-VOTUPORANGA-SP / DEZEMBRO DE 2017 - RESPONSÁVEL: Sérgio Gibim Ortega - CONTATO: poetagibim@hotmail.com

domingo, 13 de dezembro de 2009

Diarista morre após ser atropelada



13/12/2009 - Karolline Bianconi de Souza

A diarista Aparecida de Melo Gonzalez, 58, morreu na noite de sexta-feira, após ter sido atropelada na Rua Uruguai na Vila América. Ela aguardava o ônibus que a levaria para sua casa, no bairro Parque Roselândia. Na respectiva noite, ela participaria da colação de grau da filha. Aparecida foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros de Votuporanga, que a conduziu para a Santa Casa. Segundo a assessoria de imprensa do hospital, a vítima apresentou ferimentos graves e morreu às 22h. Rosicler de Melo Gonzalez, filha da vítima, falou que Aparecida voltava de uma faxina que havia feito em uma casa no bairro San Remo e decidiu passar na residência de sua cunhada na Vila América. Após a visita, Aparecida seguiu para o ponto de ônibus, que fica próximo à casa da cunhada.

Ocorrência
Às 18h15, o estudante L.D.B., 20, seguia pela Rua Uruguai com um Fiat Strada, cor cinza, placas EAC-1795, de Votuporanga. Do seu lado direito transitava uma Honda Titan 150, cor vermelha, placa DLT-2833, de Votuporanga, que era conduzida por P.E.O., 24. Após o cruzamento com a Rua Paraná, o condutor do veículo teria passado por uma depressão (desvio) vindo a perder o controle da direção. Ele colidiu contra a moto, fazendo com que o motorista caísse no chão. Em seguida, o condutor do carro subiu na calçada em frente ao número 4.168 e veio a atropelar a dona de casa.
A moto foi levada para o guincho Sanches por falta de licenciamento. Segundo a ocorrência, o condutor da moto tem habilitação, mas estava vencida. O boletim de ocorrência foi registrado no plantão policial, como lesão corporal culposa (quando não há intenção de matar), seguindo o artigo 303 do Código de Trânsito Brasileiro. O CTB destaca que a detenção para quem praticar este tipo de crime é de 6 meses a 2 anos, e suspensão ou proibição de se obter a permissão ou a habilitação para dirigir veículo automotor. No crime previsto no Código Penal, a pena continua sendo de detenção, de 2 meses a 1 ano.

Família
Ela deixou o marido Pedro Gonzalez e os filhos Itamar César Gonzáles, casado com Luciana do Nascimento Gonzalez; Rosicler, separada; Roseli de Melo Gonzalez, solteira; e Cristiane Gonzalez de Oliveira, casada com João Ronaldo de Oliveira, além de 5 netos. Ela frequentava a Igreja Adventista da Promessa. Natural de Votuporanga, residia na rua Marechal Castelo Branco, 49. O corpo seguiu às 16h de ontem para o Cemitério Parque Jardim das Flores.

CRED: Arquivo familiar
LEG: A diarista Aparecida de Melo Gonzalez, 58
FONTE-DIÁRIO DE VOTUPORANGA

Nenhum comentário:

ANÕES REJEITADOS PELOS PAÍS EM NOVELAS E FILMES

     A atriz Juliana Caldas , 30 anos, em um dos papéis principais novela das nove "Do outro lado do Paraíso" de Walcyr Ca...