-VOTUPORANGA-SP / DEZEMBRO DE 2017 - RESPONSÁVEL: Sérgio Gibim Ortega - CONTATO: poetagibim@hotmail.com

quinta-feira, 7 de fevereiro de 2013

CRIME CONTRA A MULHER

(FOTO DA REDE GLOBO)

              Sérgio Gibim Ortega


     Infelizmente Votuporanga, mais uma vítima uma mulher, trabalhadora e honesta, assassinada brutalmente. Ela foi morta por uma pessoa a qual teve um relacionamento.
  
     Vendo o Balanço Geral, o amigo apresentador Sandro Pires, expôs o problema a um promotor de justiça para ver suas ideias. Infelizmente o promotor falou apenas que a justiça já age com rigor, enfim leu só a Lei do papel. Que a mulher que denuncia, deve estar denunciando. Mas, as vezes, no caso quando é ameaçada, etc. O Sandro Pires colocou a situação que mesmo a mulher tendo denunciado o autor do crime não podendo chegar perto da vítima por 200 metros, mesmo assim foi morta brutalmente, talvez até com mais raiva por causa da denúncia, etc.
   
     Eu gosto do Sandro Pires, ele tem a coragem e desabafa a verdade no Programa Balanço Geral da Rede Record.
  
    Portanto não há uma maneira de evitar, e muitas das vezes a justiça apenas cumpre o seu papel da maneira que é cabível. Com isso soubemos que os crimes continuam acontecendo.
  
      Veja o caso na novela, exemplo; “Salve Jorge” aonde a esposa Antônia, interpretada pela atriz (atriz Letícia Espiller) Celso (ator Caco Cioder) impedido de se aproximar da mulher de certa distância, por ela ter até denunciado, não adiantou nada. Celso se aproxima da mulher para mostrar as fotos e tentar se desabafar com isso, aonde ainda tem em poder a filha. A atriz consegue na justiça a filha de volta. Enquanto isso a mulher vai enfrentando ele, ficando com o Carlos e tentando seu novo relacionamento. Mas ela nega o novo relacionamento, e depois das brigas diz; "foi só um beijo" (risos) Vejamos como é conduzida esta novela!
  
     A Lei prevalece até certa altura, e depois só piora a situação. Todos querem fazer sua parte dizendo; “denuncie!”. Só isto não basta gente! O que precisa mesmo é a mulher entender que não adianta se achar a melhor.
  
     Não estou aqui para defender os homens, e sim para defender as mulheres para que não termine numa tragédia como a de Votuporanga. Deixar um homem irritado não vai resolver. A justiça depois do acontecido, não vai trazer a pessoa falecida de volta. Não estou julgando a história desta vítima, a que não conheço. Apenas relatando o que tenho visto por aí. Lamentavelmente um crime deste choco a população, assim como outros crimes tem chocado a todos nós.
  
     Acredito que todos nós temos nossas desavenças. O casamento perfeito é mentira. Não existe. Não adianta dizer que tem, porque eu não acredito. E quando um homem não aceita a separação, a mulher tem que saber conduzir. É lógico que pode denunciar sim. Mas vejamos que cada caso tem que ser analisado pela mulher. Esse negócio da mulher ser ruim, e dizer que é por causa daqueles dias, não vão resolver. É melhor viver e não provocar quando um relacionamento já está na pior. Estou cansado de ver mulher provocando homens, mesmo com mulheres que já foi separada há anos, e fica jogando praga ainda nos homens. Eu já vi casos assim bem próximos. Estou apenas dizendo que já vi muitas mulheres terminar em crimes bárbaros e depois saber pela família, que diz: “Há! Ela não era flor que se cheirava”. Poxa vida! As mulheres tem que saber terminar um relacionamento mesmo contra a vontade de se desabafar numa boa. Eu conheço casos de pessoas que terminaram amigavelmente e cada um vai para o seu lado. Agora ficar aí ouvindo propagandas de “Conte até 10”. Leis que não funcionam. Só se for pra morrer. Isso não salva ninguém. As mulheres são batalhadoras, e acabam morrendo por causas toa.
     Quando o clima começa esquenta não afronte! Apenas converse, e vá contornando amorosamente a situação. Tome cuidado! Homens perdem a cabeça sem razão. Mulheres também é fogo. Quando elas são decididas, já fatia e coloca numa mala. (risos). Só pra terminar. A verdade é que se a Lei Maria da Penha se pega um homem e judia, e humilha tanto ele, que só vai deixa-lo no ponto de fazer mais besteiras mesmo. E prender é só conversa. Nunca vai prender uma pessoa antes de matar. E se prende, uma hora acaba soltando.
  
     Contava um colega que foi buscar ajuda na Delegacia da mulher, quando foi ameaçado pela própria mulher. A delegada ainda pegou dura com ele. E ele se levantou nervosamente... A delegada colocou a mão no revolver, dizendo: “Fica quieto aí cabra!”. (modo de ele contar) (risos) Mas aconteceu pois desta forma.
   
     Mais, aqui fala um poeta, siga o caminho que achar melhor! Não vale a ideia, siga o caminho! Eu quero mais é paz para as mulheres desse Brasil... Do nosso Brasil! Porque nos outros países a Lei é melhor com certeza. Eu não tenho nada com isso e só estou para uma ideia às mulheres. Deixo minhas poesias pra ficar nesse bla... Blá... Talvez as mulheres considerem. O importante é viver. Afinal hoje temos uma Presidenta da República, e a Lei deveria ser mais cuidadosa, no caso verificar a história, possivelmente antes de uma morte.
      Só existe uma coisa bem confiada e por aí. Dá até pra se tirar uma conclusão. Um homem quando não aceita um fim de um relacionamento, sempre tem um motivo pra matar mesmo... Mas, se um homem não aceita o fim do relacionamento, aonde uma mulher o trata bem, e sem motivos nenhum que ele saiba, e mesmo assim, ela ainda quer terminar. Com certeza ele não a mata... Se ele gosta da pessoa, é por isso que não quer terminar... Quando se gosta da pessoa, não tem motivos pra matar, a não ser que a veja com o outro.
  
     Veja a novela e acompanhe esta história. Agora ao contrário das situações aqui citadas, se não tiver motivos pra enfurecer o homem, e houver perigo, saiba se proteger cobrando mais da justiça e andando por aí com seguranças. Eis aqui as dicas melhores para as mulheres. Agora não justifica a imprensa sair dizendo por aí. Ele não aceitava o fim do relacionamento. Tem que ter motivos!

Nenhum comentário:

ANÕES REJEITADOS PELOS PAÍS EM NOVELAS E FILMES

     A atriz Juliana Caldas , 30 anos, em um dos papéis principais novela das nove "Do outro lado do Paraíso" de Walcyr Ca...