-VOTUPORANGA-SP / OUTUBRO DE 2017 - RESPONSÁVEL: Sérgio Gibim Ortega - CONTATO: poetagibim@hotmail.com

quinta-feira, 3 de maio de 2012

A DESVALORIZAÇÃO DOS LEITORES


Hoje passei numa loja para ver como está a venda dos meus livros. Como sempre nada de vender. Então pedi pra meu amigo baixar o preço da venda de 20 para 10 reais, uma vez que a um bom tempo não vende nenhum.
E fico aqui pensando. Meus livros tão bem feitos artesanalmente, um trabalhão danado e nada de vender.
Por que será que só está vendendo os famosos? Ninguém dá uma chance pra ver muitas coisas boas que a gente faz. Sim! Garanto-lhe que é muito melhor do que ler famosos. Eu vejo atores que já tem seu trabalho na novela. Mas, mesmo assim ele está a vender livros... Vejo apresentadores de TV, que tem seus programas, e mesmo assim ainda vendem livros. Puxa vida! Já tem os seu empregos. Este Brasil não dá uma chance aos novos leitores que precisam mostrar seus trabalhos.
Então o meu amigo da loja, disse-me que encontrou três bons livros numa caixa defronte a loja e disse-me: “Pode levar!”. Eu os ia jogar fora. Puxa vida! Estes belíssimos livros, eu peguei na hora. Um de 520 páginas, outro de 360 páginas e um lindo livro de poesias de 96 páginas. Puxa! Meu amigo ia jogar fora esses três livros. Além de pedir pra baixar o preço do meu livro, peguei esses livros com maior carinho. Quem lê hoje tenha certeza de ter na vida um tesouro.
Aí concluí. Com essa feira do livro na cidade, com toda essa festa que nossa Administração Pública faz a cidade. Tem gente jogando livros fora pra não ler. Meu amigo fez bem em guardar e me passar esses livros. Como esse nosso Brasil é mesmo ruim de leitura.
Mas, eu não me rebaixo não! Vou ler... Vou escrever... E estou aqui ainda imprimindo meus livros a mão, os fazendo realizar meus sonhos. Quem sabe um dia, as pessoas tomem mais respeito pela leitura e comecem a ler mais. Não sabem o que estão perdendo. Minha missão é apenas ler, escrever e deixar aí, como tantos escritores como esses livros de distribuição gratuita, que ainda não perderam a coragem de continuar escrevendo.
Veja as fotos de que belos livros estavam jogando fora! "Meu Deus".

Nenhum comentário:

SENTIMENTOS

                 Sérgio Gibim Ortega Quando eu bebo eu sou rei. Já existe uma poesia assim. Meus sentimentos se afloram, e  choro s...