-VOTUPORANGA-SP / DEZEMBRO DE 2017 - RESPONSÁVEL: Sérgio Gibim Ortega - CONTATO: poetagibim@hotmail.com

segunda-feira, 15 de junho de 2009

MADEIREIRAS DE VOTUPORANGA VENDEM SEM NOTAS

Sérgio Gibim Ortega


O Governo agora querendo controlar a fiscalização de madeireiros não deixam mais as lojas de materiais de construção vender madeiras. A gente sofre mais ao construir, sem poder comprar a madeira na loja de materiais de construção, temos que ir as madeireiras,gastar um pouquinho mais de gasolina, entrar com o funcionamento onde estão cortando madeiras em lugares sujos, ir para os fundos até o escritório, e comprar com pessoas que nem mesmo são especializadas em vendas.Pessoas que não são habilitados para ser um vendedor constante. Onde eles não fornecem notas e ainda socam uma madeira de refugo na gente além de cobrarem um absurdo.
Toma governantes! Do que adianta a nota fiscal Paulista, se às vezes não temos coragem de pedir a nota ou eles nem fornecem. E se é pra controlar o corte de madeiras ilegal, mais uma vês os governantes caíram do cavalo. Porque é como continua mostrando as reportagens dos grandes jornais de TV, a madeira sai da Amazônia escondida e ainda de caminhão velhos caindo aos pedaços. Toma governantes!

Nenhum comentário:

ANÕES REJEITADOS PELOS PAÍS EM NOVELAS E FILMES

     A atriz Juliana Caldas , 30 anos, em um dos papéis principais novela das nove "Do outro lado do Paraíso" de Walcyr Ca...