-VOTUPORANGA-SP / MAIO DE 2017 - RESPONSÁVEL: Sérgio Gibim Ortega - CONTATO: poetagibim@hotmail.com

segunda-feira, 23 de setembro de 2013

A IMPRENSA CONDENA AS VÍTIMAS E ABSORVE OS RÉUS

Sérgio Gibim Ortega

Conforme escrevi “CORRIGINDO ALGUNS JORNAIS MULHER MORTA EM NOVA CANAÃ-SP- PAULISTA-STA FÉ”, volto a questionar a imprensa diante da realidade, e mais do que isto, a falta de credibilidade e a notícia real. Diante da dor da família, e ainda se deparar com coisas que nem deveriam colocar, estou aqui para questioná-los. Vocês com o Poeta Gibim subiram no pé de goiabeira errados.
Repetindo sobre a falta de informação de certos jornais que vão buscar a notícia da boca do povo e não relatam coisa com coisa. Para isto volto informar sobre o assassinato de minha cunhada, aonde foi dito que recentemente ela estava viúva e recentemente tinha tentado suicídio. Se na basta, indico a relação abaixo de alguns jornais que buscou a informação errada e, isto acaba julgando a vítima e beneficiando ao assassino.
Veja bem senhores que não estou a criticá-los atoa! Tenho as provas, e como parte da família coloca as perguntas. O que tem haver a tentativa de suicídio, o fato de ser viúva, se é coisa intima do passado distante e nada se pode acrescentar com a realidade.
Não podemos julgar até que a verdade prevaleça, e a imprensa não basta de só dizer a notícia, o acontecimento baseado numa realidade. Como após eu ter relatado o assunto, ainda disse outra vez certo jornal. O acusado alega ter ido à casa da vítima para manter relações sexuais e teve uma briga, aonde foi obrigado a pegar a faca.
Fato novo é que o assassino se encontra preso e vocês o beneficiam não colocando o seu nome ainda. Em muitos casos vejo isto acontecer, e não julgo os jornais em certas horas, ou por ter medo do assassino, ou por não ter certeza. Mas aí dizer que o assassino buscava relações sexuais. Isto a justiça deve primeiro investigar, e não de colocar antes julgando difamar a vítima.
 A imprensa não percebe os fatos, e conforme noticiado antes, que a minha cunhada estava sendo seguida por um cara de capuz. Outro erro inexplicável e que se distorce a favor do assassino quando, ao meu ver, a imprensa podia beneficiar a vítima. E nesse caso não só me dirijo a nossa família, mas vejo agora ao passar por este fato da realidade, que quantas famílias que ainda além de perder um ente querido tenha que ouvir os erros da imprensa. Pois aqui há meu blog O NOVO JORNAL DO POETA GIBIM, menos pesquisado quanto aos jornais, mas agora muito mais informado do que a imprensa. Se não bastasse acrescentou também suspeitos sem provas, que nem vou dizer aqui. Depois de acrescentas a realidade, as vítimas ficam como, difamado.Ou vocês da imprensa precisam ver como escrever uma matéria antes, aonde me coloco a disposição de como fazer aqui. Não sair buscando informações prejudicáveis as vítimas, como foi o caso a vítima minha cunhada.


Do que estou falando? Então vou repetir parte da notícia com a nova realidade acontecida: A mulher morta Sílvia Berigo Marinho, era cunha de Poeta Gibim, e esclarecendo alguns jornais errado, ela foi encontrada morta pelo 2 filhos e correu para pedir ajuda, dado momento ocorrido ela foi constatada pela investigação várias facadas e corte profundo no pescoço, e corte grande no queixo. Não houve roubo e o caso está sendo investigado aparente de homicídio, que ocorreu na manhã desta sexta-feira (20), em Nova Canaã Paulista.

     A senhora Silvia tinha 34 anos, era de Nova Canaã Paulista. A vítima foi encontrada pelos dois filhos, 8 e 9 anos, quando retornavam da escola, ela estava caída de costa na sala da casa em meio a uma poça de sangue, foram os filhos que chamaram a polícia. Amigos de Silvia informaram que por volta das 10:30 horas ela foi no supermercado, consta no num jornal. Mas, ela foi também a escola ver o boletim das crianças, e que a mesma não aparentava qualquer sinal de apreensão ou tristeza.

     Silvia, a vítima é prima em terceiro grau do prefeito Silvano. Silvia havia recebido indenizatório pela morte do marido A vítima era viúva aproximadamente a uns 7 anos, seu marido morreu eletrocutado. Informações dão conta que ultimamente Silvia vinha sendo seguida.

     Ela já havia tentado o suicídio, esse caso ocorreu aproximadamente há 20 anos atrás, tentando saltar de um pontilhão de Votuporanga. Esse caso o jornal nem deveria ter citado.
Tenho certeza agora que muitos que perdem seus entes queridos estão agora a dizer a mesma coisa comigo. Que vocês buscam as suas credibilidades encima das vítimas e ainda acrescentam coisas para prejudicar ainda mais as coisas.
E se achar que estou errado, leiam alguns jornais e compare os fatos que foram errados, esses que publicaram sobre o assassinato de minha cunhada a história sem ser preciso, e distorceu algumas verdades. Salvo alguns jornais que buscam fontes erradas, e que observem também que estou citando os erros de quem cometeu. Cito: “CORREIO SANTA FÉ”
“REGIÃO NOROESTE”

Querem mais do que a sinceridade do jornalismo, veja uma notícia correta “REDE RECORD DE RIO PRETO” http://www.recordriopreto.com.br/noticia/14293/mulher-e-morta-em-casa.html ,falou apenas os fatos sem nada mais...

Um comentário:

O NOVO JORNAL DO POETA GIBIM disse...

CORREIO DE SANTA FÉ SUMIU COM O LINK E OUTRO - TÁ CORRENDO DA LAIA

PRECISO

         Sérgio Gibim Ortega Preciso olhar em seus olhos e fazer uma bela poesia. Porque tu és a minha linda, e que me trás só alegria....