-VOTUPORANGA-SP / OUTUBRO DE 2017 - RESPONSÁVEL: Sérgio Gibim Ortega - CONTATO: poetagibim@hotmail.com

sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

A ÁRVORE DE NATAL

Sérgio Gibim Ortega

Havia só uma árvore,
Muito triste a chorar.
Velha e bem cansada,
Nem um broto a brotar.
O Natal aproximou e
Um galho fui buscar.
Pisca-pisca coloquei
E tudo ficou a brilhar.
Nas lindas noites
O galho quis secar.
Dia 25 Jesus nascia...
A árvore veio alegrar,
Quando o galho secou.
O Natal quis passar,
Mas,a árvore...morreu.


(poesia publicada em 1986 no JORNAL OESTE DE VOTUPORANGA-SP
e no livro "MOMENTOS POÉTICOS DE SÃO PAULO 1989)

Nenhum comentário:

SENTIMENTOS

                 Sérgio Gibim Ortega Quando eu bebo eu sou rei. Já existe uma poesia assim. Meus sentimentos se afloram, e  choro s...