-VOTUPORANGA-SP / OUTUBRO DE 2017 - RESPONSÁVEL: Sérgio Gibim Ortega - CONTATO: poetagibim@hotmail.com

quarta-feira, 4 de novembro de 2009

Radialista é atropelado por vereador em Floreal

André Nonatoandre@acidadevotuporanga.com.br
O radialista votuporanguense Osmar Cunha, 40, mais conhecido como "O Homem da Lata", e sua irmã Irani Alves Cunha Inácio, 38, foram atropelados no último domingo em Floreal pelo vereador João Dalton Barbosa, 55. Osmar sofreu leves escoriações e passa bem. Já Irani foi levada para a Santa Casa de Nhandeara e encaminhada posteriormente para o Hospital de Base de São José do Rio Preto, pois ela bateu a cabeça na guia de sarjeta. O vereador fugiu após o acontecimento, vindo a se entregar para a Polícia de Floreal na tarde de ontem. Segundo Osmar, ele e sua irmã foram tomar satisfações com o vereador por tentativa de subornar a mãe deles, que é funcionária da Câmara de Floreal, para que ela testemunhasse a favor no caso em que Barbosa denunciou o uso de carros do legislativo para fins pessoais. "Ele persuadiu minha mãe a ser testemunha dele no caso", informou Cunha por telefone. O vereador é investigado pela Câmara por calúnia. Sobre o atropelamento, Osmar Cunha conta que ele e Irani conversavam com o vereador quando este entrou no veículo e acelerou. O radialista que estava na frente do carro foi jogado junto ao pára-brisas e arrastado em alta velocidade por várias ruas de Floreal sem cair no chão, "mesmo com solavancos e freadas" que o vereador fazia para derrubá-lo. "Quando ele viu que eu não cairia parou o carro e disse que iria pegar uma arma", contou. O radialista está aguardando a Justiça para tomar qualquer decisão, mas não guarda ressentimento de João Dalton Barbosa. "Não tenho nada com isso (o caso denunciado pelo vereador), nada contra ele", disse Cunha. Irani está internada, mas de acordo com o radialista ela passa bem e está em observação. "Esses casos com a cabeça são complicados, precisam de atenção", finalizou. Como se colocou à disposição da Polícia para esclarecer o caso, Barbosa não foi preso. Ele deve responder pelos crimes de tentativa de homicídio duplo e omissão de socorro. Ainda na noite de ontem haveria na Câmara de Floreal uma audiência para discutir o caso delatado pelo vereador.
DO JORNAL À CIDADE DE VOTUPORANGA

Nenhum comentário:

SENTIMENTOS

                 Sérgio Gibim Ortega Quando eu bebo eu sou rei. Já existe uma poesia assim. Meus sentimentos se afloram, e  choro s...