-VOTUPORANGA-SP / DEZEMBRO DE 2017 - RESPONSÁVEL: Sérgio Gibim Ortega - CONTATO: poetagibim@hotmail.com

domingo, 28 de agosto de 2011

DE VOLTA AO PASSADO

(Foto Roberto Lamparina)

Roberto Lamparina

Os língua-preta que disseram que os coqueiros estéreis da Rua Amazonas de nada servem estavam completamente enganados. Bem como aqueles que disseram que a revitalização da Rua Amazonas diminuiu o espaço de estacionamento... Só se for dos carros, pois pra carrinho de tração animal, o projeto está sob medida, cabe certinho um carrinho no vão dos coqueiros. Até parece coisa premeditada... Se bobear, algum poeta faz música - Quem sabe entre um coqueiro e outro a gente se afinize e comece a encostar...

Não sou engenheiro, muito menos arquiteto, mas o espaço me parece perfeitamente hábil para uma manobra perfeita. Se fosse exigência do patrão não teria saído assim tão perfeito. O melhor de tudo é que, uma caminhonete precisa fazer manobra pra dobrar as esquinas e estacionar nas vagas reduzidas e disputadas, mas os carrinhos de tração animal, não. Dá pra se estacionar numa única manobra, logicamente dependendo da perícia daquele que está mandando os beijos!!!

Outra curiosidade que notei, foi a de que os projetistas esqueceram de construir os bebedouros (vascas, como se dizia antigamente) para os animais, mas com jeitinho acho que dá até para adaptar àquelas lixeiras em vascas. Aí tudo ficará perfeito, exatamente como no início. A diferença é que no início era só fincar uma lasca de aroeira ou angico (madeiras abundantes da época) no chão e já estava pronto o mastro para a amarração do cabresto. Talvez os mastros de hoje tenham ficado um pouquinho mais caros, mas ficaram muito mais elegantes, temos que admitir. Teve gente dizendo até que seguiu conceitos paisagísticos parecidos com os de um vilarejo da França?!?!?!

Sei lá, nunca fui à França, mas fico feliz que nesta inocente imagem aí, alguém tenha encontrado alguma utilidade para aqueles coqueiros, pois até agora eu já tinha arrebentado os meus dois neurônios e não havia vislumbrado sequer uma.

Resta-nos somente uma pergunta – Será que pagou Zona Azul???

COMENTÁRIOS SÉRGIO GIBIM ORTEGA
Meu amigo Roberto Lamparina, puxa, eu gostei e tenho que publicar aqui. Se tem uma coisa de bom é nós relembrarmos o passado. É a única coisa que uma administração nos satisfaria muito. Pois não como gostar dos melhores momentos de um tempo que não volta. Parabéns pela flagante idéia.

Nenhum comentário:

ANÕES REJEITADOS PELOS PAÍS EM NOVELAS E FILMES

     A atriz Juliana Caldas , 30 anos, em um dos papéis principais novela das nove "Do outro lado do Paraíso" de Walcyr Ca...