-VOTUPORANGA-SP / AGOSTO DE 2017 - RESPONSÁVEL: Sérgio Gibim Ortega - CONTATO: poetagibim@hotmail.com

sábado, 9 de janeiro de 2010

MOMENTOS TRISTES

Sérgio Gibim Ortega
(dedicado a Zélia Berigo Marinho Ortega 23/1/92)

Como era triste aquele dia
Em que adoentada você estava.
Toda a tristeza te invadia
E de tudo, nada te agradava.

Enquanto o hospital te acolhia,
Sozinho aqui eu te esperava.
Te ver ali quase não podia,
Mas do coração eu te enxergava.

Graças a Deus tudo passou.
Você se recuperou rapidamente
E daquele hospital já saiu.

Minha pequena, você voltou...
Voltou a sorrir novamente
E a sua tristeza sumiu.

Um comentário:

Anônimo disse...

Um belo poema como este só pode ter saído de uma alma pura e nobre.

O HUMORISMO DA TV FICA MAIS TRISTE

O ator  Paulo Silvino   morreu  nesta manhã, no  Rio de Janeiro . Seu filho João Paulo Silvino lamentou o acontecido em uma postagem no Fa...