-VOTUPORANGA-SP / MAIO DE 2017 - RESPONSÁVEL: Sérgio Gibim Ortega - CONTATO: poetagibim@hotmail.com

domingo, 29 de janeiro de 2012

AREA VERDE NO PARQUE RESIDENCIAL DO LAGO

VOTUPORANGA
Sérgio Gibim Ortega

No bairro Parque Residencial do Lago, aonde o Poeta Gibim vinha denunciando que pessoas jogavam lixos e animais mortos, virou uma área verde.
O terreno não foi planado corretamente, uma parte tem muita terra e do outro lado ficou uma grande bacia empossando água da chuva.
A calçada simples, estreita e barata foi feita por uma equipe aonde abandonou restos de entulhos, nos quadros aonde são plantadas árvores da calçada.
Levando em consideração que empreiteiras e equipes contratadas pela Prefeitura Municipal, deveriam ser fiscalizadas com mais rigor quando o trabalho não é bem feito, deveriam os responsáveis de a obra voltar e concertar. Se por ventura seja o secretariado da Prefeitura Municipal, que passa as ordens de serviços. Estes secretários não estão trabalhando corretamente... Serviços tem que ser bem concretizados sem largar erros pra trás. Ou seja, que estes responsáveis pelas suas ordens de serviços, têm o rabo preso com as empreiteiras. Por isso estamos cansados de ver erros de empreiteiras, e principalmente neste bairro. Primeiro foi feito a calçada, e depois á máquina fez um raspa mento do capim que havia no terreno. Feito errado. Primeiro se deve planar o terreno tirando a terra do lugar mais alto e colocando-a na parte mais baixa, onde poderá ser feito então a calçada em seguida. Mas isto não aconteceu. A terra agora por ter ficado alta e sem a grama está desmoronando para cima da calçada, levando a terra à rua. É isto que causa sempre os entupimentos dos bueiros.
O local é muito apropriado para caminhadas, por ser um lugar completamente nivelado; isso se a calçada não fosse estreita. Não compreendemos o porquê calçadas estreitas, se a calçada deveria ser padrão numa cidade.
Algumas pessoas não gostaram da área verde próxima as residências, porque futuramente pode virar esconderijo de malandros, e se por ventura a área não permanecer limpa, pessoas ainda poderão continuar jogando lixos e carniças, fora os bichos e traças que poderão aparecer.
Mas quanto a isto, acreditamos que não seja possível. Hoje as áreas verdes são plantadas com árvores de porte médio, floridas. É o caso desta área verde, onde temos a pitanga, ipês de várias cores, e outras árvores pequenas e floridas também. E parece ser bem cuidada. Soubemos também que a prefeitura tem mesmo que deixar a área verde, uma vez que é Lei do Meio Ambiente. Então cada bairro construído tem que ter agora sua área nativa.
O Bruno é engenheiro agrônomo e que trabalha para o meio ambiente, mais a sua equipe, além de fazer um bom tratamento na terra, onde vi aterrar vários tipos de adubos a cada metro e meio, além do esterco orgânico que já havia do capim. Agora esta área foi completamente adubada. O Bruno engenheiro, que também será um futuro morador do bairro, se dedicou intensamente e até buracos de formigas saúvas, ele procurou não deixar. Para o mato antes, foi passado um veneno e roçado. Ele está sempre de olho no terreno pra cuidar, mas mesmo assim algumas pessoas inconsequentes ainda jogaram entulhos no terreno. O povo é mesmo sem conscientização. O Bruno queria cuidar desta área, onde iria mantê-la limpa e adubada. Parece não ser possível, e por enquanto não está contratado para isto. Mas vi um ótimo trabalho do engenheiro e sua equipe. A administração deveria por pessoas assim pra cuidar da área.
As árvores são mudas pequenas ainda, e corre o risco de vândalos, toda área precisaria ser monitorada pra que no futuro, todos os moradores deste bairro tenham um local bonito e de lindas árvores floridas.

ASSISTA O VÍDEO NA TV DO POETA GIBIM
AREA VERDE NO PARQUE RESIDENCIAL DO LAGO por poetagibim no Videolog.tv.
NO VIDEOLOG


VEJA TAMBÉM 

 

 

Nenhum comentário:

PRECISO

         Sérgio Gibim Ortega Preciso olhar em seus olhos e fazer uma bela poesia. Porque tu és a minha linda, e que me trás só alegria....