-VOTUPORANGA-SP / AGOSTO DE 2017 - RESPONSÁVEL: Sérgio Gibim Ortega - CONTATO: poetagibim@hotmail.com

terça-feira, 9 de junho de 2009

300 casos de dengue confirmados em Votuporanga


Da RedaçãoPara a Vigilância Epidemiológica caso de saúde pública, mas para a população descaso. De acordo com a Vigilância, em Votuporanga há 1210 casos notificados de dengue e destes 300 foram confirmados. Números que preocupam o município e a região porque 76 dos doentes infectados são de outras cidades. Com todos esses registros, a Vigilância reforçou as medidas preventivas como pulverização e visitas de 44 agentes da saúde nas residências. Nesta semana, a pulverização está prevista principalmente para os bairros Vila América, Paineiras, Pró-Povo, mas o procedimento está sendo realizado em todo o município. Para a enfermeira substituta da Vigilância, Fabiana Helena Beneduzzi, a maioria desses casos ocorre por falta de colaboração dos votuporanguenses. "A preocupação com os focos de dengue com água parada deve ser constante, um cuidado geral e é válida para qualquer clima, principalmente para as chuvas, que provocam o aumento dos depósitos de água", disse. Ela informou ainda que há resistência da população com as visitas dos agentes e principalmente com a pulverização. "Se não pudermos checar as casas, fica difícil o combate ao mosquito que provoca a doença, o Aedes aegypti. Vale ressaltar que é extremamente importante manter a residência aberta para a entrada do veneno. Muitas pessoas reclamam do cheiro, mas pela quantidade de casos, o procedimento é essencial", afirmou Fabiana. Toda medida visa diminuir os números que estão altos e que se continuarem neste ritmo, podem ultrapassar os de 2007. "Naquele ano tivemos um surto. Foram 1344 notificações sendo que 898 foram confirmados (808 do municíoio e 90 importados). No ano passado, tivemos uma queda, 607 notificações com apenas 36 confirmados (17 votuporanguenses e 19 de outras cidades). Nenhum caso foi a óbito, mas estamos trabalhando para evitar um surto da doença", ressaltou. O trabalho agora é de conscietização. "A dengue mata e o melhor combate a ela, é a prevenção" concluiu.A doençaA dengue é um dos principais problemas de saúde pública no mundo. A OMS (Organização Mundial da Saúde) estima que entre 50 a 100 milhões de pessoas se infectem anualmente, em mais de 100 países, de todos os continentes, exceto a Europa. Cerca de 550 mil doentes necessitam de hospitalização e 20 mil morrem em conseqüência da dengue. Após a picada do mosquito, os sintomas se manifestam a partir do terceiro dia. O tempo médio do ciclo é de cinco a seis dias. O intervalo entre a picada e a manifestação da doença chama-se período de incubação. É depois desse período que os sintomas aparecem: febre alta, forte dor de cabeça, dor atrás dos olhos, perda do paladar e apetite, manchas e erupções na pele, náuseas e vômitos, tonturas e moleza e dor no corpo. Se tiver algum desses sintomas, procure um médico.(Colaborou Andressa Aoki)
FONTE-JORNAL À CIDADE DE VOTUPORANGA

Nenhum comentário:

O HUMORISMO DA TV FICA MAIS TRISTE

O ator  Paulo Silvino   morreu  nesta manhã, no  Rio de Janeiro . Seu filho João Paulo Silvino lamentou o acontecido em uma postagem no Fa...