-VOTUPORANGA-SP / DEZEMBRO DE 2017 - RESPONSÁVEL: Sérgio Gibim Ortega - CONTATO: poetagibim@hotmail.com

quarta-feira, 28 de abril de 2010

A SOGRA

Sérgio Gibim Ortega



Veja bem a situação
Em que me comparo agora.
Coitadinho de quem namora.
Mesmo sendo um sujeito honesto
A sogra ainda fala...
E não cala...
E como fala!
De medo, sei lá de que.
Mas nem sei por que...
Não sei...
A sogra pode ser boa,
Uma ótima pessoa,
Mas ainda perturba, incomoda.
Todo mundo não gosta de sogra,
Diz que é uma droga.
Mesmo fazendo o impossível
A ela, ainda ela cobra...
Só pode ser sogra.
Meu amor à filha dela,
A vida é triste, dolorida...
Mas é a vida.
Vou levar você amor...!
Vou levar...!
Vou te amar.
Que se dane o resto,
Não ligo pra sogra.

Nenhum comentário:

ESSE TEMPO

                  Sergio Gibim Ortega Eu vejo cada história passar pelo tempo... Tempo de infância, um tempo que passou. Lembranças ja...