-VOTUPORANGA-SP / AGOSTO DE 2017 - RESPONSÁVEL: Sérgio Gibim Ortega - CONTATO: poetagibim@hotmail.com

sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

MINHAS ÚLTIMAS PALAVRAS

MINHAS ÚLTIMAS PALAVRAS
Sérgio Gibim Ortega

Estou aqui parado olhando em rumo ao horizonte, percorrendo meus olhos vou te imaginando, meu grande amor que um dia ao passar por minha vida... Amor que ainda na infância, desde criança não fez perder a esperança de um dia reconhecer a minha experiência aqui vivida por esta vida passageira.
E te imaginando, que de muitas outras vidas, você tenha vindo, nos meus sonhos, na minha mais boa vontade de viver o meu presente momento...
E olho te infinitamente e diria as minhas últimas palavras se aqui pudesse dizer a você:
Você é o meu amor, o meu terrível amor... Olhando eu seus olhos, juntinho ao seu rosto, o meu coração se entregaria em um mar de planto, me faria esquecer qualquer momento na vida, pra dizer o tanto que eu gosto ainda de você.
E às vezes corro para ver os meus fantasmas na vida... Corro para ver se não é você que me sonda que me vigia e que também não é feliz...
Se você pudesse me ver e disser: “Eu queria te ver também, mas não posso mais”. A vida me deu outro destino, outro rumo... Mas ainda penso muito em ti...
Há! Eu sei! Eu sei que você ainda pensa muito em mim e que o grande amor de criança não se engana... Eu nunca me engano... É como um filho esperando a mãe a vida inteira... Onde a criança pode ainda se lembrar da existência do passado, da vida do outro lado, alguém que foi o seu querido bem. Se a minha adolescência me trouxe este prazer de amar alguém... Alguém que foi na minha vida, ou alguém que é a outra metade do meu ser... Dos meus pensamentos... Eu sou o eterno agradecido. Eu te amei melhor assim... Muito melhor do que viver juntos e ter uma triste decepção... A minha vida foi a mais feliz
Eu não posso dizer mais em forma de poesias, as minhas últimas palavras, eu diria que eu corro pra ver você passar... Eu corro pra sentir você...
Por que...? Porque eu a reconheceria em qualquer lugar desta minha vida... Eu reconheceria e diria; você é o mais lindo amor que eu tive dentro do meu coração...
Eu sei... Eu sei que você já é comprometida e que hoje já tem filhos também... Há...! Há...! O grande amor de um filho... Eu queria olhar em seus olhos e dizer... Eu sei... Eu sei que o nosso amor teve que ser assim e você nunca errou, escolheu o seu melhor caminho... Às vezes o coração é dividido... Eu também amo muito o meu filho, e amo mais do que tudo nesta vida... E que nada me faz separar mais dele... Eu também não posso mais viver e que nunca renegaria mais o meu momento escolhido pra viver ao lado de alguém...
Mas diria ainda minhas últimas palavras, eu diria... Você escolheu o seu destino... Ninguém para o tempo... O tempo não volta... O tempo é o melhor remédio.
E olhando nos teus olhos... Há meu grande amor... Você passa tempo na minha imaginação... Eu te reconheceria em qualquer lugar desta vida ou de outras... E mesmo que vivesse cem ou duzentos anos, e eu ainda diria minhas últimas palavras, mesmo que tenha escrito tanto a você; eu diria: “Você é o melhor presente que a vida me deu”... Porque gostar de alguém de verdade, é amar completamente com toda a sua verdade do coração... Desenganos não servem pra uma paixão...
E Hoje posso enxergar tudo isso... Que você teve o seu amor, e que teve a sua melhor vida de rainha, e que eu fiquei apenas no gostar... O gostar de verdade com todo meu coração... O gostar diferente... Que acredita e que nunca esquece, nem nunca de dizer as suas últimas palavras... As minhas últimas e únicas palavras... Eu ainda gosto muito de você...


30/12/2011

Um comentário:

Claudete T. da Mata disse...

Caro Gibim, entrei no site dos poetas, me cadastrei, mas não consigo acessar minha publicação, vc pode me ajudar? Quanto ao seu blog, olhe, é um colosso, gostei muito. Parabéns pelas notícias, poesias, por tudo. Vc é um grande escritor!
Claudete/Floripa

AGENDA CULTURAL DE VOTUPORANGA

15/08/2017 Secretaria da Cultura e Turismo AGENDA CULTURAL Aqui você fica por dentro de filmes, eventos, ofi...