-VOTUPORANGA-SP / AGOSTO DE 2017 - RESPONSÁVEL: Sérgio Gibim Ortega - CONTATO: poetagibim@hotmail.com

sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

FARMÁCIA NOS DEIXA NO MEIO DO CAMINHO

Poeta Gibim

Assim como uma carona que você pega, e o condutor te deixa no meio do caminho, assim nos fez uma Farmácia em Votuporanga, sito a Rua Padre Izidoro Cordeiro Paranhos.
Quando fizemos o primeiro cadastro, um funcionário nos atendeu com um atendimento de primeiro mundo. Após isso, nunca mais o vimos o mesmo. Os seus outros funcionários sempre nos pedia um dia para enviar o remédio. Até que ao virar o ano, quando fomos acertar o pagamento no vencimento, quando o funcionário olhou para o outro e simplesmente nos disse; “por enquanto estamos aguardando o nosso patrão, se vai continuar com o credenciamento no laboratório”.
Simplesmente de uma hora para outra, ficamos sem comprar o remédio mais barato de uso contínuo. Conclusão, ficamos os dois hipertensos sem o medicamento e a farmácia perde dois clientes. Mas parece não estar ligando com isso.
Liguei para o Laboratório que nos informou outras redes credenciadas.
Estou aqui relatando aos meus leitores para que não façam a besteira de comprar em farmácias pobres, a qual cometi este erro sabendo que certos problemas poderiam acontecer, como por exemplo, a venda de medicamentos genéricos, ou simplesmente nos diz; “depois te levo o remédio lá”.Ou até outras coisas mais.
Em experiência de alguns medicamentos comprada nas grandes redes, a gente vê o resultado da melhor qualidade.
Às vezes nos deixamos se enganar porque nos vende afiado, e se ainda temos restrições no nome, passamos a ser gentil com isso, sendo muito mais cliente, e é aí que entramos na gelada, onde acabamos terminando de escanteio. Se a situação é que você pode pagar o remédio com 30 dias, então deverá se conscientizar de que você também pode pagar à vista, porque você sabe que vai ter que pagar de qualquer forma, e aí sim poderá não depender mais de farmácias que não tenha condições de te dar um bom atendimento. Digo farmácias “pobres” sem querer ofender, mas no sentido de alertar aos leitores do meu blog, o mal causado nos.
Pra não ficar sem o remédio, tive que tomar o remédio da esposa, onde praticamente ela teve que voltar a tomar o remédio antigo que era pego gratuitamente. Pois o remédio de auto custo considerado talvez melhor pra hipertensão, e o dobro em miligramas, onde tive que cortar ao meio e ir usando até poder se cadastrar novamente em outra farmácia. Desta vez em uma farmácia que não cometa mais os mesmo erros de parar o remédio por falta de recadastramento, se assim posso dizer, uma vez que nem acredito direito na tal desculpa nos dada pela farmácia. E assim é que a gente busca direitos como um consumidor de assim também saber mais também sobre o Ministério da Saúde que procura não deixar ninguém sem o medicamento.
Pois não gostaria de citar o nome desta farmácia, por já ter sido apedrejado por certas outras empresas comerciantes que após a nossa publicação, veio nos atingir e querer ainda processar. Soubemos o quanto nos custa ser lesado por certas formas de atendimento ou mercadorias que nos prejudicam como consumidor, quanto mais ainda levar um processo, onde só queremos alertar a sociedade das suas lutas pra vencer também. Empresas que quando questionadas pelo meu jornal, acham ruins, mas se esquecem de que cada cliente que não pode fazer o mesmo em que faço, por assim publicar, por não possuir uma reclamação, não percebe que também não vê mais o cliente novamente. Empresas que se esquecem do cliente no dia de amanhã. E assim deveriam levar as minhas publicações de alerta como uma crítica construtiva. Pois o erro é humano e deve ser avaliado para o seu futuro empreendimento. É isso que nós desejamos que aconteça e que não leve como uma difamação, é é por isto que se precavemos fazendo sempre o melhor para não nos atingir ainda mais. E que entenda que sempre o nosso blog estará à disposição para replica, sem que não sejam pessoas anônimas. E assim como certos empresários, vieram e assumiram deixando o seu direito de resposta. Aqui também terá o seu direito.
Portanto meus queridos leitores vos advirto de mais um pequeno segredo que aprendi ao longo desta vida, que é muito melhor fazer a coisa certa. Já diz o velho ditado; “o barato sai caro”. Então é quase a mesma coisa que comprar a coisa certa é o melhor caminho, do não arrependimento.
Não quero também ofender farmácias pequenas com isso, onde tenha o seu atendimento que faça valer apena, e assim dizer que; cada coisa ao seu devido lugar, pois a minha insatisfação com esta farmácia, me fez alertar aos meus leitores e também desbafando o ocorrido. E por isto nem podemos ficar publicando, porque cada vez que façamos isto, não nos sentimos bem. Mas esperando que não aconteça com demais pessoas, temos o direito de informar, uma vez que a empresa perderá os seus clientes por simples acontecimento também, ou falta de expressão verdadeira dos seus acontecimentos.
Agora eu imagino que ao passar por isto mesmo tendo publicados já tantos, por certo piores os que não tem reclamados e nada fazem ao ser lesados, e ainda mais serão.

Nenhum comentário:

O HUMORISMO DA TV FICA MAIS TRISTE

O ator  Paulo Silvino   morreu  nesta manhã, no  Rio de Janeiro . Seu filho João Paulo Silvino lamentou o acontecido em uma postagem no Fa...