-VOTUPORANGA-SP / OUTUBRO DE 2017 - RESPONSÁVEL: Sérgio Gibim Ortega - CONTATO: poetagibim@hotmail.com

segunda-feira, 22 de junho de 2015

O RIO MARINHEIRO

              Sérgio Gibim Ortega
Céu azul cor de imensidão
que reflete na água a sua
imagem num lindo espelho
de bela paixão a natureza.
Lá de trás bem em cima
de um tablado, uma linda
garça branca ao longe
feito estátua, só esperando
o peixe, a sobra do pescador
se assim for sobrar.
No meio do enrosco
difícil de tirar o anzol,
pesca o meu pai,
tranquilo, o pescador
dentro d'água
no Rio Marinheirinho,
o rio calmo e bonito,
beleza tanta e exuberância
que refleti o céu e a Terra...
O rio que alimenta
os pássaros e os pescadores.

Nenhum comentário:

SENTIMENTOS

                 Sérgio Gibim Ortega Quando eu bebo eu sou rei. Já existe uma poesia assim. Meus sentimentos se afloram, e  choro s...