-VOTUPORANGA-SP / AGOSTO DE 2017 - RESPONSÁVEL: Sérgio Gibim Ortega - CONTATO: poetagibim@hotmail.com

sexta-feira, 19 de novembro de 2010

ESTAÇÃO DE ÁGUA E ESGOTO SERÁ INAUGURADA

VOTUPORANGA
Votuporanga inaugura Estação de Tratamento de Esgotos
A obra é a
maior da história da cidade em termos de investimentos, tamanho de área e obra
de arte de engenharia; evento é neste sábado, às 9 horas
A Prefeitura de
Votuporanga e a Saev Ambiental inauguram neste sábado (20/11), às 9 horas, a
maior obra da história da cidade, a Estação de Tratamento de

Esgotos “Antonio Aparecido Polidoro”. Após um período de construção de dois anos
e com investimentos em torno de R$ 17 milhões, a ETE será apresentada à
população numa área equivalente a 30 campos de futebol
PARA VER MAIS ESTA NOTÍCIA: SITE DA PREFEITURA DE VOTUPORANGA,CLIQUE AQUI


CONHEÇA MAIS SOBRE O TRATAMENTO DE ÁGUA
O crepúsculo se apresenta.

Luiz Eduardo Cantarelli - jornalista. Mt-14.495


Não obstante o movimento iluminista do séc. XVIII trazer progresso e um novo conteúdo de compreensão para a humanidade, legou-nos também um sentido de senhorio sobre todos os seus bens naturais. Dessacralizou as obras da criação, e o homem se posicionou como centelha da divindade, ou seja, um semi-deus e portanto protagonista de todos os acontecimentos temporais e atemporais. Soma-se a este fato histórico: a revolução industrial, o aumento do consumo e a globalização dos serviços e bens. Esta criatura, o homem, tornou-se voraz e sem limites. A natureza, nas suas florestas e animais, tornou- se commodities do capitalismo selvagem e impiedoso.É verificável nos filmes em preto e branco o presidente americano Theodore Roosevelt, no início do século XX na Índia, fuzilando do vagão presidencial dezenas de tigres de Bengala. Era a destruição oficial onde reinava a ignorância e o total desconhecimento da cadeia natural.
Mortos, milhares de elefantes na Europa Vitoriana devido ao altíssimo preço do marfim. E como ainda não vimos todas as atrocidades, agora somos espectadores passivos da matança de tubarões, só que em tempo real pelo sistema midiático. Na malvadeza humana retiram deles somente os “braços” e os jogam ainda vivos no mar; só as barbatanas tem valor comercial. Porquanto, não podemos esquecer pequenos desleixos pessoais cotidianos como: desperdício de água, esgotos não tratados, os lixões, as contaminações dos rios e mares, o tombamento das florestas em nome da economia emergente e o fim diário de mais ou menos 30 espécies de seres nos ares, mares e terra. Fomos longe demais nesta saga obscena e indômita de destruição da natureza e do próprio homem. Urge ao novo homem, um novo sentido de compreender o planeta e a teia frágil que liga todos os seres na qual somos um elo. Tão somente um elo.
Estou convencido que a lógica maldita do consumo pelo consumo, e do poder pelo execrável poder que trilhamos, pode ainda ter alternativa de escolha. Portanto, mais que economia, mais que efêmeras felicidades, insira-se na cadeia das pessoas que reciclam, que preservam, que cuidam, que amam o planeta, a casa de todos nós.
Assim agindo, talvez ainda tenhamos tempo de reverter o Armageddon que criamos para nós mesmos.

Luiz Eduardo Cantarelli - jornalista. Mt-14.495
PARA CONHECER O PROJETO:TRATAMENTO DE ÁGUA E ESGOTO: CLIQUE AQUI

Nenhum comentário:

O HUMORISMO DA TV FICA MAIS TRISTE

O ator  Paulo Silvino   morreu  nesta manhã, no  Rio de Janeiro . Seu filho João Paulo Silvino lamentou o acontecido em uma postagem no Fa...