cães e isolar em lugar longe, soltar, etc. Sei que o dever tem que ser cumprido. Assassinos têm bastante, dói ver matar os cachorros. Doa a quem doer. Aqui este poeta desengasga o verbo.
Autoridades incompetentes aprendam a serem seres humanos, a serem pessoas civilizadas e a ter mais amor ao próximo. É isso hoje o que tenho pra dizer hoje. Se quiser pode me chamar de louco.

COMENTÁRIOS POETA GIBIM
Tá aí! Fiz uma mudança na publicação, devido a um certo comentário do cleber. Acho que tá certo. Mas, o que cometou não divulgou seu sobre nome. Então não possa saber se é de fato um doutor da Lei, ou uma pessoa comum. Só continuo dizendo que quem mata os animais desta forma é assassinos. Agora se a pessoa que comentou se doeu pelo outro, achei estranho. No entando o fulano que matou continua solto. Devemos acreditar que a Lei é feita para assassinos que matam, e não pela pessoas da imprensa que luta pelo cidadão... Querendo calar o dever de livre expressão.
Eu coloco aqui aos Senhores das autoridades, que não sei se o do comentário é alguém da Lei, por não ter deixado seu sobre nome, e até este cidadão que sabe expressar bem. Julgar é muito fácil. OLhar pela dor dos que clamam pela justiça é difícil. O que eu clamo é pelos animais. E comparei a dor da morte de um animal a dor da morte do Ser Humano. Por que o amigo se doeu. Por que eu deva temer? Por causa que assssinos não vão preso, e só vai quem é inocente, por escrever a verdade. Sentar numa almofadinha e ofender os outros mais fracos é fácil. Fazer justiça para quem deve ser feito é que é difícil. Espero que o cidadão da próxima vez assuma seu nome completo.

AMAR-TE PELO TELEFONE


                    Sérgio Gibim Ortega
Se daqui eu pudesse ligar pra ti,
Ouvir sua linda vós ao telefone.
Assim imagino sua voz que sorri.
E te ouvindo só pelo meu fone,

Queria assim te amar sempre na distância
Ouvir sua voz no meu ouvido,
Lembrar ia-me a nossa querida infância...
Seria mais um amor atrevido!

Seria mais um amor escondido!
Amar-te sempre iria, bem em segredo,
Com este amor já bem amadurecido...
Amar-te iria com alegria sem medo.

Agora o seu telefone me chama.
Este amor que ainda sempre me conquista...
Este amor pra você que ainda te clama...

Será que para você ainda me ama?
Divulga o telefone, na sua lista!
Liga-me então a este amor e me exclama!
                               (20-06-2012)

terça-feira, 19 de junho de 2012

MAIS DOIS JOVENS FALECEM APÓS ACIDENTE


    Sérgio Gibim ortega
Gente! Vamos dirigir mais devagar, e principalmente respeitar o irmão que carrega no veículo. Pois sempre quem você carrega, leva outras vidas em suas mãos.
Duas vítimas do acidente á dias, não resistiram aos ferimentos e faleceram na Santa Casa de Votuporanga. A moça se encontrava em coma por 10 dias.
No dia que o Poeta Gibim passou no local do acidente da moto desta jovem, tivemos um desvio no trânsito. Mas nunca vim a imaginar, que seria esta jovem que sofreu ferimentos graves.
Álvaro Cícero Sancho Melo, de 18 anos perdeu o controle da moto vindo se chocar contra uma árvore.
Já soube de muito que morreram vítimas de se chocarem contra poste. Por isso meus leitores, dirijam com muita atenção, principalmente com motocicletas.
Eu vejo motocicletas correrem de mais nesta Votuporanga. Pois, se imaginassem que a vida é uma só, e preciosa, com certeza iriam muito mais devagar e com atenção redobrada.
Isabela Silva Godoy, de apenas 14 anos de idade, faleceu nesta manhã, onde estava em coma desde o dia do acidente, no último dia nove. Foi atingida por um automóvel no cruzamento das ruas Floriano Peixoto e Itacolomy. Após causar o violento acidente, o carro fugiu sem prestar socorro.
Pois já vi muitos casos assim também. É por isso que eu dirijo a muitos anos devagar e sempre prestando atenção em pessoas delinquentes que ultrapassam os pares. Isso muito já me aconteceu e graças a Deus, nunca sofri acidente.
Dois jovens que tinha toda vida pela frente, e será muito difícil pra família. Só Deus os confortará. (foto Votunews)

segunda-feira, 18 de junho de 2012

LINDAS CENAS DA NOVELA GABRIELA É REGRAVADA


               


             Sérgio Gibim Ortega

Rede Globo pega pesado na audiência, regrava uma boa Novela “Gabriela”. O primeiro capítulo foi ao ar nesta Segunda-feira. Ótimos atores consagrados entraram nesta novela. A Globo percebeu já regravando grandes novelas.
Juliana Paes interpreta a Gabriela, novela de grande sucesso exibida em 1975.
Depois de os telespectadores sofrerem com as novelas dos atuais escritores, foi bem pensado em repetir uma novela mais real e verdadeira, do que estas que fica no chove e não molha.
O SBT, programa do “Ratinho” que tentava segurar a audiência, agora vai penar.
Se segura na poltrona, a linda atriz Juliana Paes, e lindas cenas da novela, relembrando ainda o famoso cacau, não terão pra ninguém. É mais uma novela aumentando o horário nobre da Rede Globo. (fotos Rede Globo)

COMERCIANTE MORRE A FACADAS

Mais um crime bárbaro em Votuporanga, comerciante André Luiz Lopes Molina, de 29 anos, morreu com 13 facadas, onde aconteceu numa loja de conveniência ao lado da Praça São Bento. Suspeito seria ex-funcionário.
O Comerciante ainda tentou pedir socorro ao SAMU, mas infelizmente não resistiu e faleceu após atendimento na Santa Casa. Segundo informações divulgadas, ele pedia para que não o deixasse morrer.
Enquanto não se pensa numa Lei que venha punir rigorosamente neste Brasil, ou até mesmo a pena de morte, as facadas vão continuar correndo solta.
Pessoas com esta coragem de esfaquear um ser humano por qualquer motivo que seja, não é civilizado, nem animal. É difícil de se dar o nome a criminosos assim. A Lei de Deus é muito rigorosa, e suas mãos serão pesada com certeza, o sofrimento é sempre maior que a cadeia para esses. E cada um que faz isso, nem deva se imaginar da sua punição por esta vida.

segunda-feira, 11 de junho de 2012

TEREZA

        
                         Sérgio Gibim Ortega
Trabalhando como montador de móveis, conhecia tristes histórias.
Um dia ao estar numa cidade, numa residência para montar um guarda-roupa, quando uma moça abriu a porta. Ao ver o montador que chegara para montar seu móvel, de repente esta mulher se, pois a chorar.
Ao saber o motivo.  Disse ela:
- “Moço!” - Estou chorando porque não vou mais montar este móvel. Ia me casar. Tive uma briga com meu noivo. E nos separamos. Ganhei este guarda-roupa do meu noivo. E o pior de tudo, ele agora se encontra numa cirurgia. Esta entre a vida e a morte.
Ela chorava com medo da separação. E pior de tudo, chorava com medo da sua morte, por estar adoentado e quando se encontrava numa cirurgia.
Naquele dia não cheguei de montar seu guarda roupa.
Ela disse ainda:
- “Seu moço!”- Ore por para ele e pra que ele sobreviva!
Dias depois, fiquei sabendo que o seu noivo havia falecido. Nunca mais a vi. E o guarda-roupa não foi montado.
Um dia estive em outra cidade. Peguei outra pessoa aos prantos. Uma moça jovem que também chorava muito. Ela estava com uma criancinha nova nos braços, e disse:
- “Seu moço!” - O meu marido acaba de ser morto lá na outra cidade em que estivemos. Saiu para ir a padaria comprar cigarros. Foi assaltado e levou uma facada de leve, mas não resistiu e faleceu. O ladrão fugiu. Meu marido acaba de ser enterrado. E fiquei com essa criancinha, este fruto do nosso amor. Montei o guarda-roupa, enquanto aquela jovem chorava desesperadamente tempo todo.
Durante os dois casos, pouco pude fazer para dar o meu consolo. Apesar de poeta, minhas palavras não saiam. Sentia a dor de ver aquelas pessoas sofrerem. Pouco pude consolar.
Foram tantas histórias tristes pelos caminhos encontrados, do tempo em que fui montador de moveis. Mas uma história me marcou tanto a de Tereza... Tereza, uma cabelereira, mulher lutadora e guerreira pela vida.
Ao instalar uma cozinha na parede, ela sempre chamava o seu filho único que tinha para sua opinião. O jovem e aquele seu filho único, era toda alegria que Tereza tinha. Ele estava noivo, rapaz muito educado, ia se casar.
Após instalar a cozinha na parede. Disse Tereza:
-“Gostei muito do seu trabalho!”- Se quiser cortar o seu cabelo, não cobrarei nada por isso. Sente-se ali na cadeira e cortarei pra você de presente, pelo trabalho que me prestou. Precisando mesmo de cortar, decidi aceitar a gentileza de Tereza. Sentei -me naquela cadeira, onde Tereza, uma ótima cabelereira cortou o meu cabelo do jeito que eu gostava. Ela era caprichosa e tinha grande freguesia no bairro.
Conversa vai... Conversa vem... Tereza contou sua história de vida:
-“Sou uma mulher sofrida e batalhadora” - Tive um marido que era matador de aluguel. Ele matava pessoas na minha frente. Tinha uma nacionalidade muito ruim. Sofri muito na mão daquele homem. Só não largava dele por medo que ele me matasse também. Esse único filho que tenho. É dele, que é tudo de bom que me restou na vida. Nós nos separamos na hora certa, quando tive uma chance de não morrer nas mãos dele. Ele era um carrasco. Tudo que ele tinha de ruim, esse meu filho tem de bom. Este ex-marido era também cabelereiro. Pois ele cortava cabelo com o revolver na cintura.
Tereza era bonita, alegre e tristonha. E homem nenhum  bulia com ela. Uma cantada, a navalha já estava no pescoço. Cabelereira séria e não tinha como duvidar dessa triste história que ela contava ter vivido. E quando a gente não queria acreditar, notava a sua seriedade, o seu jeito de mulher séria, e suas conquistas. Não tinha como negar o que ela passou.
E assim fiquei conhecendo melhor Tereza. Quando precisava cortar meu cabelo, recorria ao seu salão e pagava pra ela. Ela chegou de conhecer minha esposa, e cortou o cabelo do meu filho também.
Um dia estive no salão e Tereza disse:
-“Quase perdi meu filho” - Uma doença terrível e má, inexplicável. Ele emagreceu tanto. Foi por Deus que consegui salvar meu filho.
Foi últimas palavras que tive de Tereza.
Um tempo passou, meu cabelo cresceu e demorei de voltar ao salão. Demorei pra voltar ao salão de Tereza por uns dois meses aproximadamente.
O tempo passa depressa, foi quando um dia pensei de ir lá. Juntamente com minha esposa, resolvi passar no seu salão em sua residência.
Ao chegar, notei o salão de Tereza vazio, e nada de flores, ou qualquer objeto na frente casa, nada na frente que indicava que ela ainda morasse ali. Notei que Tereza não morava mesmo mais ali. E já veio em minha mente o pior de tudo, o que eu não queria acreditar.
Não podia eu acreditar naquela mulher guerreira, forte e feliz cheio de esperança de ainda vencer. Como ter ido embora tão de repente, com tantos fregueses que ela tinha. Então, perguntei a um dos vizinhos, que disse:
- “Você não ficou sabendo?”. O Filho dela morreu e ela foi-se embora daqui. Vendeu, ou alugou a casa, e se mandou.
Foi muito triste de saber que o único filho que Tereza tinha, daquela triste história em que ela sempre me contara. E tudo que se acabou para ela. O jovem que estava noivo e que ia se casar, acabou falecendo por uma triste doença inexplicável, e que não me recordo no momento. Veio-me em minha mente, que nessa vida não somos nada mesmo.
Tantas histórias vividas como um montador de móveis. Umas me emocionaram, outras me entristeceram. Mas nenhuma marcou como a história de Tereza.

DIERETOR ELISIO VIEIRA LANÇA LIVRO SOBRE ESCOLA


Sérgio Gibim Ortega
Gente e Negócios do SBT falou sobre o lançamento do Livro de Elísio Vieira.
O primeiro livro de Elísio foi sobre a história de vida de seu sogro, o ferroviário Sebastião Leite de Moraes, com a obra “De Cuidado e Cuidador: Presente” lançada em 2010.
Contando sobre uma escola de Periferia, refeições, as riquezas que surgem numa escola, a dedicação, e como lidar com alunos, trouxe o título do livro ”Dois Minuto - O tempo da felicidade”.
O professor e escritor Elísio Vieira de Faria lança hoje, na Swift, seu segundo livro, “Dois Minutos – O Tempo da Felicidade: 600 dias eletivos em minha escola, minha lida”. A obra projeta a trajetória e o cotidiano da escola estadual “Walfredo Andrade Fogaça”.
Mais informações www.sbtinterior.com.br
Adquirir o Livro de Elísio na livraria Manuel em São José do Rio Preto ou na Escola “Walfredo Andrade Fogaça”.  Rua Danilo Graciano Pimentel, 46

sábado, 9 de junho de 2012

MORRE ESCRITOR JORNALISTA IVAN LESSA

Com 77 anos falece o jornalista, cronista e escritor Ivan Lessa,morreu na Sexta-feira na sua residência em Londres. Segundo sua viúva, Elizabeth, ele sofria de enfisema pulmonar e tinha problemas respiratórios graves. Mas o motivo da morte ainda não é conhecido. Ivan Lessa trabalhou e colaborou com vários órgãos de imprensa, como a TV Globo, as revistas "Senhor", "Veja" e "Playboy" e os jornais "Folha de S. Paulo", "Estado de S.Paulo", "Jornal do Brasil" e "Gazeta Mercantil". Também atuou como publicitário. Lessa morava em Londres desde 1978 e era colunista da BBC Brasil.A viúva conta que Lessa se queixava de falta de ar e dizia que não queria viver, mas continuava trabalhando. Lessa publicou os livros "Garotos da Fuzarca" (contos, de 1986), "Ivan vê o mundo" (crônicas, de 1999) e "O luar e a rainha" (2005). Também trabalhou como tradutor.
FONTE-EXPRESSOMT

sexta-feira, 8 de junho de 2012

ENCONTRO DO ACASO



                                             Sérgio Gibim Ortega

Quem é este alguém que sentou bem perto de mim
E falou comigo assim, deixando-me tão apaixonado?
Quem é esta pessoa tão linda e que fiquei tão afim?
E conversando de assunto muito triste e assombrado.

Falávamos de como a vida é nada, a morte feia e fria.
Acostumada a sua profissão, e eu a seu compreender,
Menina bonita te ouvia, e comigo usava sua simpatia!
E junto com ela conseguia minha mente a espairecer.

Senti tanto carinho, alguém dar atenção para meu ser.
Alma gêmea faz a gente soltar-se da solidão escondida.
Fico sonhando às noites contigo menina a te descrever
Daquele dia enquanto juntos trocamos palavras da vida.

E a esperar seu ônibus, enquanto comigo a conversar,
Sua gentileza e atenção aflorou este coração a se iludir.
Ao ver tanta beleza menina legal, fiquei a lhe apreciar.

Seus olhos tão lindos, e que até parecia à cor dos meus,
Assim tão amiga foi-se embora, naquele ônibus vi partir.
Fiquei olhando-a, comigo pensando, aquele olhos meus.
                                                                           ( 8-6-2012)

MORADORA MORTA É MAIS UMA VÍTIMA DE DROGAS

Moradora de rua é encontrada morta em casa abandonada
Esse foi o segundo caso, em apenas três dias, na cidade

Uma moradora de rua foi encontrada morta em uma casa abandonada, no bairro João Paulo Segundo, em Rio Preto.

O corpo de Claudia Fernando Valéria de Jesus Pinto, 25 anos, só foi identificado depois que a tia dela fez o reconhecimento.

Ao lado dele estava a bolsa da vítima que trazia marcas de sangue e nenhum documento. Cláudia foi morta a golpes de faca.

Segundo a família, a vítima era viciada em crack há um ano e meio e que nos últimos cinco meses passou a viver nas ruas.

Esse foi o segundo caso de moradores de rua assassinados em Rio Preto em apenas três dias. O outro crime foi no bairro Boa Vista. A vítima tinha 31 anos e também morreu depois de ser esfaqueada.

COMENTÁRIOS DO POETA GIBIM
Adolescentes de hoje. Olha só o que a droga faz! Pessoas perdem a vida. Tenha consciência, e respeitando a vida! Veja as noticias. Drogas matam diretas pessoas envolvidas sem dó.  Aprendam a dizer não a essas porcarias! Enfrentem a vida de coragem e vivam felizes. É lamentável a gente ver pessoas de boa aparência mortas brutalmente por causa da droga. Tai mais uma moça bonita, que não disfrutou da vida por causa das porcarias de drogas.

ADOLESCENTE DE 14 ANOS MORRE SUSPEITA DENGUE HEMORRÁGICA

Adolescente de 14 anos morre com suspeita de dengue hemorrágica
Família registrou boletim de ocorrência por omissão de socorro

Um adolescente de 14 anos morreu com suspeita de dengue hemorrágica em Ibirá. Paulo Cesar Pereira de Aguiar foi trazido até a Santa Casa de Ibirá, na terça-feira (29) com sintomas de dengue. Mas, foi atendido e liberado.

Porém, na quarta-feira (30) passou mal e retornou a Santa Casa de Ibirá, por volta das dez horas da noite. Ele chegou com um quadro de febre, vômito e diarreia.

O médico Roberto Pereira, clínico geral, estava de plantão e foi quem o atendeu. O médico não quis gravar entrevista, mas disse a nossa produção por telefone, que realizou todos os procedimentos necessários e assim que o quadro clínico do paciente Paulo piorou, na sexta-feira (01), ele pediu a transferência para Rio Preto.
NOTÍCIA DE EXTREMA IMPORTÂNCIA, VEJA TUDO COMPLETO NA FONTE-BALANÇO GERAL

quinta-feira, 7 de junho de 2012

PENSAMENTO


                         Sérgio Gibim Ortega

Não sou belo, nem encantado
como um príncipe, mas o meu amor
é como um vulcão em erupção,
começa encima como fogo
e termina lá em baixo.

Morre aos 91 anos Jerry Lewis

Eu Poeta Gibim nem sabia que este comediante estava vivo, morreu neste domingo em Las Vegas (EUA) o ator e diretor Jerry Lewis, conhecido...