-VOTUPORANGA-SP / OUTUBRO DE 2017 - RESPONSÁVEL: Sérgio Gibim Ortega - CONTATO: poetagibim@hotmail.com

domingo, 5 de julho de 2009

MORRER

Sérgio Gibim Ortega

Morrer é esquecer de todos
Os problemas da vida,
É não ter nunca uma saída,
É parar de sofrer nesta vida...,
É parar de sofrer nesta Terra,
É não ver mais uma guerra,
Nem este mundo cheio de ódio,
Morrer é deixar o corpo cansado,
Deixar de sorrir, é ficar parado,
É amar e deixar de sonhar...
Morrer é dormir profundamente,
É não sentir mais a mente...
Morrer é não acordar nunca,
Onde o tempo passa e
Não sentimos a vida passar.
Morrer é nunca lembrar do presente,
É não lembrar mais da gente
É nunca estar mais doente...,
É sempre ficar ausente,
É findar para sempre.
Morrer é apagar toda nossa memória,
É viver no eterno sem poder
Esquecer toda a nossa história,
É cair no esquecimento, é não sentir
Mais nem um momento,
É cair no adormecimento.

Nenhum comentário:

SENTIMENTOS

                 Sérgio Gibim Ortega Quando eu bebo eu sou rei. Já existe uma poesia assim. Meus sentimentos se afloram, e  choro s...