-VOTUPORANGA-SP / OUTUBRO DE 2017 - RESPONSÁVEL: Sérgio Gibim Ortega - CONTATO: poetagibim@hotmail.com

quinta-feira, 29 de julho de 2010

Bruno raspou cabeça e cabelos foram queimados no presídio, diz polícia

29/07/2010 11h51
Goleiro pediu para cortar os cabelos na penitenciária.
Cabelos foram queimados por agentes, para evitar novo uso desse material


Alex Araújo
Da Globominas


O goleiro Bruno de Souza raspou os cabelos no Complexo Penitenciário Nelson Hungria, de acordo com a assessoria de imprensa da Polícia Civil de Minas Gerais.

A assessoria de imprensa da Secretaria Estadual de Defesa Social informou que o corte de cabelo é um procedimento padrão de higiene. E, que quando soube que teria o cabelo cortado, o goleiro pediu para que ele próprio passasse a máquina, que pertence ao presídio.
DO G1.COM

Nenhum comentário:

SENTIMENTOS

                 Sérgio Gibim Ortega Quando eu bebo eu sou rei. Já existe uma poesia assim. Meus sentimentos se afloram, e  choro s...