-VOTUPORANGA-SP / AGOSTO DE 2017 - RESPONSÁVEL: Sérgio Gibim Ortega - CONTATO: poetagibim@hotmail.com

terça-feira, 7 de julho de 2009

Filha de Michael Jackson leva público às lágrimas em despedida

Do Diário OnLine
Com Agências

Com uma declaração emocionada da filha de Michael Jackson ao final, artistas, familiares, autoridades e fãs deram o último adeus ao rei do pop nesta terça-feira, em uma homenagem pública realizada no Staples Center de Los Angeles. Com o corpo de Michael no centro do palco do ginásio, em um caixão dourado coberto por flores vermelhas, cerca de 18 mil pessoas acompanharam a despedida ao cantor, transmitida ao vivo por redes de televisão de todo o mundo.Veja a galeria de fotos da cerimôniaFoi a primeira vez que Paris, 11 anos, falou em público. Visivelmente emocionada, a pequena pediu à tia Janet, irmã de Michael, para falar antes do fim da cerimônia. "Fale", respondeu Janet, deixando que a sobrinha ajustasse o microfone à sua altura. "Desde que eu nasci, papai foi o melhor pai que vocês podem imaginar. E eu só queria dizer que o amo muito", declarou, antes de romper em lágrimas.O cantor de soul Smokey Robinson deu início à cerimônia ao ler um texto do líder sul-africano Nelson Mandela, feito em homenagem ao rei do pop. "Michael foi um gigante e uma lenda na indústria musical. Pranteamos sua morte junto com milhões de admiradores em todo o mundo. Tínhamos grande admiração por seu talento e isso o fez superar a tragédia em várias ocasiões de sua vida. Minha esposa e eu, nossa família, nossos amigos, enviam suas condolências neste momento de luto. Sejam fortes, Nelson Mandela."
Robinson também leu uma mensagem da cantora Diana Ross, uma das melhores amigas de Jackson. "Quero que vocês saibam que mesmo que eu não esteja no Staples Center, meu coração está aí", disse ela em seu texto.
A cantora Mariah Carey cantou o sucesso "I''ll Be There", do Jackson Five. Depois, a atriz Queen Latifah fez um discurso no qual disse que Michael foi uma "dádiva". Lionel Ritchie foi o próximo a subir ao palco, cantando a música "Jesus Is Love".
Berry Gordy, fundador da gravadora Motown, disse que chamar Michael de rei do pop "era pouco". Stevie Wonder interpretou ao piano "I Never Dreamed You''d Leave In Summer", música de sua própria autoria datada de 1971, cantada em referência ao fato do rei do pop ter morrido no início do verão no hemisfério norte.
Também prestaram sua homenagem os astros do basquete Kobe Bryant e Magic Johnson, a cantora Jennifer Hudson, que interpretou a música "Will You Be There", e a atriz Brooke Shields, que leu um trecho do livro "O Pequeno Príncipe". O músico John Mayer tocou uma versão instrumental de "Human Nature".Jermaine Jackson, irmão do rei do pop e um dos membros do Jackson Five, cantou a música "Smile", de Charles Chaplin. Discursaram ainda os filhos do ativista Martin Luther King, Martin Luther King III e Bernice King, e o pastor negro Al Sharpton, que mandou um recado aos três filhos do cantor: "O pai de vocês não era extravagante." Já o cantor Usher fez uma performance da música "Gone Too Soon", do álbum de Michael "Dangerous" (1991).Revelação do programa "Britain''''s Got Talent" - o mesmo que revelou Susan Boyle -, o menino Shaheen Jafargholi interpretou a música "Who''''s Lovin You". Já a deputada Sheila Jackson Lee, representando o Congresso norte-americano, defendeu Michael das acusações de abuso sexual de menores. "As pessoas são inocentes até que se prove o contrário", disse.Nos momentos finais, os integrantes da turnê "This Is It", que Michael iria fazer em Londres, cantaram "We Are the World" e "Heal the World" acompanhadas dos outros convidados. Após declarações da família, o caixão do cantor começou a ser retirado do local.Caos - O centro da cidade de Los Angeles, tomado por milhares de fãs de Michael Jackson, foi paralisado pela afluência de carros e helicópteros e até animais de circo, que convergiam para o Staples Center. A polícia isolou a área em torno do ginásio.Com helicópteros pousando e decolando nas proximidades do estádio, as autoridades alertaram as mais de 1,5 milhão de pessoas que não conseguiram ingressos e se aglomeravam do lado de fora para se manterem longe dos helipontos demarcados no asfalto.Enquanto isso, num prelúdio surreal para o que ainda estava por vir, uma parada de elefantes e cavalos impressionava quem chegava ao local da cerimônia. Os animais, no entanto, nada tinham a ver com o funeral do rei do pop, que mantinha um zoológico particular em seu rancho Neverland, e estavam apenas sendo levados para um lugar perto do Staples Center.

FONTE-DIÁRIO DO GRANDE ABC

Nenhum comentário:

AGENDA CULTURAL DE VOTUPORANGA

15/08/2017 Secretaria da Cultura e Turismo AGENDA CULTURAL Aqui você fica por dentro de filmes, eventos, ofi...