-VOTUPORANGA-SP / AGOSTO DE 2017 - RESPONSÁVEL: Sérgio Gibim Ortega - CONTATO: poetagibim@hotmail.com

sábado, 16 de julho de 2011

SÉRGIO GIBIM ORTEGA CONCLUIO O LIVRO “LOIRINHA O GRANDE AMOR DE MINHA VIDA”




(POETA GIBIM)

Sérgio Gibim Ortega esteve atarefado há dias, avaliando e montando o livro impresso. “Finalmente” Disse o Poeta:
“Cheguei ao ponto final que eu queria.” Publicar o livro da melhor maneira que ficasse mais lindo possível. Está ótimo. Não mudarei mais nada neste livro e já está à venda pela Internet, enviando-me um e-mail, Passo o número da minha conta, onde a pessoa deposita o dinheiro e após recebe pelo correio. 40 reais? O livro está incluso com Frete, para receber com segurança em suas mãos. Custo esse, para poder realizar meu sonho, fazer o livro de maneira Artesanal. Mas podem concluir pela foto (aqui) que ficou muito bonito. Sempre fui revisando-o, mas agora chega. Só será mesmo avaliado erros de português, se ainda houver. É por isso que é muito bom fazer aos poucos.
“Eu sei que é caro”. Mas, vejo livros absurdos na Internet. Editoras ganhando encima de autores por antologias, ou solo. Eu tinha certeza que podia fazer o livro da melhor maneira possível. E apesar de ser um preço até razoável, pelo trabalho que me deu. É muito difícil fazer um livro pelas mãos. Por isso é claro em todas minhas propagandas, que o livro é lindo, muito bem feito. Só que é artesanal. Porque não tenho condições de bancar uma editora. E esse negócio de Editora fazer o livro aos poucos, sai também muito caro. Eu posso fazer, e está também disponível na Internet para ler gratuito, pra não dizer “Que não falei das flores”. Não pensa que vou viver disso. Vocês bem sabem quando custa uma tinta de Impressora! Mas, se a pessoa deseja comprar, é só me enviar um e-mail. Vai estar nas bancas de Votuporanga. É claro que, o vendedor de livrarias vai ganhar mais encima. Vou doar as bibliotecas e algumas escolas. É claro que tenho que ter um tempo pra atender meus leitores. Fazer livros manualmente é muito demorado. E pra entrega dentro da cidade em mãos, sai 30 reais.
Sérgio falou das fotos.
“As fotos chegaram a pouca semelhança.” Pois o Marido de Loirinha, no início do livro retirou uma imagem de uma atriz linda, dizendo que era foto de sua esposa. O livro nunca apresentou nomes e nem fotos verdadeiras. Até hoje estou rastreando a foto da atriz verdadeira pra mostrar a ele que não é esposa dele. Mas, o livro não trás mais o direito de Loirinha, ou acredito dele falar, que a prejudiquei. Porque não tem como provar que seja dela as fotos. E quanto à história, ele não impediu, e ainda afirmou no e-mail que era minha história. Está guardado como registro. E ainda mais me precavi, com outras montagens de fotos, desenhos mostrando outra fisionomia, é rosto tirado de atrizes lindas que usei para montagem. Para provar ainda mais, que ninguém possa mais me atrapalhar, muito menos o tal marido de Loirinha, que até acredito que ele seja bacana, e já deve ter lido o livro. Viu que. Meu interesse era escrever a “História” desde o meu passado. E até ele também passou a saber detalhadamente, viu que fui só o garoto apaixonado da época. Desta “História” têm, vocês tem que lerem o livro. Está no meu link neste jornal E no Calaméo, você lê gratuitamente. Mas nos sites, ainda vou por o acabamento final e as últimas correções do livro Impresso. Outro dia, quando passei pelo casal, eu confesso que não tenha visto, ao virar uma das esquinas. Disse minha esposa que ele me cumprimentou. Mas me desculpe, eu não vi, e muito menos ela, que não sei como está hoje. Pois ao relatar este livro, confesso que é difícil. Nunca nesses anos todo, achei que isso ia ser polêmico. Pois sou uma pessoa de raça e não poderia jamais desistir deste livro. Os outros livros que eu tenha escrito. Sim! É história de ficção, de mentira. Mas, eu sei que é difícil escrever uma “História” real. Mas, a polêmica ficou só em torno dos amigos que há conheceu daquela época. Então, que o marido dela fique tranquilo quando a isto. Imprensa nenhuma vai importuná-la. E se acontecer de alguém, dedar novamente. Pois ela pode negar que não só existia ela naquela classe... Naquele jardim...Onde for...
Sérgio falou novamente da Editora.
“Se fizer sucesso, com certeza vou ter uma editora digna, que venha não me explorar. “Se não, vou fazendo artesanalmente o meu livro. As pessoas estão gostando e acredito que vai ser sucesso. Minha experiência em fazer livros manualmente me mostrou muito aprimoramento. E cada vez mais vai ficar melhor. As gravações de como eu estou imprimindo ou montando meu livro estão sendo gravadas em vídeos. Mas, vai ficar em segredo, por enquanto, assim como as fotos de atrizes, muito bem guardadas e nunca reveladas de quem foi à inspiração, e quais atrizes. São atrizes desconhecidas. E no desenho mudei muito pra que nem uma delas me complicasse também.
O escritor falou de outros livros.
“Bem!” O destino quis que eu fizesse o Livro de Loirinha primeiro. Por quê? Não planejei. Era o livro mais sonhado. E a minha esposa foi bem lembrada, por ter passado por ciúmes também. É apenas o que falei a ela, antes de casar-se. “Eu, sou poeta, escrevo e minha vida fala de poesias românticas.” Vou ter amigas. Vou ter fãs. Ela concordou. Mas ele entendeu. Inclusive, sempre confiou em mim. E até vieram fãs minha me conhecer, na época quando nos casamos. Fãs, quando eu levava poesias no rádio ainda. Inclusive tive uma poesia linda de uma fã de homenagem a mim. Ela me emocionou muito até hoje. Escreveu uma homenagem com meu nome. Hoje, esta fã também esta casada. E a poesia, que ela me homenageou, está no meu blog. Ela é amiga hoje do meu Orkut. Mas, nem se falamos. Mas, apesar de já ter feito uns três ou quatro livros, esse não sei... Veio... Bom! Agora eu acho que sei o porquê fiz primeiro. Por começar escrevendo pela Loirinha. E então, agora sei que o sucesso virá por causa dela também. Por quê? Mais um segredo, que não vou revelar agora. E um dia, se Deus alcançar o meu objetivo do livro fazer sucesso. Mas, estarei imprimindo os livros todos. E agora, pro resto de minha vida. Vou deixar todos prontos.
Por quê? Escritores, poetas tem um dom para cumprir. Então agora, graças à tecnologia do computador também. Não vou mais ficar publicando poesias em livros que as Editoras vendem por aí pelo Brasil todo, e não vejo meu lucro. Portanto, é certeza, que se chegar a imprimir pela Editora um dia, vai ser o mesmo modelo, igualzinho ao meu. Porque, quem compra hoje, fique tranquilo. Sou toda prova, que se o livro não for igual, cada pessoa que comprar, levará outro grátis, se for diferente. Prometo! Mas não! É uma luta comigo mesmo e não vou deixar nada atrapalhar. Nem que vierem processos. Não tenho medo. O livro trás sucessos. Eu, até já briguei no passado com agiotagem na justiça. Acham que tenho medo de publicar um livro da minha “História” de amor do passado? Engano! Existem milhões de mulheres semelhantes a ela. Mas, o livro fala tudo. Explica a situação.
Sei! Fiquei magoado por tal marido dela ter me barrado uma imagem por ciúmes depois de 26 anos.
Mas, gente! Estamos velhos! Por favor! Cai na real! O livro fala muito bem, que não fui nem amigo dela.
É muito lindo! Leiam a minha “História”. Tenham certeza que, as pessoas estão preferindo comprar o livro impresso nas mãos. É muito mais bonito.
Sérgio Gibim Ortega mostrou a foto dos livros já impresso e não quis falar mais. Mas ele tem muita surpresa para os Leitores. O autor participou em Florianópolis em Santa Catarina, com seis páginas no Livro “Prosa e Versos”, e está aguardando para receber os cinco livros comprados que ainda não chegou Via Correio. Esse livro pode ser encontrado no www.agbook.com.br, mas custa 40 reais o exemplar, e o autor Sérgio não ganha nada. Ha não ser que comprar por 40. E vender mais caro ainda. Só apenas está divulgando. E vai sair outro em Florianópolis, “Prosa e Versos II”. Mas o poeta está aguardando pelo menos os livros que comprou. Que seja um pra guardar ao menos. Sérgio Gibim Ortega está bravo com essas antologias de Editoras que participa através de páginas, com autores do Brasil. E se for preciso vai fazer os livros artesanalmente, mesmo tendo que publicar o livro todo. Sabe ele, dos seus direitos sobre suas autorias nestes livros lançados. Se as editoras podem ganhar. O autores também tem que ganhar, disse ele.

Um comentário:

Sérgio Gibim Ortega disse...

O Livro está a venda na Livraria "IMPRESS", Nas bancas ao lado do Jardim da Igreja Matriz, no Walter.
Conseguimos baixar o preço pra 20 reais, evido ao material, mais barato, vamos ver que vai dar. Pela Internet, 30 reais.
Abraço
Poeta Gibim

O HUMORISMO DA TV FICA MAIS TRISTE

O ator  Paulo Silvino   morreu  nesta manhã, no  Rio de Janeiro . Seu filho João Paulo Silvino lamentou o acontecido em uma postagem no Fa...