-VOTUPORANGA-SP / OUTUBRO DE 2017 - RESPONSÁVEL: Sérgio Gibim Ortega - CONTATO: poetagibim@hotmail.com

quinta-feira, 19 de maio de 2011

Livros pra inguinorantes, por Carlos Eduardo Novaes

Jornal do Brasil
Carlos Eduardo Novaes

Confeço qui to morrendo de enveja da fessora Heloisa Ramos que escrevinhou um livro cheio de erros de Português e vendeu 485 mil ezemplares para o Minestério da Educassão. Eu dou um duro danado para não tropesssar na Gramática e nunca tive nenhum dos meus 42 livros comprados pelo Pograma Naçional do Livro Didáctico. Vai ver que é por isso: escrevo para quem sabe Portugues!

A fessora se ex-plica dizendo que previlegiou a linguagem horal sobre a escrevida. Só qui no meu modexto entender a linguajem horal é para sair pela boca e não para ser botada no papel. A palavra impreça deve obedecer o que manda a Gramática. Ou então a nossa língua vai virar um vale-tudo sem normas nem regras e agente nem precisamos ir a escola para aprender Português.
A fessora dice também que escreveu desse jeito para subestituir a nossão de “certo e errado” pela de “adequado e inadequado”. Vai ver que quis livrar a cara do Lula que agora vive dando palestas e fala muita coisa inadequada. Só que a Gramatica eziste para encinar agente como falar e escrever corretamente no idioma portugues. A Gramática é uma espéce de Constituissão do edioma pátrio e para ela não existe essa coisa de adequado e inadequado. Ou você segue direitinho a Constituição ou você está fora da lei - como se diz? - magna.
Diante do pobrema um acessor do Minestério declarou que “o ministro Fernando Adade não faz análise dos livros didáticos”. E quem pediu a ele pra fazer? Ele é um homem muito ocupado, mas deve ter alguém que fassa por ele e esse alguém com certesa só conhece a linguajem horal. O asceçor afirmou ainda que o Minestério não é dono da Verdade e o ministro seria um tirano se disseçe o que está certo e o que está errado. Que arjumento absurdo! Ele não tem que dizer nada. Tem é que ficar caladinho por causa que quem dis o que está certo é a Gramática. Até segunda ordem a Gramática é que é a dona da verdade e o Minestério que é da Educassão deve ser o primeiro a respeitar.

5 comentários:

Anônimo disse...

que arrogância, num pais com linguagem mesclada de italiano, espanhol, alemão, etc., alguém querer determinar o que é certo e o que é errado no falar! erico verissimo,jorge amado, guimarães rosa, todos eles , fora nascidos e criados em ambiente, em que o português falado diferia do português escrito... a elite sempre tentando fazer o povo - como se ela não fosse "do povo" - pensar que ela - a elite é mais culta ! grande bobagem! certo é todo o modo de falar que comunique o que se queira dizer... o resto é besteira e coisa de moderninhos papagaio da midia lacaia.

Anônimo disse...

Esse Carlos Eduardo Novais é ou esta a serviço da classe média arrogante, iletrada, que gosta de entremear suas frases com expressões em inglês como o ridículo feedback e outros estrangeirismos idiotas e fica se achando muito inteligente...

Oscar disse...

Eu comcordu com anbos os dois comemtarixtas aí. Iscrevê e falá o purtuguêis erradu é qui é o serto.

Purquê nóis pricisa de falá e de escrevê sertinho, se o home mais imteligente do Braziu,o Lula da Siuva, um verdadero intelectuau, numca perdeu çeu tenpo con eças bobajes de leitura?

E os intelectuau da crasse média qui fica preocupadus com eças bobajeras é purque num ten o que fazê.

O inportamte é o Curingão, muita caxassa, os fanke e os Carnavau qui nóis tem.

Cumo diçe o anônimo II, eçe tal de Carlos Eduardo Novais extá é a cervisso da crasse média brazilera, e tanbén dos inperialista americanus.

E akele tau di Monteiro Lobato (num sei çe ele é jogadô di futebou ô çe é roquero)qui falô qui "Um país se faz com homens e livros"???...

Quamta ingnorança:Un paíz çe faiz com os mano, muinta breja e fanke!!!

Abraços
Oscar A. Lima

Sérgio Gibim Ortega disse...

Obrigado ao amigo Carlos de Lima por este comentário, colocando aí seu nome, o que muitos não fazem.
Infelizmente, há comentários anônimo que até ofenda e ainda faço a gentileza de publicar, para assim ter todos como amigo. Eu acho, que o que vale é a opinião de cada um. Eu sou a favor do MEC, pelo seguinte, já fui muito criticado em meu português por grandes filósofos, querendo sempre me chamar de novato. Pois ninguém precisa falar, no meu entender, nascemos e morremos ainda aprendendo. Que escrevam errado... mas escrevam... Mas também não se deixe de estudar o certo, ao invés de seguir o MEC. Escrevam da melhor forma possível. Um abraço para todos e amigos, não tenham medo de por o nome.

Glaci Feitosa disse...

Meu caro Carlos Eduardo Novaes, sou sua fã. Já li todos ou quase todos os seus livros. Um abraço.

SENTIMENTOS

                 Sérgio Gibim Ortega Quando eu bebo eu sou rei. Já existe uma poesia assim. Meus sentimentos se afloram, e  choro s...