-VOTUPORANGA-SP / OUTUBRO DE 2017 - RESPONSÁVEL: Sérgio Gibim Ortega - CONTATO: poetagibim@hotmail.com

quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015

CORA MORRE NA NOVELA IMPÉRIO

Vem por aí se não mudar os capítulos. Depois de Cora (Marjorie Estiano) leva um tiro, é hospitalizada - José Alfredo se despede de Cora, que acaba falecendo no hospital. Cristina recebe a notícia da morte de Cora e José Alfredo a ampara. Todos sentem o falecimento de Cora. Infelizmente, pelo jeito Cora morre virgem e sem ficar rica do xixi de jacaré que a deixou jovem .(capítulos sujeitos a mudanças) FONTE REDE GLOBO

Nenhum comentário:

SENTIMENTOS

                 Sérgio Gibim Ortega Quando eu bebo eu sou rei. Já existe uma poesia assim. Meus sentimentos se afloram, e  choro s...