-VOTUPORANGA-SP / OUTUBRO DE 2017 - RESPONSÁVEL: Sérgio Gibim Ortega - CONTATO: poetagibim@hotmail.com

quinta-feira, 22 de julho de 2010


DESEMPREGADO

Nunca fiques a criticar
Ele nasceu para isto
Trabalhar e trabalhar
Basta parar e pensar
Alcance a ele comida e pão
Para o trabalho ajuda a ter ascensão
Escute a sabedoria
Ele também tem família
Deixe este homem desnutrido
Ter por hoje seu problema resolvido
Ajuda ele a não ter problema
E não ficarás com o dilema
De ter, poder e não ter ajudado
Este homem sem serviço e abalado
Não e nunca foi um pobre coitado
Sim um pai de família parado
Não quer fazer maldade
Quer trabalhar com dignidade
Esta hoje ele fora de atividade
Mais não ficará para sempre
Promova a benignidade
De a ele trabalho faça essa bondade
Para que possa com dignidade
De cabeça erguida seguir seu caminho
Ele homem de fé e infinita bondade
Por Deus vai se sentir amparado
Por não estar mais desempregado
E em sua simplicidade
Sorrir de felicidade

(Orides Siqueira)

Nenhum comentário:

SENTIMENTOS

                 Sérgio Gibim Ortega Quando eu bebo eu sou rei. Já existe uma poesia assim. Meus sentimentos se afloram, e  choro s...