-VOTUPORANGA-SP / DEZEMBRO DE 2017 - RESPONSÁVEL: Sérgio Gibim Ortega - CONTATO: poetagibim@hotmail.com

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

O AMOR QUE SE FOI

Sérgio Gibim Ortega

Se na vida não realizamos
O grande amor completo.
Nunca devemos ficar na dor
por um amor que se foi
ou um coração tão triste
que não mais existe.
Morrer de amor
só nas lembranças
por um bem não mais presente,
é perder tempo,
É deixar de viver o auxente...
O auxente momento feliz
que podíamos realizar
ao lado de um outro alguém.
escrita em 10/11/1998

Nenhum comentário:

ESSE TEMPO

                  Sergio Gibim Ortega Eu vejo cada história passar pelo tempo... Tempo de infância, um tempo que passou. Lembranças ja...