-VOTUPORANGA-SP / OUTUBRO DE 2017 - RESPONSÁVEL: Sérgio Gibim Ortega - CONTATO: poetagibim@hotmail.com

quinta-feira, 25 de abril de 2013

CRITICANDO NOVELAS E ELOGIANDO



(SÉRGIO GIBIM ORTEGA)
NÃO É EU SEJA NOVELEIRO, MAS JÁ SENDO, ATÉ POR A TV ESTAR LIGADA, AQUI O POVO GOSTA, TEM UMA NOVELA AÍ QUE UMA ATRIZ JÁ PARECE TER PERDIDO AMIZADE COM A GENTE. MAS, NÃO ACEITE AS CRÍTICAS E TEM MAIS MESMO QUE FICAR DO LADO DA ESCRITORA, QUANDO DEPENDE DE APARECER NA MESMA CONTRACENANDO SÓ UMA VEZ POR MÊS. VEJO O CASO DE UM ATOR FAMOSO QUE SEMPRE FEZ PAPEL DE GALÃ EM TODAS AS NOVELAS, ESTE NÃO ESTÁ ADEQUADAMENTE FAZENDO UM BELO PAPEL. TAMBÉM QUEM ME DERA? ESTÁ CERTO ESTE JÁ QUE TAMBÉM NÃO APARECE NA NOVELA MAIS COMO ANTES. AGORA TUDO BEM, SE QUISER PERDER O AMIGO E FÃ. EU NÃO POSSO DEIXAR MESMO DE CRITICAR. A NOVELA ESTÁ O MAIOR BAFAFÁ POR FAZER QUE VÁ E NÃO VAI.
COMPLETANDO AQUI A NOVELA GLOBAL GUERRA DO SEXO, É UMA BOA NOVELA, MAS TAMBÉM MERECE UMA CRITICASINHA NO FINAL. ESTARIA JÁ SUPER LEGAL APARIÇÃO DO DOMINGUINHOS, O ATOR GÊMEO. NÃO APARECER OUTRA CHARLOT PÔ. TEVE MENOS EXAGERO NESTA, E O ESCRITOR QUE ME CONSIDERE, ATÉ PELO ELOGIO, QUE NO FINAL ME DÁ UMA DESSA. NÃO SEI SE A PRIMEIRA NOVELA FOI ASSIM, JÁ QUE ASSISTI UNS TRECHOS DESTA.
APROVEITANDO AQUI COM O NOME GUERRA DO SEXO, DEIXO A POESIA COM OS TÍTULOS DELAS. MINHA POESIA ANTIGA DOS ANOS 80.
SONHO DE NOVELAS

                      (Sérgio Gibim Ortega)
Saí com a "Marina" para conhecer
um verdadeiro "Paraiso".
Vimos a "Selva de Pedra"
e tivemos um "louco Amor".
Passamos na "Roda de Fogo",
nadamos na "Água Viva",
e ficamos "Livre Para Voar".
Tudo foi muito "Brilhante"
e deixou um "Coração Alado".
Ela é realmente linda
e tive "Um Sonho a Mais".
Fomos fazer um "Cambalacho"
e terminamos na "Guerra do Sexo".
Tivemos um "Final Feliz".

(todas linhas levam o título de uma novela da Rede Globo) Publicada no jornal de poesias da casa do Poeta em SP)

Nenhum comentário:

SENTIMENTOS

                 Sérgio Gibim Ortega Quando eu bebo eu sou rei. Já existe uma poesia assim. Meus sentimentos se afloram, e  choro s...