-VOTUPORANGA-SP / OUTUBRO DE 2017 - RESPONSÁVEL: Sérgio Gibim Ortega - CONTATO: poetagibim@hotmail.com

quarta-feira, 4 de junho de 2014

RECEBI E AGRADEÇO O LIVRO A ÚNICA ESPERANÇA

     Sérgio Gibim Ortega
     A tarde meio desanimado, ouvi bater palma defronte casa, resmunguei e saí. As vezes a gente pensa que é mais um vendedor de livros. O poeta que escreve aqui, ao olhar pelo vidro da janela, um homens com livros. Mas por surpresa o jovem disse que estava me dando um livro, e perguntei: - De presente? E ele, respondeu: - De presente! E o agradeci.
     
     E estou aqui postando para agradecer este livro do escritor Alejandro Bullón.
     Na verdade hoje, receber um livro já é um grande presente, e ainda mais gratuito, e que fala sobre Deus.
     Não importa a religião. Tudo que venha gratuito é muito gratificante. Mesmo que não lemos muito, mas sempre observamos alguns trechos e deparamos com alguma mensagem importante como essa deste livro que eu gostei.
     "A vida é como um palco". Você afasta as cortinas e vê os
dramas, as lutas, os conflitos e a procura incessante dos seres humanos. Gente que sonha, anseia e trabalha para encontrar um lugar ao sol. Muitos nascem, envelhecem e morrem sem chegar ao porto desejado. Alguns não sabem se quer de onde vêm ou para onde vão, outros, depois de caminhar entre espinhos, finalmente acham o sentido da existência.
   
     Esse trecho é uma grande verdade. E vale a pena ler um livro. Bom! Eu sou escritor, e apesar disso, tenho preguiça de ler. Mas li este trecho e recomendo.
  
     Muitos batem a porta, pegam livros como este, e joga fora, sem ao menos dar uma olhada. Pessoas má agradecidas que pagam pela vida. Sei o que é ser um escritor hoje com a desvalorização dos livros. Fui a tarde na minha mãe, e ela, mostrou contente o livro que recebeu, nem mesmo sabe ler, mas o importante é o presente. Ao chegar em casa, deparamos com um livro destes jogado na calçada justamente defronte minha casa. Então ficamos com os dois. Pessoas má agradecidas jogam fora. E eu vim publicar aqui para agradecer. Livros são muito bem-vindos aqui para este autor. Mesmo que não mudemos de religião, somos gratos as palavras de Deus. Obrigado a este livro, enfim, a esta igreja divulgando sua palavra.

Nenhum comentário:

SENTIMENTOS

                 Sérgio Gibim Ortega Quando eu bebo eu sou rei. Já existe uma poesia assim. Meus sentimentos se afloram, e  choro s...