-VOTUPORANGA-SP / DEZEMBRO DE 2017 - RESPONSÁVEL: Sérgio Gibim Ortega - CONTATO: poetagibim@hotmail.com

domingo, 8 de agosto de 2010

TEM AÇOUGUEIROS QUE SÓ QUER VENDER A GORDURA PRA GENTE



Sérgio Gibim Ortega

Fiquei super chateado ao comprar uma ponta de peito num açougue nesta cidade Votuporanga, O rapaz açougueiro me vendeu uma parte da carne na pura gordura onde parece que a gente só ta levando é sebo mesmo.
Ao reclamar com o açougueiro ele finge que ta tudo certo e me oferece então uma outra carne que foi coxão duro. Levei para assar na churrasqueia o coxão duro sendo que eu estava querendo mesmo a ponta de peito, mas com uma gordura mais distribuída. E não aquele pedaço de gordura pura. Tinha como cortar sim. Mas ele preferiu me humilhar. Para não fazer mais encrenca, fiquei com aquela mesmo. E aquela carne que já estava cortada ele guardou para socar em outro cliente ou trouxa.
Como tinha muita gente, ele nem me deu confiança. Ele não notou o que já tenho gastado nos outros dias no seu açougue.
Um açougue que tem muita carne boa sim, boa freguesia e que vale apena comprar o que tem na vitrine. Só que a da vitrine, quando tem, é sempre uma carne bonita.
Mas quando se trata do bom atendimento, aí foi à zero. Ele acreditou que eu deveria comer aquela gordura ou então comprar pra jogar fora.
Eu fico pensando porque tem tantos açougueiros assim ignorantes.
Já passei isso em outros lugares também. Eles não olham se você é o freguês que vai voltar ou não vai. Até que eles pensam certos, mas de uma forma errada.
Se já limpou a carne e aquela gordura por certo faz parte da carne. Concordo! Mas, convenhamos. Não vamos chatear um freguês por isso. O que custa tirar mais um pedaço e servir bem o cliente.
Coisas assim acabam com o dia da gente. E até ficamos pensando. Tem hora que a gente não quer passar por isso e acaba levando o que não gostou. Mesmo assim quando menos esperamos, passamos por um constrangimento. Depois não existe mais como voltar atrás. Mesmo sabendo que o cliente tem razão, às vezes preferimos deixar de lado e levar a pior, pra não ser chamado de chato. Foi o que me senti e por isso não vou voltar lá. Às vezes posso ter sido o chato.
Gosto sim até de uma ponta de peito de muita gordura desde que ela tem carne junto. Mas a gordura pura não me entra. Bom! Para mim não serve nem para os cachorros.
Meu pai uma vez levou até a pior ali. Num açougue próximo ali, ele levou foi é só gordura mesmo.
Depois o Prefeito de Votuporanga ainda fala de fazer selo de qualidade. Esses comerciantes não estão nem aí com o cliente. Pra eles o cliente que se vira.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

LIBERDADE DE IMPRENSA E O CONSUMIDOR

Nenhum comentário:

ESSE TEMPO

                  Sergio Gibim Ortega Eu vejo cada história passar pelo tempo... Tempo de infância, um tempo que passou. Lembranças ja...