-VOTUPORANGA-SP / AGOSTO DE 2017 - RESPONSÁVEL: Sérgio Gibim Ortega - CONTATO: poetagibim@hotmail.com

quarta-feira, 6 de agosto de 2014

SUPERMERCADO PORECATU LIMITA VENDA DE PRODUTOS NA PROMOÇÃO


Sérgio Gibim Ortega

     Sr. Diretor José Francisco dos Santos
     Hoje a batatinha estava 0,09 centavos o quilo, e como sempre, com certeza a maioria passou constrangimento, tanto para as funcionárias dos caixas que também ficam totalmente perdidas até a chefe autorizar a venda. Porque o Supermercado Porecatu coloca lmite de apenas 4 quilos por pessoas.
     Ora! O senhor coloca um estabelecimento, e depois não quer vender a mercadoria.
     Eu esperava que o senhor colocasse as mercadorias com o intuito de progredir e ganhar dinheiro.
     Talvez, o senhor precise de uma orientação minha para poder ter mais sucesso além do que já tem. Acredite o senhor que o Supermercado Proença, o concorrente o outro dia colocou a batata graúda na promoção, de qualidade. O preço estava muito baixo mesmo. Não me recordo. Mas o concorrente não faz esta palhaçada de ficar proibindo a venda do produto. Não sei se isso ocorre sempre.
     Não estou aqui escrevendo isso para mau, e sim para o bem, concordo sim que não deva ser vendido em atacado para comerciantes. No entanto sugiro para o constrangimento novas ideias para poder vender seu produto. Porque a gente compra de tudo, e o senhor queira vender cada vez mais, mas a limitação só ocorre no caso da promoção. A uva niágara também teve problemas ao passar no caixa. O senhor tem que respeitar mais os clientes, porque a maioria também leva para a família, um almoço, uma festa.
     Então vamos fazer o seguinte, Sr. José! Cadastre as pessoas com a carteira de trabalho, e assim o senhor limita só as pessoas que possuem comércio. Eu acho super errado também um comerciante abusar do supermercado, comprando mais barato e vendendo mais caro. No entanto não posso ficar aqui julgando. Na realidade, se eu fosse um comerciante, eu levaria várias pessoas para comprar, e de 4 em 4 quilos, com certeza comprava, e nem iria sentir tanto o peso deste constrangimento. O Senhor já sabe muito bem deste nosso País corrupto. Então, é difícil ficar comprando assim controlado, sabe.
     Puxa-vida, me recordo quando o senhor chegou a Votuporanga, e começou o seu comércio. Eu estava lá, conheci  a Saudosa Dona Cida, montei o seu dormitório na garagem, uma metade, era grande e não coube. Depois fiz curso do SEBRAE com Dona Cida, e cheguei a colocar o primeiro salgadinho congelado nas prateleiras do Supermercado. Por isso compro faz tempo, tenho-lhe admiração. Mas chega uma hora que sou obrigado a deixar de comprar opor um motivo de menos.
     Quando o Porecatu abriu as portas no Lugar onde era o Champion, estive lá fotografando na inauguração, coloquei na Internet., onde a foto até foi registrada pelo Google no mapa. Sou cidadã Votuporanguense e gostaria que o senhor tomasse conhecimento desta publicação que me senti constrangido por isso. Tem muitas idéias para o senhor atrair os clientes. Sugiro também presentear a pessoa com estes produtos baratinho de promoção, e pronto, não vai ter briga. Quem faz uma compra ganha 4 quilos de batata.
     O cadastro para promoção e pronto. Não tem um posto de gasolina aqui que a gente compra e ganha o desconto. Só Zé, como o senhor é conhecido pelos Votuporangueses. Hoje me dirigi a palavra diretamente para o senhor, para ter mais sucessos, porque eu gostaria de continuar comprando ali. Ter a promoção, poder levar um pouquinho a mais, e sem aproveitar, porque não sou comerciante, não possuo quitanda, etc. Sou montador de móveis, afastado, adoentado, e poeta, a qual tenho que deixar de fazer as poesias, pra escrever isso. Obrigado!

Nenhum comentário:

Morre aos 91 anos Jerry Lewis

Eu Poeta Gibim nem sabia que este comediante estava vivo, morreu neste domingo em Las Vegas (EUA) o ator e diretor Jerry Lewis, conhecido...