-VOTUPORANGA-SP / DEZEMBRO DE 2017 - RESPONSÁVEL: Sérgio Gibim Ortega - CONTATO: poetagibim@hotmail.com

domingo, 28 de março de 2010

ENGANO

Sérgio Gibim Ortega

Sou alguém que escrevi uma poesia para minha amada.Foi a fórmula que tive para desabafar.
Hoje sinto-me culpado.Tive uma intenção,mas ela não entendeu,tornou-se orgulhosa.
Confesso que a amei de verdade.A pequenez de seu cérebro deixou-a empolgada,mais que isto..Colocou-a num pedestal.Parecia mais uma princesa num palácio.
O tempo foi passando... O meu amor foi desaparecendo.O que eu sentia,desapareceu
Enquanto a vaidosa ,cada dia mais,sentia o que existia.Assim foi distanciando.Hoje a princesa da periferia da cidade que tanto me fez sofrer nada me representa.Voltei a ser eu.Uma pessoa que é dona de si,sabe o que pretende e para onde vai.Graças a Deus ela
Pegou outro rumo.Está com outro.Tomara que dê certo.Quero-a bem,mas bem loge de mim.Ela não é digna de viver perto de alguém sério ,trabalhador e honesto.Ela precisa sofrer para aprender.
Como Deus condena a vaidade.Talvez um dia chegue a hora dela se arrepender a vaidade exagerada que vive.Gente pobre deve viver como tal.Nada de querer alcançar o impossível.Ser humano é limitado.Imagine se o Criador tivesse dado asas às cobras.
Neste momento quando ouço uma orquestra de grilos e sapos cantarem sob às estrelas,uma sonora melodia,sinto-me protegido e vencedor.Graças a Deus sinto-me um ser humano que lutou e venceu mais uma batalha na difícil guerra da vida.
Este humilde cristão eleva o pensamento ao pai supremo e agradece pelas forças que tem recebido.Obrigado meu Deus! Obrigado por tudo!
Só me resta agradecer por tudo que recebi.Não tenho o que pedir.

Nenhum comentário:

ESSE TEMPO

                  Sergio Gibim Ortega Eu vejo cada história passar pelo tempo... Tempo de infância, um tempo que passou. Lembranças ja...