-VOTUPORANGA-SP / SETEMBRO DE 2014 - RESPONSÁVEL: Sérgio Gibim Ortega - CONTATO: poetagibim@hotmail.com - Este jornal divulga poesias, eventos e cultura em geral - Divulga notícias exclusivas com trechos indicando sua fonte, com título novo para que as nas buscas das pesquisas, não atrapalhe a fonte, aonde o único objetivo é indicar o melhor conteúdo na Internet. Qualquer desacordo com publicações, é só entrar em contato no e-mail, e será removido imediatamente. Nosso objetivo é satisfazer aos nossos leitores da maneira que não desvie o leitor da notícia da fonte. Notícias e opiniões sobre pessoa física ou jurídica que venha nos afetar a dignidade, será publicado em defesa deste consumidor, do ser humano.

quarta-feira, 17 de setembro de 2014

AMIGOS ETERNOS SEM MAIS TE VER

    
                     Sérgio Gibim Ortega
   
      Amigos que parecem ser eternos, mas não são. Com a experiência vivida após minha idade avançada, escrevo isso para dizer o que eu não deveria ter compreendido. Amores das lembranças, e amigos verdadeiros que vem e vão.
 
     E como o tempo passa de pressa, um dia desses revi uma das minhas namoradas no tempo em que passou, através da Internet, da vida real, o mais belo afeto, e depois de tantos anos passados ainda ela guardava um livro meu, me elogiou, e partiu pra conquista. “Seremos amigos”.
  
     Ela por sua vez, disse-me que ainda guardara um livro meu após anos. Fiquei mais feliz, ainda que amiga, tinha uma fã, e quando vieram os elogios, este poeta a considerava ainda mais, e até apresentou a filha; este é meu poeta que eu sempre falava.
  
     Mas na sua persistência de ainda ter-me, ela foi desistindo ao me ouvir radicalmente, e ignorando meus novos versos, e quem sabe não jogou até o livro velho fora para o lixo.  Entre ignorância, notei que ela foi desistindo da amizade, me desconsiderando, e aquela amizade mais linda morreu. Agora não há mais poeta, nem amigos. De boca ficou ambas as partes quietas. A amizade na Net foi desfeita antes mesmo que o meu casamento acabasse. Ciúmes entre a busca de amigos do passado.  
 
     Outro amor do passado, quando nos encontramos – Há! Quando ela me viu, correu para um lado e eu para outro. E porque não dizer que eu virei estava tão diferente, minha face mais velha e feia, e ela também muito mais velha assim como eu. Somos mesmos envelhecidos pelo tempo.
 
     Amigos que desistiram de nos encontrar, e nunca mais que os vi.
 
     E querendo procurar, nem precisou ser pessoalmente. Mas cadê o amigo, a amiga...? Cadê...? Há! Quando o tempo levou embora. Para mim foi como se estas pessoas tivessem morrido.
 
     O jeito de falar, a beleza da juventude que era feita de sonhos belos, se acabou.
 
     Ainda que sejamos fraternos ao Lembrar-se de alguém que sumiu... Alguém que um dia já partiu, ou melhor, mudou-se para outra região, outra cidade. Amigos que ficaram distantes. Não procure... Não procure... Você vai se decepcionar completamente.
  
     Ainda que digam no velho ditado que “amigos serão eternos”, mais hoje a vida tão avançada, e tantos benefícios e riquezas para o Homem, irá fazer com que amigos não existirão mais.
  
     Amigos só existem no modo de dizer. Eu não acredito mais em amigos. Amigo que você passou um tempo de vida e compartilhou as mais belas palavras de amor, hoje não te reconhecerão mais.
 
     Amizade sincera que ficou na lembrança, e que vem na esperança de um dia melhor de quem nunca te esquece, de reconhecer quando aparece, ou vice versa. Amigos que você não reconhecerá mais após a mocidade, a não sei que os encontrar pelo nome.
 
     Um dia quem foi grandes amigos? Só o tempo faz recordar da nossa bela mocidade cheia de felicidades que não voltam nunca mais. O tempo sempre irá modificar o rosto belo, o jeito de ser, e envelhecidos pelo tempo. Mas mesmo que o seu coração seja tão puro, vai se decepcionar, e muito. A juventude mais bela ficou. E o porquê do tempo que se foi? E o porquê tudo ficou para trás...?
 
     Porque amigos nunca se esquecem jamais. Mas, ainda para você jovem sonhador, acredite num escritor que amigos que se separam, é como a morte, vai perdê-los de qualquer maneira. O tempo passa tão pressa, e o mundo gira todos os dias sem parar.
 
     Guarde somente para você dentro do coração, e não os tente encontrar, não se decepcione. A imagem da lembrança de uma pessoa física acaba destruindo a alma de um ser tão precioso que um dia foi parte de você ao seu lado.
 
     Assim eu perdi todas as amizades que juras de grandes amigos, e  no silêncio da noite busco a imagens, a feição apenas do que um dia eu vira antes, pessoas tão cheias de sonhos vivendo ao meu lado e jurando felicidades eternas. Um último abraço, bem apertado, as lágrimas descem e fazem juras de um dia se encontrar. As cartas ficarão sempre as mesmas guardadas e amareladas pelo tempo. E minha admiração só nos pensamentos de quem um dia jurou amizade eterna. E só as palavras que não passarão.

                                             17/9/2014

quinta-feira, 4 de setembro de 2014

O FIM DO ORKUT

Depois que o Orkut fechar em 30 de setembro de 2014:
  • Você não poderá entrar no Orkut
  • Você não poderá exportar seus álbuns de fotos para o Google+
  • Apps, APIs e jogos não estarão mais disponíveis
  • Comunidades públicas serão salvas em um Arquivo de Comunidades visível publicamente

O que acontecerá com as comunidades?

Para membros

As comunidades que são visíveis a qualquer membro do Orkut e estão acessíveis via Web (duas configurações que são gerenciadas pelos proprietários das comunidades) serão salvas em um arquivo em 30 de setembro de 2014. Depois de 30 de setembro, você não poderá adicionar novos tópicos, comentários ou pesquisas, mas qualquer pessoa na Web será capaz de ver as antigas discussões.
Você pode excluir suas postagens individuais, que não quer que sejam arquivadas, antes de o Orkut fechar em 30 de setembro de 2014.
Você pode apagar todas as suas postagens removendo o Orkut de sua Conta do Google. Você pode fazer isso a qualquer hora, antes ou depois de o Orkut fechar. Veja como:

terça-feira, 26 de agosto de 2014

DEPUTADO TIRIRICA O PALHAÇO DA POLÍTICA


  Sérgio Gibim Ortega
  
  Nos últimos tempos a política vem se tornando mais séria. O povo brasileiro está cansado de apanhar. Tiririca vem fazendo graça mais ainda que no ano de 2010. Isso já passou dos limites. Até parece que ele anda debochando de quem votou nele quando diz: "Cantando uma música com a letra “Eu votei, de novo eu vou votar. Tiririca, Brasília é o seu lugar”.
   Uma paródia escrachada do cantor Roberto Carlos no comercial da Friboi, o palhaço usou todo o tempo de tv. Tiririca é uma aberração. Deveria levar mais a sério a revolta dos brasileiros. Ele que foi um grande humorista da tv brasileira, agora não faz mais jus e, nem como político. Isso dá revolta. Pode acreditar. E agora recentemente usou uma Brasília automóvel para comparar Brasília - DF

segunda-feira, 25 de agosto de 2014

MOTORISTA DE ÔNIBUS RUIM, DE AMÉRICO DE CAMPOS DA PREFEITURA

     Hoje Segunda-feira, por volta das 5:40 Hs da tarde, este ônibus de placa da prefeitura municipal de Américo de Campos, me fechou na rua Itacolomi em Votuporanga - Estou publicando este onibus, deste motorista deste horário, este vagabundo, que avisem ele pra ter mais respeito no transito. Minha sorte foi que parei o carro, ou ele tinha me matado prensado.