-VOTUPORANGA-SP / MAIO DE 2017 - RESPONSÁVEL: Sérgio Gibim Ortega - CONTATO: poetagibim@hotmail.com

terça-feira, 5 de junho de 2012

IMAGRECER! TEORIA, PRÁTICA, OU MITO?



                     Sérgio Gibim Ortega

Falar um pouco de saúde. É um meio aqui do escritor tentar colocar um pouco mais de sabedorias aos queridos leitores.
Pois muitos assuntos interessantes como esse, são perdidos por falta de vontade dos leitores preguiçosos em ler. Assunto esse e tantos como outros, um dia vai para os livros, e ai, não será mais gratuito.
Pessoas que lê assuntos verídicos, só tem aprender mais na vida.
Assim, gordinhos como eu, muitos tentando encontrar uma maneira fácil de emagrecer. E aqui quero apenas deixar o meu parecer.
Tenho notado também que hoje pessoas só sabem curtir desenhos fáceis, caricaturas de cabecinhas de bolinhas desenhadas, piadas inexplicáveis e de bom humor, principalmente nas redes sociais. Mas, nada de ler. Preguiça de ler assuntos importantíssimos.
Esse assunto é de extrema importância.
Há cinco dias tenho esforçando-me a fazer regime. Como em outras tentativas. Sempre terminava em metas não cumpridas.
Decidi escrever todos os dias, alimentos que estou comendo. Tenho notado que apesar do sofrimento e da fome, tenho perdido dois quilos.
Por escrever a minha alimentação, notei também incentivo e uma grande mudança no hábito. Aprendi a notar o que muda e o que não muda. O dia em que você come só arroz e feijão... O dia em que você come só arroz... O dia em que você come só o frango... O dia em que você come só a carne... E daí vai...
Para os médicos, sei que ainda estou longe de deixar alguns habito. Aprendi a dividir estas coisas com um tempo mais logo, como o arroz, feijão, carnes, etc. Tenho feito algumas frituras mais sequinhas e sadias. Almeirão? Um! Ótimo para o meu intestino. Vários tipos de verduras bem temperadinhas. Uma delícia! E só! Nada de arroz.
Há aquele velho ditado. “Corte a árvore pela raiz!”. Ou, não coma o arroz! Se deixar a raiz da árvore, ela brota. Se comer a tal das duas colheres, conforme manda o figurino, saiba que não vai aguentar, e passará a comer muito mais. Exemplo: “Se você fuma um cigarro por dia”. Nada vai mudar. Só vai mudar no dia em que você decidir a cumprir a meta.
Tenho diminuído o álcool. Como se diz, a cerveja é o álcool não aceitável, às vezes dizendo o porquê de uma barriguinha. Nada disso! Hoje,  me coloquei a pensar em certos momentos, ou no momento certo de tomar a minha cerveja. Não preciso abandoná-la. Porque, é diminuindo muito que você vai conseguir.
Mais uma experiência tive um dia numa festinha de família. Fiquei hoje a pensar porque naquele dia fui tanto ao banheiro para urinar. O impressionante! Eu que tenho feito feito muito xixi.
Sim! Vão dizer afirmar que a cerveja é diurética. Mas, comparamos agora a cerveja com o remédio diurético, e o resultado é; “não tenho feito tanto xixi quando a cerveja em algumas ocasiões”. Isso é, depende do dia em que você bebe, e como bebe.
Beber cervejas mais de uma, e em pé aos poucos, e sem comer tanta carne, me parece agora a alternativa certa. Foi o que me aconteceu!  Praticamente é mais difícil de ficar bêbado. Beber sentado uma cerveja, no dia em que você está cansado, e logo em seguida uma janta. Não! Não é isto que estou dizendo!
Há! Cerveja cria uma barriguinha! Vão dizer.
Lógico que se alguém sempre janta após tomar uma cerveja. Vai continuar a mesma coisa. Resultado; tenho notado aquele dia urinar muito, e quase que, parecia urinar mais do que estava bebendo. Impressionante! Não é?
Alguns dizem que a cerveja faz mal para o rim. Só sei dizer que tenho tomado remédio diurético, e agora ao fazer exames, notei mesmo não fazer muito xixi. E quer saber mais? Tenho me esforçado a beber mais água. O que é muito bom! E mesmo assim nada de urinar. Saudade mesmo, é alguma ocasião em que tive a experiência de beber a cerveja e urinar a vontade.
Não estou aqui incentivando a beber álcool. Quero apenas colocar o assunto em que notei ao verificar no que me fez bem a saúde. E pretendo estudar esta deliciosa maneira de colocar esse trabalho em funcionamento. Primeiro o regime, e segundo a cerveja... Descobrir o porque disso? Não sei!
Ponto pra mim, ao pesquisar na Internet, onde uma pesquisa Americana diz que a cerveja faz bem a saúde sendo diurética, e que certa quantia não engorda.
Quero dizer ainda que fazer regime, é também fazer exercícios para perda de peso rápido; o que ainda não tenho conseguido. Mas pretendo chegar lá.
Quero dizer que muitos fazem cirurgia do estômago para emagrecer. E agora pergunto: “Você acha que é a cirurgia que emagrece?”.  Ou é o regime forçadamente da cirurgia que faz isso? Tenha certeza, que além de correr risco de morte, você vai ter que tomar só líquido. E é baseado em pessoas que já fizeram esta cirurgia que falo isso. Além de passar uma dor dos infernos, após a retirada do estômago, você não vai poder comer nada! Absolutamente nada!
Então vamos imaginar que! Se for para eu fazer o regime de qualquer jeito, prefira fazer o regime sem a redução do estômago! E se preferir, pense que já tenha feito à cirurgia. Use a sua mentira para acreditar na sua verdade! Emagrecer com saúde é a nossa prioridade.
A redução do estômago, apenas garante não comer mais do que o limite, ao mesmo tempo, comer o dia todo. Você sabe que emagrece mesmo. Porque se comer no resguardo da sua cirurgia, vai morrer mesmo. Tá mais do que na hora de pensar. Vou conseguir por minha própria vontade. E é só!

Nenhum comentário:

PRECISO

         Sérgio Gibim Ortega Preciso olhar em seus olhos e fazer uma bela poesia. Porque tu és a minha linda, e que me trás só alegria....