-VOTUPORANGA-SP / OUTUBRO DE 2017 - RESPONSÁVEL: Sérgio Gibim Ortega - CONTATO: poetagibim@hotmail.com

sábado, 26 de outubro de 2013

EMPREGADA DOMÉSTICA SE DESDOBRA



         Sérgio Gibim Ortega
Contaram-me hoje que uma certa empregada domestica subiu no coqueiro para jogar veneno de caneca nos mandruvás. Isso é porque a pobreza do seu patrão não dava pra pagar o jardineiro.
Tem doméstica puxa=saco demais, ou não vê a exploração do patrão. Gente! É muita humilhação. Patrão preguiçoso tem muito. Tem gente que nem tem pra ter empregada e só quer s
e aparecer.

Nenhum comentário:

SENTIMENTOS

                 Sérgio Gibim Ortega Quando eu bebo eu sou rei. Já existe uma poesia assim. Meus sentimentos se afloram, e  choro s...