-VOTUPORANGA-SP / OUTUBRO DE 2017 - RESPONSÁVEL: Sérgio Gibim Ortega - CONTATO: poetagibim@hotmail.com

quarta-feira, 20 de maio de 2009

COMENTÁRIO DE UMA PESSOA QUE DESEJA MORRER E DOAR SEUS ÓRGÃOS

Sérgio Gibim Ortega


Em noticias ao destaque do Fantástico publicado no O Novo Jornal do Poeta Gibim, domingo, 17 de maio de 2009, uma leitora deste Jornal publicou um comentário para Dr.Drauzio Varelha, dizendo que deseja doar seus órgãos e não quer mais viver.
-Virginia! Nesta vida há tantos sofrimentos e quase todos nós temos problemas que nos faz desanimar da vida. Morrer é o último caso. E quando se chega a esta intenção, devemos refletir bem. Pois por trás de nós sempre tem alguém impotartante... alguém que quer a nossa felicidade... alguém que precisa de nós. Não adianta tirar a própia vida e depois fazer um bem doando os órgãos. Pense só em amor e em toda beleza que Deus nos dá! Toda vez que partimos desta vida, sempre teremos que voltar ou na realidade estaremos sempre aqui. Nós não morremos e o que morre é apenas a memória.

Veja o Comentário de Virginia em destaques do Fantástico!

Virginia Sant´Anna disse...
DR.Drauzio Varella, gozo de boa saúde eu acho, porém devido a vários acontecimentos em minha vida, perdi a vontade de viver, procuro estar entre amigos que na verdade são meus amigos de verdade mas mesmo assim não encontro motivo para continuar vivendo, gostaria de saber se posso ainda em vida optar em doar meus orgãos (TODOS)pois sei que estarei ajudando a muitas pessoas que desejam viver e tem esperança de encontrar a felicidade,tenho acompanhado os casos de pessoas que estão há anos na fila de espera de transplantes e tomei a decisão que quero fazer essa doação lúcida e coisciente de que estarei ajudando de alguma forma pessoas que anseiam realmente viver, gostaria de marcar uma entrevista contigo para conversarmos sobre o assunto pois quero que aproveitem todos os meus orgãos e se for póssivel deixar algum tipo de medula congelada caso meus filhos ou meu neto precise um dia. Tenho 48 anos, me sinto jovem porém não tenho pespectiva nehuma de vida;não tenho sonhos;não tenho ilusões e ando muito decepcionada com os seres humanos, tento fazer minha parte ensinando aos meus filhos que amo muito o quanto é importante respeitarmos o próximo e a colaborar para que talvez um dia meus bisnetos ou tataranetos possa viver num mundo melhor.Obrigada pela atenção.Meu telefone de contato é (31)37854296 - Quero saber se existe algum medicamento que tire-me a vida sem causar sofrimento para meus familiares e ter toda certeza de que todos meus orgão serão aproveitados.


Nenhum comentário:

SENTIMENTOS

                 Sérgio Gibim Ortega Quando eu bebo eu sou rei. Já existe uma poesia assim. Meus sentimentos se afloram, e  choro s...