-VOTUPORANGA-SP / AGOSTO DE 2017 - RESPONSÁVEL: Sérgio Gibim Ortega - CONTATO: poetagibim@hotmail.com

sábado, 3 de abril de 2010

DIA PRIMEIRO DE ABRIL É O DIA DA MENTIRA

Sérgio Gibim Ortega

Parece mentira, mas aconteceu. Minha filha nasceu no dia primeiro de abril de 1995 e escolhemos um lindo nome para ela. Entre alguns mais votados para homem seria William e mulher foi Ana Carolina.Então demos o nome de Ana Carolina já que era menina.Eu estava comemorando meu segundo filho então já que o primeiro não deu certo, perdemos com seis meses de gestação.Nasceu natimorto.Mas eu estava ali ansioso comemorando o dia da mentira e resolvi até tomar uma cerveja.
No dia em que ela nasceu fui para ver a minha filhinha. Ela era linda, moreninha dos olhos azuis, segundo o médico porque eu não vi direito seus olhos já que estava chorando. Vi minha filhinha e peguei um pouquinho.
Na tentativa em que tivemos pela segunda vez estávamos felizes.
Nosso primeiro filho que já estava morto a uns dias segundo os médicos no ventre de minha esposa e que nasceu numa sexta-feira treze. Foi até parto normal,mas uma pena que já estava morto.
É! Eu estava muito feliz porque sempre esperei ter uma filha. Mas o dia da mentira foi uma grande mentira. Só deixou saudades.Minha filha veio a falecer no dia dois de abril as 13:20 h da tarde.Foi Super triste para mim.Fiquei tão revoltado que nem quis velar e providenciei o enterro o mais rápido possível.
Levei a pequena urna branca eu sozinho para aquele cemitério e enterrei minha filhinha.
Achei que nunca mais teria outro filho. Hoje tenho um filho que quase perdi também na gestação. Um lindo filho homem,onde usamos ainda aquele nome mais votado William.O William é tudo que temos e por isto me apeguei até de mais. Mas isto já é uma outra história muito delicada pra outras oportunidades.
No dia em que nasceu Ana Carolina eu estava escrevendo para ela uma poesia de alegria. Mas quando faleceu tive que terminar uma outra parte da poesia triste. Se Ana Carolina estivesse viva hoje estaria com treze anos.
A vida passa tão depressa, mas nunca mais vou esquecer o dia primeiro de abril, o dia da mentira que pregou uma peça em nós.

olhemos um lindo nome para ela. Entre alguns mais votados para homem seria William e mulher foi Ana Carolina.Então demos o nome de Ana Carolina já que era menina.Eu estava comemorando meu segundo filho então já que o primeiro não deu certo, perdemos com seis meses de gestação.Nasceu natimorto.Mas eu estava ali ansioso comemorando o dia da mentira e resolvi até tomar uma cerveja.
No dia em que ela nasceu fui para ver a minha filhinha. Ela era linda, moreninha dos olhos azuis, segundo o médico porque eu não vi direito seus olhos já que estava chorando. Vi minha filhinha e peguei um pouquinho.
Na tentativa em que tivemos pela segunda vez estávamos felizes.
Nosso primeiro filho que já estava morto a uns dias segundo os médicos no ventre de minha esposa e que nasceu numa sexta-feira treze. Foi até parto normal,mas uma pena que já estava morto.
É! Eu estava muito feliz porque sempre esperei ter uma filha. Mas o dia da mentira foi uma grande mentira. Só deixou saudades.Minha filha veio a falecer no dia dois de abril as 13:20 h da tarde.Foi Super triste para mim.Fiquei tão revoltado que nem quis velar e providenciei o enterro o mais rápido possível.
Levei a pequena urna branca eu sozinho para aquele cemitério e enterrei minha filhinha.
Achei que nunca mais teria outro filho. Hoje tenho um filho que quase perdi também na gestação. Um lindo filho homem,onde usamos ainda aquele nome mais votado William.O William é tudo que temos e por isto me apeguei até de mais. Mas isto já é uma outra história muito delicada pra outras oportunidades.
No dia em que nasceu Ana Carolina eu estava escrevendo para ela uma poesia de alegria. Mas quando faleceu tive que terminar uma outra parte da poesia triste. Se Ana Carolina estivesse viva hoje estaria com treze anos.
A vida passa tão depressa, mas nunca mais vou esquecer o dia primeiro de abril, o dia da mentira que pregou uma peça em nós.

VOTUPORANGA 1 DE ABRIL DE 2008

Nenhum comentário:

Morre aos 91 anos Jerry Lewis

Eu Poeta Gibim nem sabia que este comediante estava vivo, morreu neste domingo em Las Vegas (EUA) o ator e diretor Jerry Lewis, conhecido...