-VOTUPORANGA-SP / AGOSTO DE 2017 - RESPONSÁVEL: Sérgio Gibim Ortega - CONTATO: poetagibim@hotmail.com

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2009

A SUCEN E A DENGUE

Publicado por POETA GIBIM NO MSN DESTA DATA DE 2006 - TRANSFERIDO PARA ESTE BLOG - VEJA PUBLICAÇÃO DE 2006 E FOTOS DA SUCEN

Sérgio Gibim Ortega 

     Só foi constatar o caso de dengue em Votuporanga e a Sucen (Superintendência de Controle de Endemias) está cumprindo com o seu trabalho de pulverizar.
      Acho que a população em geral tem o dever de colaborar, abrindo as portas e janelas de suas casas, para que não escape nem um mosquito Aedes aegypti transmissor da dengue. Que as pessoas recebam bem os funcionários, os técnicos da Sucen, e não fiquem com medo do veneno, que não é assim tão perigoso. É bom evitar sim, no caso, não ficar dentro de ambientes quando estiverem pulverizado . O veneno é bom não só para os mosquitos transmissores, mas também para outros insetos perigosos. Mata também o tal do pernilongo e até baratas que empesteiam o ambiente.
     Mas existem pessoas que não contribuem com a Sucen, pelo contrário, deixam lixos, pneus usados e jogados, latas vazias e nunca tocam a água dos vasos das plantas. Alguns não gostam do cheiro do veneno e trancam as portas dificultando assim o trabalho da Sucen. Precisamos colaborar com o trabalho de pulverização contra esses mosquitos perigosos que é o Aedes aegypti, mantendo sempre quintais limpos, não deixando acumular latas vazias, pneus velhos, vasos com água, etc.
     Colaborem com a Sucen e fiquem livres da dengue!
 “Matéria escrita e publicada em fevereiro de 1995 pelo JORNAL DIÁRIO DE VOTUPORANGA”


A SUCEN NO CEMITÉRIO

Sérgio Gibim Ortega

     O Poeta Gibim esteve fazendo uma visita ao cemitério local de Votuporanga e viu a equipe da Sucen num trabalho fantástico. Todos tentando combater o mosquito Aedes Aegypti. Eles colocam areia grossa em cada vaso de flores, e despejam a água acumulada.
    Tem pessoas que não imagina que os vivos precisam de proteção e se esquecem, ou se fazem de esquecidos, e colocam água sem imaginar que ali os mosquitos se proliferam. Toda pessoal da Sucen trabalhando unidos, e vão de túmulos em túmulos para verificar se há vasos com água, e colocam areia grossa a cada vaso de flores que encontram pela frente, ou seja, mesmo nos vazios que sobre as sepulturas. 
     Os que tem água, já estão cheios de larvas. O pessoal sai com três carriolas cheia de areia grossa, e de cada vez, chega a colocar tanta areia, que as vezes um caminhão cheio, é pouco. Fazem este tipo de serviço uma vez por ano nos cemitérios da cidade e, sempre especificamente em dias de chuvas.
     A segurança sobre a perigosa dengue graças à Deus, está nas mãos da Sucen, que cuidam desta parte.
    Nós também temos que fazer a nossa parte. Não devemos esquecer-se, que ali junto aos mortos, e nós aqui ainda vivos.

Nenhum comentário:

O HUMORISMO DA TV FICA MAIS TRISTE

O ator  Paulo Silvino   morreu  nesta manhã, no  Rio de Janeiro . Seu filho João Paulo Silvino lamentou o acontecido em uma postagem no Fa...